Autor Tópico: Nikon D5000  (Lida 1294 vezes)

Thays

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 1
Online: 12 de Agosto de 2010, 20:30:16
Estou querendo comprar uma D5000 e queria a opnião de vocês.
abraço  :)


PDA

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 495
  • Sexo: Masculino
    • Meu Flickr
Resposta #1 Online: 12 de Agosto de 2010, 20:56:12
é uma camera de entrada, nao tem muitos contra indicacoes, por ser mais em conta que a d90 vc ja pode comprar ela junto com a lente 18-105vr ( kit) que é uma lente versatil e com estabilizador de imagem.

se sobrar dinheiro e vc gostar de retratos, ´pode tb comprar uma 50mm f1.8 e estara bem servida.


www.flickr.com/photos/pdandrade

Se você pudesse voltar pro passado , o que vc mudaria ? as coisas que fez ou as que não fez ?


dkfuji

  • Trade Count: (7)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.705
  • Sexo: Masculino
    • DIY BR - especial Fotos
Resposta #2 Online: 14 de Agosto de 2010, 23:07:12
50mm não faz AF na D5000.


Dhiego

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 37
Resposta #3 Online: 20 de Agosto de 2010, 16:30:54
O que seria uma camera de entrada?


eduardoz

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 25
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 23 de Agosto de 2010, 00:36:50
Camera de entrada, são as cameras básicas, no caso da nikon, as de entrada atualmente são as D3000, D3100 e D5000

Depois teriamos a D90, D300s, D700 e D3's que são as de uso profissional nessa ordem, nada impede que use uma D5000 profissionalmente.... fica a criterio para qual situação irá usar e o que precisa.

;)

O que seria uma camera de entrada?


rviana

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 39
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 23 de Agosto de 2010, 13:28:52
Sou novato e também comecei com uma D5000. Comprei a minha faz uma semana.
Como ignorante da área de fotografia estou muito feliz com minha aquisição e pesquisando muito.
Tenho mais dúvidas na cabeça do que células no corpo rsrsrs... mas é isso, vivendo e aprendendo.
Sentir-se bem é o que basta.