Autor Tópico: Compensação EV - dica prática  (Lida 9605 vezes)

Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.394
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Online: 11 de Maio de 2011, 20:46:48
Olá Pessoal, dei uma pesquisada e como não encontrei nada muito direto quera discutir isso aqui...

Na teoria até entendo como funciona a compensação EV.... mas não consigo enxergar uma utilizade prática pra ela....

quando e porque usar? por exemplo... se quero uma imagem mais escura, porque não mudar somente a velocidade, abertura e ISO?

alguém poderia me dar dicas práticas sobre isso?
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


spiderman

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.410
Resposta #1 Online: 11 de Maio de 2011, 20:55:25
Luciano, posso te dar um exemplo pratico. Outros amigos te darao outros.

Quando voce for tirar uma foto de uma paisagem em um dia nublado, por exemplo. Voce pode fotometrar o ceu sem compensar a exposicao, entretanto, eh muito provavel que a parte de baixo ficara escura. Nesse caso, voce pode compensar a exposicao, visando o limite do estouro e, em seguida, recuperar as altas luzes na pos. O resultado eh muito melhor do que se voce fotometrar normalmente e depois tentar recuperar as baixas luzes. Logicamente, voce pode fotometrar normalmente e expor um pouco mais. Daria na mesma. A unica diferenca eh que eh mais provavel que voce erre.
« Última modificação: 11 de Maio de 2011, 21:07:06 por spiderman »
Campanha de crowdfunding pra lançamento do livro - Retratos pra Yayá

Acesse e apoie: www.catarse.me/retratosprayaya


irado

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 936
  • Sexo: Masculino
  • (re)aprendendo a fotografar.. olhando.
Resposta #2 Online: 11 de Maio de 2011, 22:00:04
os fotometros mais antigos tinham o EV; básicamente é o seguinte: quando vc define F-stop/velocidade, isto tem um EV qualquer. Se vc aumentar o F-stop e REDUZIR a velocidade, mantendo o mesmo EV, o principio é de que vc terá a mesma impressão (NB: em filme). Então, cabe ao fotógrafo, fotometrando uma cena qualquer, definir se quer mais ou menos profundidade de foco ou mais ou menos "congelamento" de imagem. Assim: faço a fotometria de um ambiente qualquer (por reflexão, não por incidencia) e encontro um EV de 11 com velocidade 125/f4; pois bem, para manter o mesmo EV posso fazer 500/f2 (na verdade alguma coisa próxima de 2.2) ou 1/2 @ f40 (aprox) para conseguir a mesma impressão no filme. Agora, a 1/2 (meio segundo) em f40 terei GRANDE profundidade de foco e imagem borrada dos elementos móveis, enquanto em 500/f2 eu terei os elementos móveis congelados mas com mínima profundidade de foco (dependendo também da posição de distancia na lente.

Claro como lama, né? não ligue, à medida em que vc se aprofunda as coisas ficam piores. A propósito EV significa "exposure value".

depois que aprender isso veja um pouco de "hiperfocal" - rs.. a maioria dos fotógrafos jornalisticos "das antigas" NÃO moviam o anel de foco ;) descubra como.

ps: eu também movimento bem pouco o anel de focalização.. descubra como (ou porque) - rs ;)
saudações,
irado furioso com tudo
Linux User 179402/FreeBSD BSD50853/FUG-BR 154
Não uso drogas - 100% Miko$hit-free
"Antigamento o homossexualismo era coibido, depois passou a ser tolerado, agora já está sendo completamente aceito e eu vou me embora antes que se torne obrigatório." [Arnaldo Jabor]
"infelizmente no brasil quem decide não é quem le jornal, mas sim quem limpa a bunda com ele." [encontrado no Orkut]


Natão

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.273
  • Sexo: Masculino
  • "dichterisch, wohnet der Mensch auf dieser Erde"
Resposta #3 Online: 11 de Maio de 2011, 22:00:50
Olá Pessoal, dei uma pesquisada e como não encontrei nada muito direto quera discutir isso aqui...

Na teoria até entendo como funciona a compensação EV.... mas não consigo enxergar uma utilizade prática pra ela....

quando e porque usar? por exemplo... se quero uma imagem mais escura, porque não mudar somente a velocidade, abertura e ISO?

alguém poderia me dar dicas práticas sobre isso?
Luciano, é muito útil quando se usa flash, e em modo de programação, prioridade de abertura, ou prioridade de velocidade, modo manual evidente que não há uso, só estás informando ao fotômetro que queres uma foto mais clara ou mais escura, 0 ficar como queres

É importante também quando se usa flash... mas a compensação mais importante ainda é a do flash, já que lá se controla a intensidade da luz...


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.250

Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.394
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #5 Online: 12 de Maio de 2011, 15:57:52
é... entendi o que escreveram... mas pra falar a verdade continuo sem entender muito um sentio prático pra isso...

por exemplo... se tiro uma foto em 1/250 f/5.6 e ela fica "um pouco clara" ... porque mexeria na compensação EV em vez de já mexer na abertura ou velocidade?

não sei se estou batendo na mesma tecla mas continuo sem entender muito....

você usam constantemente essa compensação ou não?
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.250
Resposta #6 Online: 12 de Maio de 2011, 21:08:09
Luciano, se vc usa modo manual, ou seja, vc mesmo seta a abertura e velocidade, não é necessário usar compensação de exposição.

Como não tenho total conhecimento nem muita prática com o sistema de zonas e pouco fotografo em modo spot, o modo manual para mim não faz sentido a não ser quando tenho que garantir a mesma exposição em uma série de fotos ou quando uso flash. Então, 90% do tempo uso modo Av e uso a compensação de exposição para fazer a correção.


Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


GutoVilaça

  • Trade Count: (6)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.321
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 13 de Maio de 2011, 10:19:23
Luciano, se vc usa modo manual, ou seja, vc mesmo seta a abertura e velocidade, não é necessário usar compensação de exposição.

Como não tenho total conhecimento nem muita prática com o sistema de zonas e pouco fotografo em modo spot, o modo manual para mim não faz sentido a não ser quando tenho que garantir a mesma exposição em uma série de fotos ou quando uso flash. Então, 90% do tempo uso modo Av e uso a compensação de exposição para fazer a correção.


Exato.

A compensação de exposição pode ser usada em qualquer método de fotometria mas só faz muito sentido prático para quem fotografa em modos de prioridade. Para quem está fotografando no modo manual, as correções de exposição já são feitas pelo fotógrafo ao escolher os f-stops, velocidades e ISO. Isso é o que normalmente acontece com quem fotografa no modo manual. Eu, por exemplo, prefiro não usá-la. Usei a compensação de exposição 1 ou 2 vezes na vida. Só fotografo no modo manual e me acostumei a resolver as coisas com as regulagens do diafragma e do obturador.

A compensação de exposição é uma ajuda. Pode acontecer do fotógrafo fotometrar a cena e fazer o click percebendo posteriormente que a foto ficou sub ou com superexposição. Nesse caso ele pode optar por usar a compensação de exposição a alterar um f/stop, por exemplo, caso ele queira alterar a exposição mantendo a profundidade de campo. O bom uso da compensação de exposição seria quando temos cenas com luminância bem críticas e de difícil fotometria onde o fotômetro fica meio confuso e o fotógrafo mais ainda (cenas com muitos reflexos, áreas de alto contrastes, cenas muito claras ou muito escuras e etc). Nesses casos, o fotógrafo pode optar por fazer a fotometria normalmente e ajustar com a compensação de exposição se perceber que a leitura do fotômetro simplesmente não o está ajudando.

O exemplo que o Irado deu é muito bom para entender como funciona a coisa. Só não podemos esquecer que nas máquinas digitais, principalmente, o ISO é um fator muito importante e entra como variável fundamental na fotometria já que podemos variá-lo facilmente da mesma forma que a velocidade e f-stops. Na película, preocupamos somente com duas variáveis já que o ISO é escolhido anteriormente e portanto pode-se dizer que é constante.

Isso é chamado de Lei da Reciprocidade. Como engenheiro gosto muito de tabelas e essa resume tudo o que já foi dito aqui:



Pela tabela fica fácil visualizar que a compensação de exposição nada mais é que uma forma simplista de correção de exposição. Tudo se relaciona e é fácil de compreender quando entendemos como é o funcionamento de uma câmera fotográfica e todo o processo de fotometria. A correção da exposição pode ser feita pela compensação ou alterando manualmente o f-stop ou a velocidade ou o ISO. Tudo vai dá na mesma. Fica a critério do fotógrafo e de acordo com a necessidade da cena ou do momento.

Espero que tenha ajudado e não o confundido ainda mais...rs.

Abs






« Última modificação: 13 de Maio de 2011, 10:27:23 por GutoVilaça »
VAMOS ESTUDAR MAIS FOTOGRAFIA ANTES DE CRITICAR UMA FOTO ALHEIA. VAMOS CRITICAR SE O AUTOR PEDIR. SE VAMOS CRITICAR E COMENTAR, VAMOS FAZER COM SABEDORIA, COM EMBASAMENTO E DE MODO QUE SEJA ALGO CONSTRUTIVO. NÃO APELE SE O AUTOR DAS FOTOS REBATER ÀS CRÍTICAS AFINAL ISSO É DIREITO DELE. VAMOS DÁ BONS EXEMPLOS COM NOSSAS FOTOS POIS SÓ FICAR CRITICANDO FOTOS DOS OUTROS NÃO FAZ DA GENTE UM BOM FOTÓGRAFO.  VAMOS FOTOGRAFAR MAIS E CORNETAR MENOS!!!


pinredson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.008
Resposta #8 Online: 13 de Maio de 2011, 14:56:04


gtsouza

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 889
Resposta #9 Online: 13 de Maio de 2011, 15:30:28
bom um exemplo prático é quando você bate uma foto em um quarto com a janela aberta atrás. Você abaixa um ou dois pondo no EV e bate a foto do objeto dentro do quarto com flash. Assim não estoura o fundo mais claro na janela.

 
Canon 5DMKII x 2 , Canon 24-70 F/2.8 L USM, Canon 50 mm f/1.4, Canon 24-105 F/4 L, Speedlite 600EX, 580EX II e 430EX II
http://gilsontorres.wordpress.com/
http://facebook.com/gilsontorresfotos


Hudson

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 118
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 13 de Maio de 2011, 15:37:32
é... entendi o que escreveram... mas pra falar a verdade continuo sem entender muito um sentio prático pra isso...

por exemplo... se tiro uma foto em 1/250 f/5.6 e ela fica "um pouco clara" ... porque mexeria na compensação EV em vez de já mexer na abertura ou velocidade?

não sei se estou batendo na mesma tecla mas continuo sem entender muito....

você usam constantemente essa compensação ou não?


Eu tinha a mesma dúvida e é bem fácil entender o EV... Não pense na fotografia manual porque ela é manual tem todos os parâmetros para ser controlados por você. Nesse caso a função EV nem funciona porque você faz esse papel livremente mexendo no ISO, abertura e velocidade.

Agora pense em AV e TV e você vai entender o EV...
Sabe quando você fotografa no manual a câmera mostra a fotometria certa da cena como ela entende, a foto não sai do jeito que você quer, o que você faz? A engana, ignora o fotômetro e mexe nos parametros para sair do jeito que você quer.
Agora na prioridade de velocidade por explo (TV), você coloca uma velocidade e ela da a abertura você vê que a imagem não saiu do jeito que seu olho quer e sim do jeito que a camera entende a cena. O que você faz? EV nela manlandro! Se mudar a velocidade ela vai compensar na abertura e sua imagem vai sair com a mesma luz que antes.
« Última modificação: 13 de Maio de 2011, 15:47:09 por Hudson »


Natão

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.273
  • Sexo: Masculino
  • "dichterisch, wohnet der Mensch auf dieser Erde"
Resposta #11 Online: 13 de Maio de 2011, 15:45:10
Eu tinha a mesma dúvida e é bem fácil entender o EV... Não pense na fotografia manual porque ela é manual tem todos os parâmetros para ser controlado por você. Nesse caso a função EV nem funciona porque você faz esse papel livremente mexendo no ISO, abertura e velocidade.

A função em manual é apenas setar o meio do fotômetro conforme escolha mais ou menos exposto. Se se levar em conta que o fotômetro sempre erra, pois ele tende a deixar tudo próximo daquela tonalidade de cinza a 18%, mas nem toda imagem tem que seguir esse padrão, logo pode-se ajustar o zero do fotômetro compensando. Aquele livro indicado pelo pinderson é excelente... explica bem o uso...

é um dos usos... nem sempre o zero do fotômetro é a exposição ideal...

abs.


Leandro Rodrigues

  • Trade Count: (33)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.185
  • Sexo: Masculino
Resposta #12 Online: 13 de Maio de 2011, 16:13:30
Agora na prioridade de velocidade por explo (TV), você coloca uma velocidade e ela da a abertura você vê que a imagem não saiu do jeito que seu olho quer e sim do jeito que a camera entende a cena. O que você faz? EV nela manlandro! Se mudar a velocidade ela vai compensar na abertura e sua imagem vai sair com a mesma luz que antes.

Hudson, nesse seu exemplo, quer dizer que o resultado da exposição seria diferente pra mesma velocidade, abertura e ISO? Também nunca usei e nunca soube usar essa compensação. Sempre fotografei em Manual e não via muito sentido.


Hudson

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 118
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 13 de Maio de 2011, 16:32:56
Hudson, nesse seu exemplo, quer dizer que o resultado da exposição seria diferente pra mesma velocidade, abertura e ISO? Também nunca usei e nunca soube usar essa compensação. Sempre fotografei em Manual e não via muito sentido.

Sim! Pra isso serve o EV você sobe ou desce (+2ou-2 pontos) dependendo do modelo da sua câmera.


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.250
Resposta #14 Online: 13 de Maio de 2011, 16:41:28
O zero do fotômetro só é o ideal se vc fotometrar pontual em um ponto cinza médio. Existe uma celeuma de "fotografar em manual" usando fotometria evaluative ou matrix e zerando o fotômetro, que na realidade está longe de ser fotografia manual, até porque este tipo de medição não é direta, é baseada em um algoritmo interno da camera e a fotometria neste caso continua sendo escolha da camera e não do fotógrafo.

Aliás, o próprio Vernaglia fala no livro citado acima "O fotógrafo que usa modo M (manual) na câmera mas sempre centraliza o fotômetro está fazendo o mesmo que a câmera faria sozinha em modo P (program)"

Mas isso é outra discussão..


Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460