Autor Tópico: CANON Ef-s 55-250 mm f/4-5.6 Is CoM PrObLeMa?????????  (Lida 2506 vezes)

dougberg

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 90
  • Sexo: Masculino
  • Aprendendo Sempre
Online: 02 de Agosto de 2011, 10:51:27
Oi pessoal,

Comprei semana passada uma  CANON Ef-s 55-250 mm f/4-5.6 Is , mas quando fui usa-la percebí que  na hora que mudo  objeto de foco principalmente em 250mm( estando próximo um obj. do outro, tipo meio metro) a lente dá um pulo e faz um som tipo "cleck"(escrever som é complicado). Mas dá um pulo mesmo, a imagem salta , dá a impressão que a lente está frouxa, solta. Em alguns momentos ela procura novamente o foco do inicio ao fim passando pelo objeto e voltando e se perde, aí tirando o dedo do disparador e precionando ao meio outra vez ela foca. Mas se voltar p/ o objeto anterior  ele dá novo "pulo" e "cleck" 
Falei com o vendedor e ele me disse que é assim mesmo que se eu desligar o IS ela melhora, que ela não tem USM e este barulho é normal. NÃO ME CONVENCÍ. 
Usando a minha 18-55mm do KIT comparei e não tem este "pulo"
ALGUÉM PODE ME AJUDAR A TIRAR ESTA DÚVIDA , ESTA LENTE ESTÁ NORMAL  OU ESTÁ "BICHADA"?????
Outra coisa esta lente é produzida na MALASYA,           Algum problema com isso ???

Obrigado,
conto com vocês
Canon EOS Rebel T2i / Sony DSC-H70 (p/ levar p/ pescarias)
Canon EF-s 18-55mm  F 3/.5-5.6 /
Canon Ef-s 55-250mm F/4.5-5.6 Is /
Canon EF 50mm Compact Macro F/2.5 /


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.251
Resposta #1 Online: 02 de Agosto de 2011, 11:29:06
O pulo é normal, o mecanismo de IS reposiciona os elementos internos e isso acaba alterando o caminho percorrido pela luz. Nas lentes de distância focal menor esse efeito é mais difícil de ser percebido. Não sei se é questão do foco ser USM ou não, a gente acaba se acostumando e nem nota mais. Minha 28-135mm IS que é USM realmente não lembro se "pula" ou não :) Só lembro do tal pulo da 55-250 porque quando a comprei também achei estranho, depois pesquisando vi que é normal.

Quanto ao barulho, também não posso afirmar, como eu falei antes, a gente acaba acostumando, mas acho que não faz barulho que seja muito audível não. Mas o ideal é ter outra lente igual para comparar, o nível de ruído muda de lente para lente. Na 28-135mm vc ouve perfeitamente o IS trabalhando, neste quesito a mais silenciosa sem dúvida é a 18-55mm.



Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


Mauro Luis da Cunha Machado

  • Trade Count: (7)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 363
Resposta #2 Online: 02 de Agosto de 2011, 11:31:37
   Eu tenho a dita e realmente faz um barulho quando ajusta o foco. como tâ,tâ,tâ, mas não pula e o barulho é contínuo, se for isso é normal. Estou usando bastante ela ao ar livre e tenho tido bons resultados. A minha também é Malasia. Vamos aguardar mais respostas, um abraço.


Mr. Hyde

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 16.575
  • Sexo: Masculino
    • Faceboock
Resposta #3 Online: 02 de Agosto de 2011, 11:52:55
O "cleck" não é o motor de foco chegando ao curso máximo para depois retornar e achar o ponto de foco???? Observe direitinho. Se o barulho se der no ponto máximo do movimento pela busca de foco é a trava de curso segunrando o giro da lente. Deve fazerbarulho tanto no início quanto no fim do curso, mas o som pode variar de acordo com as características físicas da trava (basta uma angulaçãozinha diferente para fazer um som diferente.

Meu irmão abriu a 55-250mm dele semana passada e tirou váriiiias fotos da operação. Vi a trava lá e ela segura o curso do foco na base da pancada mesmo. É na brutalidade!  :fight:

____________________
"Deus perdoe o Mal que habita em mim" M. Nova


dougberg

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 90
  • Sexo: Masculino
  • Aprendendo Sempre
Resposta #4 Online: 02 de Agosto de 2011, 16:33:17
Oi Mr,
Não , não é no final do curso ou no inicio para depois retornar não. Ele faz este som em qualquer parte do curso do foco. É só sair de um objeto para o outro, mesmo  (e principalmente) estando próximos um do outro que ele faz este som. Ele só vai até o fim e volta quando se perde , senão ele foca bem um e depois foca bem o outro sem problema (fazendo "cleck" "cleck" e dando o tal pulo)
O pulo é que me fez pensar que havia algum defeito :eek:, o som não é tão fora do aceitavel assim, apesar de não ter na minha 18-55mm.

Valeu :ok:
Canon EOS Rebel T2i / Sony DSC-H70 (p/ levar p/ pescarias)
Canon EF-s 18-55mm  F 3/.5-5.6 /
Canon Ef-s 55-250mm F/4.5-5.6 Is /
Canon EF 50mm Compact Macro F/2.5 /


dougberg

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 90
  • Sexo: Masculino
  • Aprendendo Sempre
Resposta #5 Online: 02 de Agosto de 2011, 23:10:26
Oi Mauro,
as nossas lentes são iguais , eu acho, comprei em São Leopoldo com vendedor que tu me indicou.
Não houve problema quanto ao vendedor, em relação ao "problema" na lente, ele se prontificou a me devolver a grana pois não tinha outra na hora(só em 30 dias), mas testou ela  e me disse que era assim mesmo. Eu vou tirar esta dúvida e qualquer coisa ligo p/ ele.

Valeu a indicação,  ótimo preço e o vendedor confiável!!!!!
Canon EOS Rebel T2i / Sony DSC-H70 (p/ levar p/ pescarias)
Canon EF-s 18-55mm  F 3/.5-5.6 /
Canon Ef-s 55-250mm F/4.5-5.6 Is /
Canon EF 50mm Compact Macro F/2.5 /


JQueiroz

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 293
  • Sexo: Masculino
  • Nas montanhas, caminhar... Nos mares, velejar..!
Resposta #6 Online: 03 de Agosto de 2011, 01:28:37
Não sei se é questão do foco ser USM ou não, "a gente" acaba se acostumando e nem nota mais. Minha 28-135mm IS que é USM realmente não lembro se "pula" ou não :)

AlexandreS...
Pô, Alexandre...  quem é "a gente"..?!
Ahhh, meu amigo, no meu equipamento eu noto tudo sim...  a minha 28-135mm IS, que é USM, igual à sua, não pula não...
Essa coisa de pulo, de cleck, etc e tal, com todo o respeito, é coisa de objetiva furreca que, infelizmente, a Canon produz e, quem não tem conhecimento, ou não tem $ifrão, emburaca no marketing, compra e depois fica reclamando.
As empresas mesmo professam: a propaganda é a arma do negócio. A vítima é...  :doh:
Um abraço.
JQueiroz.


DMZamora

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (6)
  • Colaborador(a)
  • *****
  • Mensagens: 3.301
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 03 de Agosto de 2011, 01:41:12
Citação de: JQueiroz
Essa coisa de pulo, de cleck, etc e tal, com todo o respeito, é coisa de objetiva furreca que, infelizmente, a Canon produz e, quem não tem conhecimento, ou não tem $ifrão, emburaca no marketing, compra e depois fica reclamando.

Em parte. É fato que a 55-250 é toda de plástico, e isto não ajuda muito (ou melhor, nada) nos quesitos silêncio e resistência. Porém, o "pulo" é inerente ao sistema IS da Canon e não tem relação com o fato de a lente ser cara ou barata. E a 55-250 tem uma excelente qualidade de imagem, sendo considerada a lente com melhor relação custo/benefício da Canon.
Daniel Zamora - Brasília/DF
Canon 7D Mark II/ EF-S 10-18 IS STM / EF-S 18-55mm IS / EF 24-105mm L IS USM / EF-S 55-250mm IS / EF 50mm f/1.8 II / YongNuo Speedlite YN-565EX x2 / YN-622C x3
Olympus OM-1 MD / Zuiko 50mm f/1.4 / Soligor 28mm f/2.8


RTFM!


JQueiroz

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 293
  • Sexo: Masculino
  • Nas montanhas, caminhar... Nos mares, velejar..!
Resposta #8 Online: 03 de Agosto de 2011, 02:00:58
Beleza, DMZamora.
Mas, honestamente, o IS da 28-135 não pula não.
Imaginemos a seguinte situação: vai que eu tenho Parkinson, a imagem treme aos meus olhos, câmera na mão, antes de eu pressionar o botão do disparador até a metade... então... após pressionado... a imagem desliza suave como uma pluma ante aos meus olhos, sem pulo nem cleck. É isso o que ocorre - suavidade - e, felizmente, eu não tenho Parkinson... só alguns tremores...  rsrsss...
Isso é como no caso dos binóculos Canon com IS... se o IS pulasse e fizesse cleck, todos os pássaros entrariam em vôo de debandada.
Bem, quanto à relação custoxbenefício da EF-S 55-250, sem maiores comentários, mas a falta do USM... é duro.
Um abraço.
JQ//.


DMZamora

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (6)
  • Colaborador(a)
  • *****
  • Mensagens: 3.301
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 03 de Agosto de 2011, 02:49:24
Bem, não sei se o "pulo" se manifesta em 135mm. Aqui, só reparo na existência dele nos 250mm, e são bem poucas as vezes em que é perceptível.

Quanto ao "clec", acredito que também se deva à maior distância focal (maior necessidade de movimento do IS) e ao corpo de plástico, dois fatores que não ocorrem na 28-135  :ok:
Daniel Zamora - Brasília/DF
Canon 7D Mark II/ EF-S 10-18 IS STM / EF-S 18-55mm IS / EF 24-105mm L IS USM / EF-S 55-250mm IS / EF 50mm f/1.8 II / YongNuo Speedlite YN-565EX x2 / YN-622C x3
Olympus OM-1 MD / Zuiko 50mm f/1.4 / Soligor 28mm f/2.8


RTFM!


Gustavo Hannun

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 219
  • Sexo: Masculino
    • Portifólio
Resposta #10 Online: 03 de Agosto de 2011, 08:56:30
Bem, não sei se o "pulo" se manifesta em 135mm. Aqui, só reparo na existência dele nos 250mm, e são bem poucas as vezes em que é perceptível.

Quanto ao "clec", acredito que também se deva à maior distância focal (maior necessidade de movimento do IS) e ao corpo de plástico, dois fatores que não ocorrem na 28-135  :ok:

O corpo da 28-135 não é de plástico?
A construção é melhor do que a da 18-135, por exemplo?


Mr. Hyde

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 16.575
  • Sexo: Masculino
    • Faceboock
Resposta #11 Online: 03 de Agosto de 2011, 09:32:08
Esse tópico tá ficando engraçado... Cheio de onomatopéia.

Seguinte... A 55-250 é uma lente simples. A construção dela não pode ser comparada com 28-135mm. De igaul forma, a suavidade dos mecanismos internos.
Se vcs tiverem oportunidade de ver uma 55-250mm por dentro vão ficar surpresos. Mesmo sendo uma coisa que vemos pouquíssimas vezes, dá pra perceber que a construção é simples. Os mecanismos são simples. As engrenagens idem. A trava do curso de foco é um cubo de metal que segura o giro na pancada. Os contatos elétrico/eletrônicos necessários para o giro são realizados na base da garra fincada na parede interna da lente num trilho de cobre. Quando ela gira a garra com 4 dedos gira junto e vai mantendo a conexão funcional. Aquilo deve fazer uma zoada da peste...
Em resumo, é tudo muito simples. E isso repercute no preço da lente. Quem compra ela sabe que não tá levando uma 'Luxury'.

Quanto ao pulo em si, pode ser várias distintas, inclusive mau funcionamento. Em tese, a lente não deveria pular, mas se a ocorrência não é rara, pode ser inerente ao funcionamento dela, mesmo sendo uma situação atípica.

Consertar uma lente dessas, por conta de uma característica como essa, nem sempre é vantajoso. Só para trocar o cabo flat da 55-250mm, aqui em SSA, tá R$140,00. Cada uma que decida, mas será que vale à pena??? Meu irmão resolveu fazer o serviço por conta própria.
Abç,

____________________
"Deus perdoe o Mal que habita em mim" M. Nova


Rocha BSB

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 1
Resposta #12 Online: 16 de Abril de 2016, 16:53:43
Boa tarde pessoal. Meu primeiro post e já com um problemão como esse...
estou com o auto foco da CANON Ef-s 55-250 mm f/4-5.6 Is sem funcionar. como sei se é o bendito flat cable?
Trocá-lo não é problema para mim pois já o fiz na minha EF 28-90mm. Só não quero abrir a lente de graça...

Saudações.  :ok:


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.091
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #13 Online: 16 de Abril de 2016, 18:17:25
Eu ia perguntar pro autor se ele desligou o IS só para testar mas vi que o topico é de 2011 :hysterical:
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs