Autor Tópico: Fotografo Assaltado no Peru - Mais um caso triste sem final feliz.  (Lida 1775 vezes)

lgmmachado

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 335
Pessoal,

Meu grande amigo parceiro em varios trabalhos esta no Peru e se encontra numa roubada monstruosa. Teve todo seu equipamento roubado, de forma agressiva, com forte pressao psicologica, alem claro de toda grana, documentos e tudo de valor que estivesse em vosso poder.

Sei da grande dificuldade que foi para ele ao longo de anos a fio para conseguir montar seu set de equipamentos.
Nao quero nem imaginar como vai ser seu retorno a fotografia, mas com certeza estarei fazendo tudo que for possivel para ajuda-lo.

Segue materia com algumas informacoes do ocorrido.

http://waves.terra.com.br/surf/noticia/brasileiros-roubados-em-lobitos/44504

Recebi relatos da falta de atencao e colaboracao tanto das autoridades Peruanas quanto dos Brasileiros.
Ele esta tentando voltar para o Brasil, mas infelizmente ha dois dias nao consegue documentos, grana, nada para retornar.
Esta ha dois dias querendo receber dinheiro de amigos do Brasil sem sucesso, dormindo num albergue, comendo mal, etc.

Em breve posto mais informacoes sobre o ocorrido.

Mais uma vez triste com o que acontece conosco.

Abs

Luiz Machado
Machado Images


fabio_yamauti

  • Trade Count: (17)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.576
  • Sexo: Masculino
  • Santo André - SP
Resposta #1 Online: 25 de Novembro de 2010, 12:28:30
Caramba, triste e revoltante...  :( :aua:
Fotografia Karatê Ecoturismo Geocaching


dondon

  • Trade Count: (5)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.287
  • Sexo: Masculino
    • Plínio Dondon
Resposta #2 Online: 25 de Novembro de 2010, 12:34:47
Nessas horas é que embaixadas, consulados e afins deveriam mostrar sua utilidade e dar total apoio para as vitimas. Será tão difícil assim embarcar essas pessoas num avião para que voltem para casa?

Se tivermos como ajudar, cá estamos.

Boa sorte pra eles!


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.100
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #3 Online: 25 de Novembro de 2010, 12:46:25
É a triste realidade da America Latina. Estive recentemente na Bolívia e é a mesma situação. De civilizado só o Chile e partes da Argentina. O resto é terra de ninguém. Nessas horas um bom seguro é fundamental. Seguro de equipamentos e seguro de viagem.

Algumas operadoras de cartão de crédito oferecem seguro quando apassagem é comprada no cartão, com assistência jurídica, auxílio financeiro, etc etc.

Seguros específicos não servem só para bagagem e assistencia médica. A maioria tem clausulas assistivas para casos como o ocorrido.

É melhor pagar 70 dólares e ficar tranquilo do que entrar numa furada dessas.

Espero que ele consiga resolver tudo.


Outra coisa é acionar o Itamaraty e falar que a embaixada local não está ajudando.
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


maxpedigao

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 162
  • Sexo: Masculino
  • Max Perdigão - BH, MG
    • Max Perdigão: arquitetura - fotografia/viagens - meio ambiente
Resposta #4 Online: 25 de Novembro de 2010, 21:26:35
Muito chato essa situação. Também acho meio f***da, numa situação dessas, o consulado não ter como conseguir uma vaga para o pessoal voltar.

Pra dizer a verdade, me sinto mais inseguro no Brasil do que senti no Peru, onde estive por 30 dias no ano passado. Mas alguns lugares realmente dão medo, principalmente taxi.
Sempre que viajo faço esses seguros. Não cobrem equipamento, mas numa situação dessas de voltar pra casa ou ter alguma assistência básica eles resolvem.

É a triste realidade da America Latina. Estive recentemente na Bolívia e é a mesma situação. De civilizado só o Chile e partes da Argentina. O resto é terra de ninguém. Nessas horas um bom seguro é fundamental. Seguro de equipamentos e seguro de viagem.

Algumas operadoras de cartão de crédito oferecem seguro quando apassagem é comprada no cartão, com assistência jurídica, auxílio financeiro, etc etc.

Seguros específicos não servem só para bagagem e assistencia médica. A maioria tem clausulas assistivas para casos como o ocorrido.

É melhor pagar 70 dólares e ficar tranquilo do que entrar numa furada dessas.

Espero que ele consiga resolver tudo.


Outra coisa é acionar o Itamaraty e falar que a embaixada local não está ajudando.


spiderman

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.410
Resposta #5 Online: 25 de Novembro de 2010, 21:35:22
É a triste realidade da America Latina. Estive recentemente na Bolívia e é a mesma situação. De civilizado só o Chile e partes da Argentina. O resto é terra de ninguém.

Discordo totalmente. Esse eh um pensamento totalmente eurocentrista. Ja estive diversas vezes no Peru e na Bolivia e nunca me ocorreu absolutamente nada. Posso afirmar que nosso amigo teve azar. Isso poderia ter acontecido com ele em qualquer canto do globo, mesmo nos ditos, de maneira errônea, "paises desenvolvidos". O max tem razao, o Brasil eh um pais muito mais inseguro do que Bolivia e Peru. Alias, vivemos em um dos paises mais inseguros da america latina
« Última modificação: 25 de Novembro de 2010, 21:36:19 por spiderman »
Campanha de crowdfunding pra lançamento do livro - Retratos pra Yayá

Acesse e apoie: www.catarse.me/retratosprayaya


Flavio Ribeiro

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 493
  • Sexo: Masculino
    • Fotografia comercial · Publicidade · Produto · Gastronomia · Retratos · Arquitetura · Moda
Resposta #6 Online: 25 de Novembro de 2010, 23:52:27
Puts, que triste isso...
O pior é não ter o apoio do governo, na hora de cobrar 70% de imposto nos equipamentos o governo é rapidinho, acgora, na hora de ajudar quem paga o imposto, aí rola aquela vista grossa...  :no:
Espero que dê tudo certo na volta deles, o que importa é que estão com saúde.
FLÁVIO RIBEIRO
www.flavioribeirofotografia.com.br
https://500px.com/flavioribeirophotography
Insta @flaviovinhoribeiro
        @flavioribeirofotografia


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.550
Resposta #7 Online: 26 de Novembro de 2010, 01:12:16
É, às vezes a gente acha que está imune a algumas coisas no exterior. No Brasil, a gente morre de medo de andar de DSLR no centro de uma capital, mas no exterior parece que um campo de força vai nos proteger.

Eu, sinceramente, não entendo como alguém pode ter coragem de andar por aí com US$12K em equipamento sem ter seguro. Eu torço para que ele recupere parte do investimento ou que os ladrões ao menos devolvam os cartões de memória e documentos. Deve ser muito triste perder de uma vez só um material que às vezes leva anos para ser adquirido.

Que esse episódio sirva de estímulo para ele redobrar o trabalho e o empenho e conquiste tudo o que foi perdido. Afinal, o que mais importa é que saíram com vida dessa.
« Última modificação: 26 de Novembro de 2010, 01:13:41 por Francisco »
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS
2x Canon F1 Old, AE1; Pentax MX, K100D; Fuji Finepix f10; Panasonic LX3


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.100
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #8 Online: 26 de Novembro de 2010, 02:19:24
Discordo totalmente. Esse eh um pensamento totalmente eurocentrista. Ja estive diversas vezes no Peru e na Bolivia e nunca me ocorreu absolutamente nada. Posso afirmar que nosso amigo teve azar. Isso poderia ter acontecido com ele em qualquer canto do globo, mesmo nos ditos, de maneira errônea, "paises desenvolvidos". O max tem razao, o Brasil eh um pais muito mais inseguro do que Bolivia e Peru. Alias, vivemos em um dos paises mais inseguros da america latina


Não fala bobagem com esse papo de "eurocentrismo". Dar a entender que você passa pelo mesmo perigo em buracos da AL que na Europa, é hipocrisia.

Tenho um amigo jornalista que foi assaltado somente seis vezes no Peru, foi estorquido na Colombia e na Bolívia. A única coisa que concordo é que o Brasil é pior, em se tratando de Vitória, Rio, Sampa e Recife. Conheço pelo menos oito casos de pessoas que foram literalmente "limpas" no Peru.  Bolívia, Peru e Colombia são lugares que requerem atenção, e muita.
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


spiderman

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.410
Resposta #9 Online: 26 de Novembro de 2010, 09:15:35

Não fala bobagem com esse papo de "eurocentrismo". Dar a entender que você passa pelo mesmo perigo em buracos da AL que na Europa, é hipocrisia.

Tenho um amigo jornalista que foi assaltado somente seis vezes no Peru, foi estorquido na Colombia e na Bolívia. A única coisa que concordo é que o Brasil é pior, em se tratando de Vitória, Rio, Sampa e Recife. Conheço pelo menos oito casos de pessoas que foram literalmente "limpas" no Peru.  Bolívia, Peru e Colombia são lugares que requerem atenção, e muita.

Nao disse isso. Disse que somos passíveis de furto em qualquer canto do mundo, inclusive nos "paises desenvolvidos". Eu mesmo sofri tentativa de furto na França e presenciei diversos deles na França e italia. O que difere os desenvolvidos dos demais  é o fato de que, dificilmente, voce sofrera um assalto a mao armada. :)
So acho que nao devemos tornar nossas experiências e de amigos verdades absolutas. Eu morei no Rio de Janeiro durante anos e nunca fui assaltado. Acabei sendo assaltado com um arma na cabeca em uma cidade do interior de SP, onde os indices de criminalidade sao bem menores. Eu poderia afirmar dai que o Rio  é uma cidade menos violenta do que Taubate? Creio que nao. A argentina, por exemplo,  é um pais que possui indices de criminalidade bem maior do que os do Peru. O Peru e o Chile sao praticamente comparaveis. Claro que esses fatores variam muito de cidade para cidade. Na Bolivia por exemplo, a diferença de criminalidade na capital, La Paz,comparado ao restante do pais  é enorme.Caracas, na Venezuela  é a cidade mais violenta da america do sul, no entanto, se compararmos em termos gerais, a Venezuela nao  é um dos mais violentos.  Alem disso, paises como o Brasil e a Colombia sao muito mais violentos que Bolivia e Peru. Portanto, hipocrisia para mim  é viver num pais extremamente violento e ficar dizendo que os outros  é que sao. Nao esqueçamos que pobreza e criminalidade sao dois fenômenos distintos e nao necessariamente correlacionados de maneira perfeita.
Campanha de crowdfunding pra lançamento do livro - Retratos pra Yayá

Acesse e apoie: www.catarse.me/retratosprayaya


maxpedigao

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 162
  • Sexo: Masculino
  • Max Perdigão - BH, MG
    • Max Perdigão: arquitetura - fotografia/viagens - meio ambiente
Resposta #10 Online: 26 de Novembro de 2010, 13:42:36
Pois é, nos meus 38 anos já sofri tentativa de assalto 2 vezes: Uma em Belo Horizonte (com agressão)-1995 e outra em Roma (sem agressão)-1993. Agora, ficar com o pé atrás, acho que fico em qualquer lugar. Até nessa pacata cidade Canadense onde estou temporariamente costumo ficar cabreiro. Acho que isso faz parte do "kit sobrevivência" do brasileiro de cidade grande e dificilmente é algo que se perde.

Comecei a viajar pela América do Sul há pouco tempo. Mas tenho amigos que viajam muito (um deles é fotógrafo pro), inclusive na América Central, e nunca tiveram problema. Acho que é sorte, ou falta dela, associado ao "kit sobrevivência" ligado o tempo todo. Li o livro de um cara que viajou durante um longo tempo pelas Américas de Niva, saiu do sul do Brasil, rodou pra todo lado e entrou novamente pelo norte do Brasil para fechar a viagem no sul. Depois de passar por toda América do Sul e América Central, adivinhem onde sofreu uma limpa: Manaus... Não lembro os detalhes porque li em 97, mas lembro dele enfatizar que havia entrado relaxado no Brasil depois de ter passado pelos lugares que ele achava serem os mais perigosos.

É, às vezes a gente acha que está imune a algumas coisas no exterior. No Brasil, a gente morre de medo de andar de DSLR no centro de uma capital, mas no exterior parece que um campo de força vai nos proteger.
Isso é verdade, acho que no processo de férias (não sei se é esse o pensamento do Francisco) as pessoas tem uma tendência a relaxar, o que é natural e sadio pra mente... Infelizmente tem lugares que não dá pra fazer isso.

O que difere os desenvolvidos dos demais  é o fato de que, dificilmente, voce sofrera um assalto a mao armada.
Concordo plenamente, essa é a grande diferença.
Em países com grande desigualdade social e impunidade como o Brasil as chances aumentam sim, não tem como negar.
Fato é que não vou deixar de viajar por essas coisas, apenas tomarei mais cuidado. Quem sabe pensar em um seguro para o equipamento também. Nem sei quanto isso custa.

O mais importante é que apesar do susto e trauma, os caras sairam com vida e ainda conseguiram salvar o trabalho. Quando vi o "sem final feliz" no título senti até um frio no corpo. Como disseram: é chato e revoltante, mas equipamento, com dificuldade ou não, é possível comprar novamente.


agalons

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.870
Resposta #11 Online: 27 de Novembro de 2010, 08:09:13
Discordo totalmente. Esse eh um pensamento totalmente eurocentrista. Ja estive diversas vezes no Peru e na Bolivia e nunca me ocorreu absolutamente nada. Posso afirmar que nosso amigo teve azar. Isso poderia ter acontecido com ele em qualquer canto do globo, mesmo nos ditos, de maneira errônea, "paises desenvolvidos". O max tem razao, o Brasil eh um pais muito mais inseguro do que Bolivia e Peru. Alias, vivemos em um dos paises mais inseguros da america latina
Galera
Ninguem esta livre em lugar nenhum do planeta.
E otimo ter seguro se for rodar "por ai".
Eu ja me enfiei nos buracos mas impensados da America Latina,
e na unica cidade que tive o prazer do assalto a mao armada
(carro, equipamentos, e muito $$ em diversas coisas)
foi na magnifica Sampa, (porque a maravilhosa e a capital do trafico, RIO).
Nos temos das melhores escolhas de delinquencia, otimas para fazer
faculdade de miseria humana, com pos, e MBA, tanto como atacante ou atacado.
So resta se precaver, e rezar, para ver o que acontece nesta roleta russa.
Os paises mas evoluidos culturalmente disparados da America sao Chile, Argentina e Uruguay,
o resto e tudo igual.
Das virtudes da nossa terrinha neste item ,
nao vale a pena falar, todos sabemos onde moramos e com que qualidade real de vida.
OLHO ABERTO< MUITA ATENÇAO< NAO DAR BANDEIRA< TER SEGURO E UM POUCO DE SORTE.
abs.
 


spiderman

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.410
Resposta #12 Online: 27 de Novembro de 2010, 08:44:30
Galera
Ninguem esta livre em lugar nenhum do planeta.
E otimo ter seguro se for rodar "por ai".
Eu ja me enfiei nos buracos mas impensados da America Latina,
e na unica cidade que tive o prazer do assalto a mao armada
(carro, equipamentos, e muito $$ em diversas coisas)
foi na magnifica Sampa, (porque a maravilhosa e a capital do trafico, RIO).
Nos temos das melhores escolhas de delinquencia, otimas para fazer
faculdade de miseria humana, com pos, e MBA, tanto como atacante ou atacado.
So resta se precaver, e rezar, para ver o que acontece nesta roleta russa.
Os paises mas evoluidos culturalmente disparados da America sao Chile, Argentina e Uruguay,
o resto e tudo igual.

Das virtudes da nossa terrinha neste item ,
nao vale a pena falar, todos sabemos onde moramos e com que qualidade real de vida.
OLHO ABERTO< MUITA ATENÇAO< NAO DAR BANDEIRA< TER SEGURO E UM POUCO DE SORTE.
abs.
 

Reveja seus conceitos. Em que parametros se baseia para dizer que um pais eh mais evoluido que outro culturalmente. Isso nao existe!
Campanha de crowdfunding pra lançamento do livro - Retratos pra Yayá

Acesse e apoie: www.catarse.me/retratosprayaya


agalons

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.870
Resposta #13 Online: 27 de Novembro de 2010, 10:03:07
Reveja seus conceitos. Em que parametros se baseia para dizer que um pais eh mais evoluido que outro culturalmente. Isso nao existe!
Estamos falando de violencia, assaltos ,etc
O tema do post
e ASSALTO!!!!!.
Nao estamos avaliando se os Quechuas eram , mas espertos que os Maias,Incas, Guaranies, ou Diaguitas.
O IDH mas elevado na America Latina e do CHILE, depois ARGENTINA, depois URUGUAY.
IDH significa INDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO,(a famosa qualidade de vida).
lamentavelmente NOS, estamos muito longe deles, no fim da lista SO na frente de Bolivia,Haiti,etc .
Nao e bom dizer que nao existe aquilo que nao conhecemos, melhor e aprender!!!
abs.


spiderman

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.410
Resposta #14 Online: 27 de Novembro de 2010, 10:22:10
Entendo, agalons. Nesse caso eh melhor voce especificar bem para nao haver mal entendimento. Mesmo sendo o IDH, acho muito forte voce dizer que o resto eh tudo igual. Se tratando de uma diversidade tao grande de paises e povos com culturas tao hterogeneas, a generalização deve ser evitada.
« Última modificação: 27 de Novembro de 2010, 10:23:14 por spiderman »
Campanha de crowdfunding pra lançamento do livro - Retratos pra Yayá

Acesse e apoie: www.catarse.me/retratosprayaya