Autor Tópico: A partir de quando se chamar de fotógrafo profissional  (Lida 3010 vezes)

Ferrs

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 89
  • Sexo: Masculino
Online: 28 de Abril de 2011, 20:44:15
Fala Galera, blz?

Seguinte, ontem passei pela Saraiva no shopping Morumbi e estava tendo o lançamento do jogo Mortal Kombat, por ser um lançamento mundial e o desenvolvedor estar na loja anunciando o lançamento (achei legal de ser lançado aqui no Brasil e no mundo inteiro sendo que a apresentação foi aqui), tinha alguns fotógrafos de alguns jornais.

Como não sou fã do jogo, não ocupei espaço, até mesmo porque poderia conferir as imagens depois na Net, mas ao ver as fotos fiquei meio espantado:

G1 - Globo
http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/04/eventos-reunem-fas-para-o-lancamento-de-mortal-kombat-em-sp.html

Kotaku Brasil
http://www.kotaku.com.br/conteudo/mileena-sorridente-e-kung-lao-apelao-inauguram-mortal-kombat-em-sao-paulo/

Com a pouquíssima experiência que tenho notei erros absurdos nas fotos por exemplo:

Fotos do G1:
 - A primeira foto foi utilizado o flash sendo que o ambiente estava claro, como pode ser observado na segunda foto (é uma livraria).
 - A foto principal que é dos 2 personagens chave do jogo ficou completamente desfocada, sem luz (não sei como) e fora de esquadro.
 - A segunda foto ficou desfocada
 - A foto da modelo (cospley) foi utilizado Flash que acabou escurecendo o ambiente da foto.

Fotos do Kotaku:
 Apesar de melhores do que as do G1, se nota que muitas ficaram sem foco e/ou objetivo na foto, ficaram sem nexo em alguns dos casos.

O que me deixou um pouco pasmo foi o caso do G1, que é um jornal de nome e aceita um tipo de material como este, que até um site com menos de 1 ano e focado apenas em games conseguiu fotos melhores.

O que vocês acharam do trabalho pessoal? Ta feia a coisa assim? Realmente o mercado de fotografia ta pior do que o de informática (muita gente queimando o mercado)?

Obs. Só completando, não tenho interesse em trabalhar na área de fotografia, curto apenas por hobby, mas na minha visão: "O que merece ser feito, merece ser bem feito".

Um abraço
« Última modificação: 28 de Abril de 2011, 20:46:43 por Ferrs »
--
Tiago Ferrs
Amador Novato
Fujifilm HS10


Natão

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.273
  • Sexo: Masculino
  • "dichterisch, wohnet der Mensch auf dieser Erde"
Resposta #1 Online: 28 de Abril de 2011, 21:51:55
É, pecou bastante... tudo errado no caso, desde composição, wb, medição, foco... tudo... realmente, eu me impressionei com a porcaria de qualidade das fotografias... eu mesmo faria muitíssimo melhor com minha oly c-320 de 3.2 mpx...


Mr. Hyde

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 16.575
  • Sexo: Masculino
    • Faceboock
Resposta #2 Online: 28 de Abril de 2011, 23:09:40
Cara, bastava o cara setar a cam eu Auto-Tudo. Trabalhinho porco!!!

____________________
"Deus perdoe o Mal que habita em mim" M. Nova


kado

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.294
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 28 de Abril de 2011, 23:19:05
A partir do momento que o cara fotografa em troca de remuneração, deixa de ser amador e passa a ser fotografo profissional, indiferente se está tirando foto 2x3 para documento, fotos para jornalismo, revistas, casamentos, etc, seja o que for...ser fotografo profissional não tem nada a ver com a qualidade do que ele está produzindo...poderá ser excelente ou uma caca...  :)


joseazevedo

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 588
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/jerazevedo/
Resposta #4 Online: 28 de Abril de 2011, 23:34:00
Sem trocadilhos, isto é um retrato do mercado, da quantidade de gente que compra uma câmera, resolve ser fotógrafo profissional - viver da fotografia como ganha-pão - e faz qualquer coisa pra pagar as contas.

A necessidade de gerar notícia por parte de clientes, "celebridades", veículos e "wanna-bes" demanda um volume que não é compatível com qualidade. Daí os exageros em nome da "arte" da fotografia: ângulos esquisitos, foco seletivo fora de foco, imagens tremidas, sobre-exposição, tudo vira "arte" nessa era digital.

Eu não reclamo mais, só lamento a banalização, nivelação por baixo de uma coisa que eu gosto muito. Mas, pensando bem, não é disto que eu gosto. É fotografia. Avedon, Adams, Salgado, Bresson, Doisneau, Lindbergh, Allard, Ritts e por aí vai.

O resto é registro de notícia, muitas vezes enviado por leitor para se economizar verba. Nessa hora, foto-jornalista profissional - que tem compromisso com a fotografia além das contas - faria a diferença. Mas com o salário de fome que pagam, esta é mais uma raça em extinção.

Tempos modernos. Esta não é a evolução que eu imaginava para o mundo.

Abs,

José Azevedo


joelsonf

  • Trade Count: (3)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 388
  • Carpe Diem and Noctum
Resposta #5 Online: 29 de Abril de 2011, 00:43:11
parece que foram feitas com celular, alias o meu celular tira fotos melhores que essa
[]s<br />Joelson


DiPipe

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 52
Resposta #6 Online: 29 de Abril de 2011, 02:47:01
Pra se chamar profissional a ética também conta muito.
Não expôr as fotos de outros profissionais em um fórum na internet e apontar defeitos é de grande valia, se voc~e colocar 3 fotos suas aqui e pegar um fotógrafo prepotente ele vai achar inúmeros defeitos.
Sou à favor da arte, de desfoque, de super e sub exposição em algumas fotos, etc


Natão

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.273
  • Sexo: Masculino
  • "dichterisch, wohnet der Mensch auf dieser Erde"
Resposta #7 Online: 29 de Abril de 2011, 06:57:15
Pra se chamar profissional a ética também conta muito.
Não expôr as fotos de outros profissionais em um fórum na internet e apontar defeitos é de grande valia, se voc~e colocar 3 fotos suas aqui e pegar um fotógrafo prepotente ele vai achar inúmeros defeitos.
Sou à favor da arte, de desfoque, de super e sub exposição em algumas fotos, etc
Não entendi...

Quer dizer entendi mal. A discussão é sobre a qualidade das fotos entregues, e me desculpe, aquilo alí até minha sobrinha de 10 anos faz melhor. E olha lá, o cara vendeu para o G1. Talvez um certo tipo de oportunismo torne as pessoas ditas "profissionais". E na verdade são mesmo... só que os muita das vezes esses são piores do que os simples amantes das fotografias.

Ah sim, não vejo falta de conduta ética nenhuma em expor algo que já está na internet pra todos verem... são apenas links para uma página e comentar-se a qualidade das fotografias, assim como sempre fazemos... minhas fotos estão na galeria, sempre estiveram, quem quiser entrar e olhar só ir até lá, e criticar...


DiPipe

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 52
Resposta #8 Online: 29 de Abril de 2011, 14:51:43
Eu tenho opinião sobre as fotos, as vezes precipitada, posso achar que uma sombra está fora de lugar e na verdade o fotógrafo quis ela ali.
Na fotografia aprendi com meus tutores (Reinaldo Hingel e Claudio Carpi) a nunca dizer "Está errado", aprendi a dizer "Eu não gosto".

Acho que se a foto foi para um meio social está ali pra ser avaliada, agora ela foi jogada para crítica entre outros profissionais.

Se eu quiser me considerar profissional sei que minha opinião púlblica sobre o trabalho dos colegas, sendo que os mesmos não colocaram seu trabalho por conta própria especificamente para crítica, tenho que no mínimo ter minha opinião e comentar de forma mais privada, caso ache necessário.

Mas respeito a opinião de todos


dondon

  • Trade Count: (5)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.287
  • Sexo: Masculino
    • Plínio Dondon
Resposta #9 Online: 29 de Abril de 2011, 15:00:47
É, complicado, a "foto de notícia" está cada vez mais esculachada, infelizmente.

Mas concordo com o DiPipe, trazer para a discussão fotografias "fora do fórum" não é uma atitude muito prudente. ;)

Abraços.


Ferrs

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 89
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 29 de Abril de 2011, 18:07:20
Galera,


Dipipe, num sei se vc foi um dos fotógrafos, e não to aqui para causar confusões  :fight: :fight:

Mas se quiser criticar minhas fotos será um prazer, pois estão na galeria de fotos do fórum exatamente para críticas, e foi graças as críticas que hoje já tenho um olho muito mais clinico do que tinha antes.

Só fico chateado ao ver este tipo de trabalho pq sei que existem muitos que se esforçam para serem os melhores e dependem disto para o seu ganha pão.

Eu trabalho com Info, e estou cansado de refazer trabalho de pessoas que se intitulam experientes. E quando digo cansado é cansado mesmo, pq estas pessoas cobram metade do preço, e depois eu tenho que cobrar o dobro do que cobraria (corrigir o que foi feito e fazer certo de novo) e com isto fica a pressão de algo que seria simples pq alguém já fez errado.

Obs. Sempre admirei os fotógrafos profissionais e por isso me aborrece ver este tipo de coisa. Mancha a imagem de vocês mesmos.
--
Tiago Ferrs
Amador Novato
Fujifilm HS10


joelsonf

  • Trade Count: (3)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 388
  • Carpe Diem and Noctum
Resposta #11 Online: 29 de Abril de 2011, 18:10:54
Pra se chamar profissional a ética também conta muito.
Não expôr as fotos de outros profissionais em um fórum na internet e apontar defeitos é de grande valia, se voc~e colocar 3 fotos suas aqui e pegar um fotógrafo prepotente ele vai achar inúmeros defeitos.
Sou à favor da arte, de desfoque, de super e sub exposição em algumas fotos, etc

Peraí..nao teve nada de anti-etico o que fizeram aqui, criticar faz parte da liberdade de expressão, e não se deve confundir fotos feitas com algum objetivo artistico com fotos de registro de evento extremamente mal batidas
[]s<br />Joelson


joelsonf

  • Trade Count: (3)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 388
  • Carpe Diem and Noctum
Resposta #12 Online: 29 de Abril de 2011, 18:12:35
Eu tenho opinião sobre as fotos, as vezes precipitada, posso achar que uma sombra está fora de lugar e na verdade o fotógrafo quis ela ali.
Na fotografia aprendi com meus tutores (Reinaldo Hingel e Claudio Carpi) a nunca dizer "Está errado", aprendi a dizer "Eu não gosto".

Acho que se a foto foi para um meio social está ali pra ser avaliada, agora ela foi jogada para crítica entre outros profissionais.

Se eu quiser me considerar profissional sei que minha opinião púlblica sobre o trabalho dos colegas, sendo que os mesmos não colocaram seu trabalho por conta própria especificamente para crítica, tenho que no mínimo ter minha opinião e comentar de forma mais privada, caso ache necessário.

Mas respeito a opinião de todos

Deixa eu ver se eu entendi..para ser chamado de profissional a primeira coisa que se desenvolve é o protecionismo ou tb chamado de corporativismo "profissional não critica profissional"?
[]s<br />Joelson


Ferrs

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 89
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 29 de Abril de 2011, 18:16:29
É, complicado, a "foto de notícia" está cada vez mais esculachada, infelizmente.

Mas concordo com o DiPipe, trazer para a discussão fotografias "fora do fórum" não é uma atitude muito prudente. ;)

Abraços.

Dondon, entendo sua colocação, mas exatamente por isto não coloquei as fotos no forum, e sim o link para os respectivos sites de acesso público.

E como disse acima, foi algo que fiquei chateado de ver pq gosto de fotografia, mas peço desculpas se ofendi alguém.  :ok:
--
Tiago Ferrs
Amador Novato
Fujifilm HS10


dondon

  • Trade Count: (5)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.287
  • Sexo: Masculino
    • Plínio Dondon
Resposta #14 Online: 29 de Abril de 2011, 19:06:09
Magina, Ferrs. Não ofendeu ninguém, não, relaxa!

O assunto é interessante, pode ser conversado à vontade, só acredito que não precisamos pegar essa ou aquela foto como exemplo nem aquele ou esse trabalho "pra cristo". Vemos fotos ruins na imprensa a todo momento, a coisa está realmente precária principalmente nos canais virtuais.

Velocidade, absurdo consumo de informação, necessidade de noticiar tudo. O resultado é a péssima qualidade não apenas fotográfica mas jornalística e textual também. Está cada vez mais raro encontrar uma notícia bem escrita e mais raro ainda uma matéria que aborde seu tema em profundidade, está tudo muito raso.

Abraço!