Autor Tópico: Lentes Prime...  (Lida 2198 vezes)

Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.398
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Online: 29 de Junho de 2011, 15:41:42
Pessoal, estou estudando a possibilidade de uma lente prime GA Canon com grande abertura....a idéia é usar mais pra filmagens, já que a 50mm em sensor com corte às vezes dificulta....

Alguém conhece as lentes abaixo? (preço de referência da B&H Nova Iorque)

24mm f/2.8 - U$349.95 (http://www.bhphotovideo.com/c/product/12091-GREY/Canon_2506A002_Wide_Angle_EF_24mm.html)
28mm f/1.8  USM -  U$529,90 (http://www.bhphotovideo.com/c/product/102851-USA/Canon_2510A003_Wide_Angle_EF_28mm.html)
35mm f/2.0 - U$329,95 (http://www.bhphotovideo.com/c/product/12119-USA/Canon_2507A002_Wide_Angle_EF_35mm.html)

Já tenho aqui uma 28-135 f/3.5-5.6 USM

Pergunta....

Acho que ideal pro que eu quero e com o custo que aceito é a 28mm f/1.8.... mas tenho dúvidas sobre o alto custo....Tendo essa 28mm como primeira opção mas querendo economizar,

01 - a lente 24mm me daria uma grande vantagem sobre a minha 28-135? Acho que a diferença de abertura e comprimento focal não é tão grande a ponto de vale a pena.

02 - A 35mm f/2.0 tem uma abertura boa, mas será que ela daria grande diferença comparada à 50mm em questão de ângulo de visão??

em números já consegui vários comparativos, mas fico em dúvidas sobre a parte prática no uso delas...
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


Mr. Hyde

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 16.575
  • Sexo: Masculino
    • Faceboock
Resposta #1 Online: 29 de Junho de 2011, 17:01:16
Luciano, me corrija se eu estiver falando besteira, mas os AFs e USMs da vida não vai servir de nada nesse caso, certo???

Porque não pega uma M42/M39/Pentax K (antiga sem AF) que te sai a uns R$200/300 no máximo e experimenta pra ver se gosta. Existem 28mm com excelente contraste e bonitos DOFs que, com certeza nesses aspectos, gerarão imagens diferenciadas no vídeo.

____________________
"Deus perdoe o Mal que habita em mim" M. Nova


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.398
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #2 Online: 29 de Junho de 2011, 17:05:47
Sim Hyde... o uso seria em foco manual mesmo....

Claro que tendo ela "pra vídeo" acabaria usando pra algumas fotos também... e aí o AF seria legal...

vou dar uma pesquisada nessas lentes que comentou... não entendo nada dessas lentes antigas e adaptações necessárias...

vc entende disso? poderia falar mais a respeito?
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


Mr. Hyde

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 16.575
  • Sexo: Masculino
    • Faceboock
Resposta #3 Online: 29 de Junho de 2011, 18:11:01
Cara, isso é assunto pra uma vida inteira... O universo de possibilidades é imenso. Não sou um expert (temos aqui no MF pessoas com bem mais experiência que eu). Mas basicamente são lentes antigas que eram usadas até a década de 60/70. Algumas excelentes outras sofríveis. As medianas tem ótica muiiito boa, porque vieram de evoluções de séries de lentes em que não se melhorava a parte eletrônica (porque não havia) e sim a parte ótica da lente. Então vc encontra lentes dos kits (daquela época) sem flare, sem distorção, sem AC, com bom contraste e bonito bokeh por preços módicos. A parte antiprática é que não tem estabilização, não tem AF, não tem comunicação com o corpo... É tudo na mão.
Mas dá pra colocar adaptadores com confirmação de foco, o que facilita muuuito a vida. Eu tenho uma M42 e uma Pentax K, ambas com adaptadores com confirmação de foco. Não sei como eles se comportam em vídeo porque nunca fiz um vídeo usando elas. Para fotografar, basta premir o disparador até metade e ajustar o foco. Ele dá um aviso sonoro e acende a luz central no visor confirmando o ponto focado (por gosto, só uso um único ponto de foco sempre).

De maneira geral, as primes sempre são melhores que as zoom, uma lista rápida do que mentalmente lembro ser boas lentes abaixo dos 50mm:

Takumar 28mm/3.5 (tanto a Super quanto a S-M-C)
Auto Takumar 28mm/2.3
Chinon 35mm/2.8
Zeiss Flektogon 20/4 (essa é cara)
Zeiss Flektogon 20/2.8 (essa é cara e rara)
Pentacon 29/2.8 (excelente de centro, fraca de bordas)

De cabeça são essas. Tô em viagem, por isso não posso dar maiores indicações. Minha lista de boas lentes antigas tá no PC. Abç,


____________________
"Deus perdoe o Mal que habita em mim" M. Nova


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.398
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #4 Online: 30 de Junho de 2011, 07:45:47
valeu pelas dicas.. mas mesmo nessas antigas não estou encontrando grandes aberturas, por exemplo f/2 pra cima.... dei uma pesquisa rápida no ebay e mercado livre....

imagino que seja assim, mas não custa perguntar.... f/2.0 é f/2.0 né? tanto faz se é numa lente antiga ou nova? não existe diferença na quantidade de luz que entra né?
« Última modificação: 30 de Junho de 2011, 07:47:19 por Luciano.Queiroz »
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


Mr. Hyde

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 16.575
  • Sexo: Masculino
    • Faceboock
Resposta #5 Online: 30 de Junho de 2011, 10:12:55
valeu pelas dicas.. mas mesmo nessas antigas não estou encontrando grandes aberturas, por exemplo f/2 pra cima.... dei uma pesquisa rápida no ebay e mercado livre....

imagino que seja assim, mas não custa perguntar.... f/2.0 é f/2.0 né? tanto faz se é numa lente antiga ou nova? não existe diferença na quantidade de luz que entra né?

Procura no e-bay da Alemanha. Deve ter umas russas antigas lá.

Cara, essa questão da abertura 'engolir' quantidade distintas de luz em razão dos diâmetros dos elementos óticos das diferentes lentes é uma coisa que ainda não respondi em minhas pesquisas.

Fica o questionamento aos mais experientes do MF. Varia????

____________________
"Deus perdoe o Mal que habita em mim" M. Nova


Mr. Hyde

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 16.575
  • Sexo: Masculino
    • Faceboock
Resposta #6 Online: 30 de Junho de 2011, 10:15:20
Ah, dificilmente vc encontrará menor que 2.0. Os projetos eram, normalmente, para 2.8 e 3.5. Abaixo de 2.0 em GA acho que não salva nada.

____________________
"Deus perdoe o Mal que habita em mim" M. Nova


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.398
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #7 Online: 30 de Junho de 2011, 10:18:30
valeu..... estou me inclinando pela 35mm f/2.0 mesmo.... apesar de querer a 28 1.8.... ê falta de grana!

« Última modificação: 30 de Junho de 2011, 10:20:59 por Luciano.Queiroz »
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.250
Resposta #8 Online: 30 de Junho de 2011, 12:45:12
Hyde, um off-topic rápido para responder tua dúvida.

O número f na realidade é apenas uma medida física distância focal / diametro da iris. Lentes com numeros f iguais tendem a deixar passar a mesma quantidade de luz, mas isso não é verdade absoluta. Existem portanto lentes f/4 que deixam passar mais luz que outras lentes f/4. Isso é particularmente válido na comparação entre lentes primes e zooms, que por terem maior quantidade de elementos ópticos, acabam perdendo luz pelo caminho. Também é valido na comparação entre lentes com elementos especiais (fluorista, elementos asfericos) e lentes mais simples, onde mesmo tendo a mesma abertura, as lentes simples tendem a deixar passar menos luz em função das perdas internas.

O que mede a efetiva quantidade de luz que atravessa a lente é a transmissividade, medida pelo t-number que é mais utilizado em lentes de cinema onde qualquer variação de luminosidade entre um take e outro é claramente sentida e precisa ser muito bem controlada.

No dxomark existe um gráfico que mostra o efetivo t-number das lentes para o seu f-number máximo e também a diferença em EV entre f-number e t-number. Por exemplo, entre a 16-35 f/2.8L II e a 17-55 f/2.8, mesmo ambas tendo abertura máxima de f/2.8,  a 16-35 é algo em torno de 0.1EV mais clara que a 17-55. A diferença é irrisória, mas existe. Já nas lentes de custo mais baixo como as do kit essa diferença é maior e pode chegar próximo a 0.5EV. Na 18-55mm, em 55mm embora o f-stop seja f/5.6, o t-stop é t/6.7. Já o f/5.6 da 18-135mm em 135mm  corresponde a um t-stop de mais ou menos t/6.0, ou seja, mesmo ambas tendo abertura máxima de f/5.6 nas respectivas distâncias focais, a 18-135mm é 1/4 de ponto mais clara.

Mas de qualquer forma estas diferenças costumam ser insignificantes na prática, por isso que se adotou o f/number como padrão para identificar o quanto uma lente é clara, mesmo que não seja uma medida 100% precisa.








« Última modificação: 30 de Junho de 2011, 12:52:00 por AlexandreS »

Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.398
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #9 Online: 30 de Junho de 2011, 13:14:14
Hyde, um off-topic rápido para responder tua dúvida.

O número f na realidade é apenas uma medida física distância focal / diametro da iris. Lentes com numeros f iguais tendem a deixar passar a mesma quantidade de luz, mas isso não é verdade absoluta. Existem portanto lentes f/4 que deixam passar mais luz que outras lentes f/4. Isso é particularmente válido na comparação entre lentes primes e zooms, que por terem maior quantidade de elementos ópticos, acabam perdendo luz pelo caminho. Também é valido na comparação entre lentes com elementos especiais (fluorista, elementos asfericos) e lentes mais simples, onde mesmo tendo a mesma abertura, as lentes simples tendem a deixar passar menos luz em função das perdas internas.

O que mede a efetiva quantidade de luz que atravessa a lente é a transmissividade, medida pelo t-number que é mais utilizado em lentes de cinema onde qualquer variação de luminosidade entre um take e outro é claramente sentida e precisa ser muito bem controlada.

No dxomark existe um gráfico que mostra o efetivo t-number das lentes para o seu f-number máximo e também a diferença em EV entre f-number e t-number. Por exemplo, entre a 16-35 f/2.8L II e a 17-55 f/2.8, mesmo ambas tendo abertura máxima de f/2.8,  a 16-35 é algo em torno de 0.1EV mais clara que a 17-55. A diferença é irrisória, mas existe. Já nas lentes de custo mais baixo como as do kit essa diferença é maior e pode chegar próximo a 0.5EV. Na 18-55mm, em 55mm embora o f-stop seja f/5.6, o t-stop é t/6.7. Já o f/5.6 da 18-135mm em 135mm  corresponde a um t-stop de mais ou menos t/6.0, ou seja, mesmo ambas tendo abertura máxima de f/5.6 nas respectivas distâncias focais, a 18-135mm é 1/4 de ponto mais clara.

Mas de qualquer forma estas diferenças costumam ser insignificantes na prática, por isso que se adotou o f/number como padrão para identificar o quanto uma lente é clara, mesmo que não seja uma medida 100% precisa


curti isso  :ok:

quem sabe, sabe!
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


Pomba

  • Trade Count: (10)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 335
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 30 de Junho de 2011, 13:25:40
essa foi ótima, alexandre! valeu pela explicação!

e tentando ajudar um pouco no tópico...
já adaptei lentes pentax na minha canon xti e a qualidade de imagem era excelente, em especial a pentax 50mm f/1.4. tive também uma nikon 50mm f/2 que rendia incríveis resultados. mas com o adaptador sem confirmação de foco no pentamirror da xti era realmente difícil de focar.
agora pra mexer com vídeo não posso falar, mas imagino que focar possa ficar mais tranquilo pelo lcd por manter uma boa luminosidade na cena.

mudar a abertura na lente é uma delícia ;)


Pomba

  • Trade Count: (10)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 335
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 30 de Junho de 2011, 13:29:29


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.398
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #12 Online: 30 de Junho de 2011, 15:58:27
aproveitando, se quiser comparar alguns resultados
no link, 28mm f1.8 vs 35mm f2, ambas na maior abertura
http://www.the-digital-picture.com/Reviews/ISO-12233-Sample-Crops.aspx?Lens=253&Camera=453&Sample=0&FLI=0&API=0&LensComp=122&CameraComp=453&SampleComp=0&FLIComp=0&APIComp=0

Valeu Pomba! adorei isso.... já tinha visto reviews dizendo que a 35mm seria melhor que a 28mm apesar de ser mais barata... mas nesse exemplo do link que mostrou fica bem claro a diferença....
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


Pomba

  • Trade Count: (10)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 335
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 30 de Junho de 2011, 16:33:44
:ok:
acho as vezes que o que falta na canon é uma prime clara que no sensor cropado fique equivalente a 50mm (ou quase)
a panasonic tem aquela 20mm 1.7 em 4/3 que é muito bacana
a nikon, 35mm 1.8 G
se essa 35mm f/2 tivesse full time manual focus e usm, como a 50mm 1.4 e a 28mm 1.8, já seria outra coisa


Mr. Hyde

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 16.575
  • Sexo: Masculino
    • Faceboock
Resposta #14 Online: 30 de Junho de 2011, 17:51:14
Hyde, um off-topic rápido para responder tua dúvida.

O número f na realidade é apenas uma medida física distância focal / diametro da iris. Lentes com numeros f iguais tendem a deixar passar a mesma quantidade de luz, mas isso não é verdade absoluta. Existem portanto lentes f/4 que deixam passar mais luz que outras lentes f/4. Isso é particularmente válido na comparação entre lentes primes e zooms, que por terem maior quantidade de elementos ópticos, acabam perdendo luz pelo caminho. Também é valido na comparação entre lentes com elementos especiais (fluorista, elementos asfericos) e lentes mais simples, onde mesmo tendo a mesma abertura, as lentes simples tendem a deixar passar menos luz em função das perdas internas.

O que mede a efetiva quantidade de luz que atravessa a lente é a transmissividade, medida pelo t-number que é mais utilizado em lentes de cinema onde qualquer variação de luminosidade entre um take e outro é claramente sentida e precisa ser muito bem controlada.

No dxomark existe um gráfico que mostra o efetivo t-number das lentes para o seu f-number máximo e também a diferença em EV entre f-number e t-number. Por exemplo, entre a 16-35 f/2.8L II e a 17-55 f/2.8, mesmo ambas tendo abertura máxima de f/2.8,  a 16-35 é algo em torno de 0.1EV mais clara que a 17-55. A diferença é irrisória, mas existe. Já nas lentes de custo mais baixo como as do kit essa diferença é maior e pode chegar próximo a 0.5EV. Na 18-55mm, em 55mm embora o f-stop seja f/5.6, o t-stop é t/6.7. Já o f/5.6 da 18-135mm em 135mm  corresponde a um t-stop de mais ou menos t/6.0, ou seja, mesmo ambas tendo abertura máxima de f/5.6 nas respectivas distâncias focais, a 18-135mm é 1/4 de ponto mais clara.

Mas de qualquer forma estas diferenças costumam ser insignificantes na prática, por isso que se adotou o f/number como padrão para identificar o quanto uma lente é clara, mesmo que não seja uma medida 100% precisa.


 :worship: :worship: :worship: :worship: :worship:
Off nada. Tá no cerne do questionamento do Luciano e acabou de matar uma dúvida que eu tinha. Quando a gente ouve (lê) as palavras certas de quem entende do riscado a coisa fica muuuito mais fácil. Finalmente descobri o que são os t-number!  :D
Eu até intuia que não batiam os f/stops, mas achava que era alguma relação havida entre diâmetro da abertura efetiva e diâmetro do elemento traseiro. Vá lá entender o porquê!!!  :shock:  :hysterical:
[Off-topic=mode on]Continua em aberto aquele convite![Off-topic mode off]

____________________
"Deus perdoe o Mal que habita em mim" M. Nova