Autor Tópico: Minha primeira tarefa "profissional"  (Lida 713 vezes)

Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.550
Online: 14 de Dezembro de 2005, 17:01:41
Bom, um amigo está fazendo o site de uma clínica e acabou me convidando para fazer as fotos externas e internas (infraestrutura, funcionários).

O site atual tem fotos bem "amadoras". Tem toda a pinta de a câmera usada ser Sony (uma compacta ou mesmo uma F828), mas as fotos estão em um tamanho estilo 400x300, então nessa resolução é difícil detectar as diferenças. No entanto, a saturação e o flash meio fraco são inconfundíveis.


Problema 1:

Tenho que ver qual a orientação da clínica em relação ao sol. No verão de Porto Alegre, gosto de fotografar à luz de fim da tarde (18h no horário de verão, o sol se põe às 20h). Essa luz garante ainda um bom contraste sem ser tão dura como a luz do meio dia. Mas esse meu parâmetro é para retratos, já que dá para deslocar a pessoa para onde se quer em função da direção da luz. Mas não posso mudar um prédio de lugar, então tenho que escolher a melhor hora para fotografá-lo. Não quero luz dura direta contra o prédio, mas sim uma iluminação difusa, sem sombras. Que horário vocês, caros colegas, me indicariam para esse tipo de foto?

Problema 2:

Fotos de internas. Nunca tive esse problema pois em geral faço retratos à luz do sol. A iluminação interna do local é fluorescente. Estou pensando em tripé (para poder fotografar a 1/15 com uma 50mm) e filme ISO400. Com isso, acho que consigo fotografar com aberturas tipo F3.5 a F4, que acredito serem suficientes para colocar a pessoa totalmente dentro da profundidade de campo. No entanto, tenho medo do amadorismo das sombras no rosto. Gostaria de ter uma iluminação mais uniforme. Flash rebatido no teto parece uma boa, mas essa iluminação de cima as fluorescentes já devem dar, então serviria só para ganhar um ou dois pontos de exposição mesmo. Creio que eu precisaria de uma iluminação mais frontal, mas não sei o que usar sem gastar muito.

Luzes e fotômetros caros nem pensar, é só o fotômetro da câmera e o flash se eu usar vai ser meio chutado, usando os valores de referência dele.

O pagamento vai cobrir praticamente só os meus custos, vai valer mais em caráter de experiência, mas quero obter bons resultados. Obrigado a todos!
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS
2x Canon F1 Old, AE1; Pentax MX, K100D; Fuji Finepix f10; Panasonic LX3


Paulo Machado

  • Trade Count: (6)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.015
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 14 de Dezembro de 2005, 17:34:50
Francisco, em primeiro lugar, filme ou digital?
Pela sua assinatura é filme, o que dificulta as coisas.
Com a digital eventuais correções de WB e de distorção de linhas devido a grande angular é fácil. Se digitalizar os negativos então dá no mesmo.
1. Se puder final da tarde melhor, senão dia nublado com luz difusa. Talvez uma noturna se tiver algum letreiro na frente.
2. Usar lente 50mm em interior só se for muito grande porque o melhor é grande angular, corrigindo as distorções. Aberturas pequenas não vão cobrir todo o ambiente. O melhor é desligar a luz fluorescente e usar iluminação ambiente com as janelas abertas, se puder. Se não e tiver que usar as luzes fluorescentes voce vai precisar de um filtro FLW para corrigir a luz. Se for escuro use exposições mais longas e não aberturas pequenas.
Espero que tenha ajudado.
 
When words become unclear, I shall focus with photographs. When images become inadequate, I shall be content with silent.  - Ansel Adams


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.550
Resposta #2 Online: 14 de Dezembro de 2005, 17:41:42
Valeu, Paulo!


Os filmes serão digitalizados sim. Para fotografar a aparelhagem e instalações, vou usar a 28mm. Retratos individuais vou fazer com a 50mm.

Para os retratos, queria evitar luzes rebeldes que viessem de todos os lados fazendo sombra no rosto das pessoas. Existe alguma forma de conseguir uma iluminação barata que dê um aspecto mais uniforme (sem a artificialidade do flash)?

 
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS
2x Canon F1 Old, AE1; Pentax MX, K100D; Fuji Finepix f10; Panasonic LX3


telio

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 143
Resposta #3 Online: 14 de Dezembro de 2005, 17:50:10
Francisco, vc já pensou em usar um rebatedor para as fotos de retrato? Um placa de isopor serve..  
Telio Oliveira - Palmas/TO

Nikon D50, Tamron 28-75 F/2.8, Nikkor 18-55mm ED G (do kit), Nikkor 70-300mm G, SD 1GB, SD 256MB, Tripé Mirage TT3399 + Kodak dx7590


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.550
Resposta #4 Online: 14 de Dezembro de 2005, 17:55:54
Hum, o isopor parece interessante, mas será que o ganho de iluminação é suficiente para corrigir sombras?

Mas talvez usando flash rebatido no teto daria certo, não? O problema do flash no teto são as sombras de cima pra baixo, mas o rebatedor poderia corrigir essas sombras, certo?
« Última modificação: 14 de Dezembro de 2005, 17:56:34 por Francisco »
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS
2x Canon F1 Old, AE1; Pentax MX, K100D; Fuji Finepix f10; Panasonic LX3


muxxx

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 115
  • Sexo: Masculino
    • MURILO SANTOS PHOTODESIGN
Resposta #5 Online: 14 de Dezembro de 2005, 20:44:10
Já fiz assim e deu certo... não rebata a luz do flash no teto se a fonte fluorescente já vem de lá ... se plano dos retatos for mais fechado eu acho legal rebater embaixo com isopor a luz q vem do teto pra quebrar as sombras...tem q ver se vai ser suficiente...senão é duro sem ter mais nenhuma opção de iluminação...

abraço
Murilo Santos :: murilosantos.com

Nikon D7000 | 8mm fisheye 3.5 | 50mm 1.8 | 28mm 2.8 | 28-75mm 2.8 | 70-200mm 2.8


telio

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 143
Resposta #6 Online: 14 de Dezembro de 2005, 21:10:11
Francisco, o isopor rebate bem a luz.. acho que é suficiente.. ainda mais se for uma luz de janela (que eu adoro).. As luzes desse tipo ficam muito bonitas, mas dependendo do horário, o lado oposto fica com muita sombra.. O isopor alivia um pouco a sombra.. ou seja, continua com sombra, mas uma sombra mais suave.. eu acho muito bonito.. fora que é baratinho né? Compra um esopor grande (deve custar no máximo uns R$4,00) e faz uns testes pra vc ver..
Telio Oliveira - Palmas/TO

Nikon D50, Tamron 28-75 F/2.8, Nikkor 18-55mm ED G (do kit), Nikkor 70-300mm G, SD 1GB, SD 256MB, Tripé Mirage TT3399 + Kodak dx7590