Autor Tópico: Fotografia e Imagem  (Lida 860 vezes)

Alexandre Ricci

  • Trade Count: (31)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.070
    • Flickr Alexandre
Online: 03 de Outubro de 2011, 12:20:51
Não encontrei algum tópico discutindo essa questão, se tiver por favor me desculpem.

Estou começando com a fotografia, sou "hobbista iniciante" por assim dizer. Comecei a ler bastante e fiz um curso básico. No meu modo de entender, a fotografia sempre teve por objetivo reproduzir a realidade. Em vários olhares, em vários momentos, mas a realidade de cores e de formas traduzidas em imagem pela arte do fotógrafo.

Com o advento das tecnologias digitais, um novo horizonte se abriu e agora o infinito é o limite. Com isso, além da arte surgiu a necessidade de domínio tecnológico. Tenho percebido que não mais existe essa distinção. O trabalho fotográfico me dá a impressão clara que se tornou um conjunto de fotografia + edição de imagem (o que não deixa de ser um tipo de arte também). Mas me coloco diante de alguns questionamentos, como por exemplo o fato de uma pessoa ser excelente em edição ou pós-produção e não tão bom fotógrafo pode produzir imagens excelentes ao passo que um excelente fotógrafo que não domine a parte da edição não tenha tanto "brilho" em seu trabalho.

Sei que esse campo de opiniões é muito controverso e tem infinitos aspectos a ser considerados, mas estive pensando sobre essas coisas e gostaria de saber o que pensam os amigos foristas sobre isso.

Abraços


spiderman

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.410
Resposta #1 Online: 03 de Outubro de 2011, 12:37:51
Ichi, esse topico tem grande potencial para ser trancado. :)

Discordo de voce em algumas coisas:

1 - Fotografia nao serve para retratar a realidade. Trata-se apenas da visao DO AUTOR sobre determinada tematica.

2 - um mal fotografo e bom editor faz uma otima edicao em uma foto ruim.

3 - um bom fotografo e mal editor tira uma otima foto e faz uma edicao ruim descalorizando a foto que foi tirada.

Hoje em dia, um "fotografo digital" para ser completo, necessita saber o minimo de pos.
Campanha de crowdfunding pra lançamento do livro - Retratos pra Yayá

Acesse e apoie: www.catarse.me/retratosprayaya


Alexandre Ricci

  • Trade Count: (31)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.070
    • Flickr Alexandre
Resposta #2 Online: 03 de Outubro de 2011, 13:15:57
Olá spiderman, não entendi porque ser trancado, não quero criar polêmica, apenas ver as opiniões à respeito do assunto, para que eu (ou quem quiser) possa encontrar argumentos para entender melhor esse universo, só isso.  :ok:

Sobre o que você disse:
"Fotografia nao serve para retratar a realidade. Trata-se apenas da visao DO AUTOR sobre determinada tematica."

Não foi muito próximo do que eu disse? :
"...Em vários olhares, em vários momentos, mas a realidade de cores e de formas traduzidas em imagem pela arte do fotógrafo"

Mas é isso, a intenção é só aprender através dos vários pontos de vista.

Obrigado por comentar.  :)





spiderman

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.410
Resposta #3 Online: 03 de Outubro de 2011, 13:50:42
Olá spiderman, não entendi porque ser trancado, não quero criar polêmica, apenas ver as opiniões à respeito do assunto, para que eu (ou quem quiser) possa encontrar argumentos para entender melhor esse universo, só isso.  :ok:

Sobre o que você disse:
"Fotografia nao serve para retratar a realidade. Trata-se apenas da visao DO AUTOR sobre determinada tematica."

Não foi muito próximo do que eu disse? :
"...Em vários olhares, em vários momentos, mas a realidade de cores e de formas traduzidas em imagem pela arte do fotógrafo"

Mas é isso, a intenção é só aprender através dos vários pontos de vista.

Obrigado por comentar.  :)
Nao tem nada a ver com a sua postura, Alexandre. A busca pelo apredizado eh sempre valida. Eh mais uma questao historica mesmo. Alguns temas sao de natureza bastante polemica. As vezes os foristas se excedem. :ok:
Campanha de crowdfunding pra lançamento do livro - Retratos pra Yayá

Acesse e apoie: www.catarse.me/retratosprayaya


dondon

  • Trade Count: (5)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.287
  • Sexo: Masculino
    • Plínio Dondon
Resposta #4 Online: 03 de Outubro de 2011, 14:05:13
O assunto é polêmico mesmo, cada um interpreta de um jeito e tem uma visão diferente "da coisa".

Mas o importante é entender que a fotografia tem sim uma etapa de pós-produção mas ela não exclui o conhecimento e a habilidade na hora do clique. A princípio preocupe-se em conhecer a técnica fotográfica e sua linguagem. Suas necessidades de pós-produção vão aparecer naturalmente com o tempo.

Mais ou menos como disse o Spider, edição alguma salva foto ruim.

[]s


Alexandre Ricci

  • Trade Count: (31)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.070
    • Flickr Alexandre
Resposta #5 Online: 04 de Outubro de 2011, 04:19:22
Obrigado pelos comentários. Realmente não tenho uma opinião formada sobre o assunto, gostaria ter uma noção de como quem já vivencia esse mundo vê esta questão.

A nossa geração é muito interessante, pegamos uma época de "transição" tecnológica muito grande. Conhecemos as máquinas de datilografia e também os poderosos computadores de hoje, começamos a usar telefone quando era até uma coisa quase inacessível e agora toda criança anda com celular por aí... Quando surgiu o fax pra mim já era uma coisa fenomenal (pensava: como uma imagem pode passar por uma linha telefônica??) e hoje a internet está aí e podemos transferir toneladas de arquivos em segundos... Diferente dos mais jovens que quando nasceram muitas dessas tecnologias já haviam se popularizado como a informática e as cameras digitais, sendo isso uma coisa "natural" para eles, nós ainda precisamos "digerir" essa modernidade toda.

Adoro tecnologia, mas gosto de observar como ela se insere na nossa vida e não apenas assimilá-la como se sempre tivesse existido.  :ok:


Malheiros

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 876
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 04 de Outubro de 2011, 07:07:08
Fotografia sempre foi produção e pós-produçao (e dependendo da destinação, uma baita pré-produção tb, com em fotos publicitárias, etc.) Um filme simplesmente tirado de dentro da  cãmera não serve pra nada - e ainda acaba velando. Da mesma forma, um arquivo baixado da cãmera é apenas uam matéria-prima a ser trabalhada pra ser tornar apresentável.

Sinceramente gostaria de saber de onde veio essa idéia de que o arquivo "de dentro da máquina" é alguma coisa mais "pura", mais "genuína", mais "original", "autêntica", "imaculada"; não só nunca foi assim na história da fotografia, como revela um total desconhecimento da computação pesada que acontece na câmera para que se produza essa foto "autêntica".

Quanto se a pós-produção é "excessiva" ou não, depende dos objetivos da foto, da demanda e dos requisitos do cliente, etc. Se a garota que fez o book quer que tire as imperfeições da pele, o excesso de gorduras, conserte o cabelo, etc etc, então nada disse é  "excessivo", é apenas o cliente explicando qual é o produto que ela quer comprar. Então, não tem como impor essas coisas categoricamente. O que pode ser demais para VOCÊ (uma opinião pessoal, particular) pode ser exatamente aquilo que quer o CLIENTE (que é quem está pagando).
Sony SLT-α77  /  DT 16-50mm 2.8 SSM  /  DT 50mm 1.8 SAM  /  DT 55-200mm 4-5.6  /  HLV-F42AM

"Light illuminates, shadows define." - Ed Pierce

Sort of a portfolio: http://www.flickr.com/photos/63893359@N03/sets/


agalons

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.868
Resposta #7 Online: 04 de Outubro de 2011, 11:21:14
Ichi, esse topico tem grande potencial para ser trancado. :)

Discordo de voce em algumas coisas:

1 - Fotografia nao serve para retratar a realidade. Trata-se apenas da visao DO AUTOR sobre determinada tematica.

2 - um mal fotografo e bom editor faz uma otima edicao em uma foto ruim.

3 - um bom fotografo e mal editor tira uma otima foto e faz uma edicao ruim descalorizando a foto que foi tirada.

Hoje em dia, um "fotografo digital" para ser completo, necessita saber o minimo de pos.

Com digital e mas que necessario o pos tratamento, ja que a qualidade e inferior.
Hoje e um conjunto, imagem+ediçao= foto.
Antes com Slides (E6), nao existia nada de pos, era uma forma diferente de fazer o trabalho.
Um bom fotografo fazia um otimo slide, e pronto, era otimo.
Concordo totalmente com tua colocaçao.
abs.


Mr. Hyde

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 16.575
  • Sexo: Masculino
    • Faceboock
Resposta #8 Online: 04 de Outubro de 2011, 14:04:18
rsrs... De fato, o tópico tem potencial. Mas vamos exercitar o bom diálogo...rs

Alexandre, fotografia nunca retratou a realidade... Desde os seus primórdios sempre houveram meios de se 'modificar' a foto. É bem conhecida a história das manipulações existentes nas fotografias durante o regime comunista russo, após a revolução bolchevique, em que 'personas non gratas' eram apagadas dos registros históricos da época:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Falsifica%C3%A7%C3%B5es_de_fotografias_na_Uni%C3%A3o_Sovi%C3%A9tica
http://historiaporai.blogspot.com/2010/06/stalin-x-trotsky-e-nem-havia-photoshop.html
http://fotografiatotal.com/12-das-fotografias-manipuladas-mais-conhecidas-da-historia

Como se vê, manipulações sempre existiram e sempre existirão.

Ademais, a realidade não é congelada pela fotografia. Ela é retratada sob a ótica de UM DETERMINADO fotógrafo. Antes mesmo do clique, as configurações setadas na cam já influenciam na captura. Só aí, já há uma 'manipulação' prévia da realidade. Isso essa 'manipulação' pode se estender ainda mais com a escolha da DF, do ângulo de captura, da composição e, como já colocado anteriormente, da pós produção havida.
E tudo isso pode ser modificado, se ela - realidade - for retratada por OUTRO DETERMINADO fotógrafo.

Outra questão beeeem diferente é o limite de manipulação a que se pode submeter seu trabalho fotográfico. Isso evidentemente é muito mais uma questão subjetiva interna do fotógrafo com sua obra do que do observador. A nós, como observadores, cabe aceitar ou não a modificação introduzida. Se não aceitamos, de maneira geral, não gostamos e recusamos àquela foto o status de uma 'boa foto'. Ao inverso, se aceitamos, podemos gostar da foto e coloca-lá num nível acima de outras... Mas tb pode ser que mesmo aceitando a modificação não gostemos da foto, por outras questões como composição, luz, cena, tema, etc... O 'gosto' é influenciado por muuuitas coisas diferentes.

Agora, o fotógrafo deve pensar muito bem sobre as modificações que inserem em sua fotografia. O trabalho de pós, EMHO, deve ser realizado sempre, sob pena de se ter uma boa foto bruta com potencial inerente de ser uma grande foto, mas nunca realizado por não ter sido tratada. Ou, até, ter sido piorada por uma pós equivocada. Será sempre obrigação do fotógrafo acertar em sua pós? Penso que não. Existem muitos fotógrafos que terceirizam essa parte do trabalho. Um GRANDE fotógrafo só o será se aliar boa captura e boa pós. Se ele é bom com a captura mas não é de pós, acho correto ele terceirizar para conseguir um GRANDE resultado.

____________________
"Deus perdoe o Mal que habita em mim" M. Nova


xerem

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 119
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 04 de Outubro de 2011, 14:32:40
Pois é, a realidade varia para cada indivíduo, assim casa fotógrafo a interpreta de uma forma e suas fotos são essa interpretação, não existe certo ou errado.

Essa coisa de não modificar a realidade seria engessar a fotografia


Natão

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.273
  • Sexo: Masculino
  • "dichterisch, wohnet der Mensch auf dieser Erde"
Resposta #10 Online: 04 de Outubro de 2011, 14:34:20
até um pouco antes da metade do século XX a fotografia era tida como um espelho da realidade, como se não fosse possível escapar à verdade de imagem fotográfica. Hoje sabemos que não é bem por aí, mas a discussão sobre a ética fotográfica ficou muito mais aflorada a partir do advento da manipulação digital. Mas não significa que antes não existiam as fotos truncagem, como mencionado pelo Hyde.

Um coisa é certa, a foto hoje representa a realidade, mas não é nem de perto um espelho, ou qualquer coisa que se possa extrair do real.

esse livro conta algo interessante a respeito disso além de que é uma boa fonte para conhecimentos fotojornalísticos:

http://www.bocc.ubi.pt/pag/sousa-jorge-pedro-fotojornalismo.pdf


Mr. Hyde

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 16.575
  • Sexo: Masculino
    • Faceboock
Resposta #11 Online: 04 de Outubro de 2011, 20:08:44
O Natão toca numa coisa bem interessante... A foto "representa" a realidade. Não a retrata. A representação dessa realidade é, sob determinados aspectos/conceitos modificadora dessa realidade.

P. ex., uma foto que se utiliza de baixa velocidade para congelar o movimento de um carro e borrar o fundo, representa a realidade? Sim, mas a modifica sensivelmente. Ainda que nós, ao fazermos o movimento de olhar o carro passando em alta velocidade, tb percebamos ele nítido e o fundo borrado, a foto não vai retratar isso com exatidão.

Fora o fato de que o sentido da visão é um para cada indivíduo. Uma determinada realidade é percebida mentalmente de forma distinta por 2 pessoas distintas, ainda que colocadas lado a lado na observação dessa realidade.

PS: Natão, livro já baixado. Leio com calma depois. O material parece ser interessante, pelo índice. Valeu a indicação! Abç,

____________________
"Deus perdoe o Mal que habita em mim" M. Nova


Magro Costa

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.448
  • Sexo: Masculino
Resposta #12 Online: 04 de Outubro de 2011, 20:28:00
Sabe, até certo ponto tenho a mesma opinião que o AlexandreMT; ainda não vejo com muitos bons olhos uma pós edição, mas...

Uma opinião sobre o que disse o Malheiros, eu vejo assim; na minha humilde opinião de leigo, há pós edições e PÓS EDIÇÕES. O autor , ou seja la quem for, corrigir os erros da foto, (sim erros, pois se ela fosse perfeita, a meu ver não precisaria de pós edição) ate aceito, tudo bem. Agora como já citei aqui, o cara transforma o céu de azul pra rosa de bolinhas verdes e se diz autor? Pra mim que fez isso foi o programa de edição.
Repito, acho que entendo o que o AlexandreMT fala como titulo desse tópico, foto é aquilo que foi tirado da máquina e trabalhado um pouco no sentido de acertar (ou adequar) a imagem ao esperado. Agora cavalo alado voando no centro de São Paulo ou céu de bolinhas, é imagem feito com computação e não fotografia.
Pelos menos é assim que eu acho.

Abraços povo!


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.250
Resposta #13 Online: 04 de Outubro de 2011, 21:53:59
A questão é... O que é pós-produção ??????

Não existe fotografia digital sem pós-produção, a fotografia digital é apenas um mosaico de quadrados verdes, vermelhos e azuis. A pós sempre existe, seja feita pela própria camera seguindo os parâmetros do fabricante, ou feita pelo fotógrafo, seguindo os seus próprios parâmetros.


Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


Malheiros

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 876
  • Sexo: Masculino
Resposta #14 Online: 05 de Outubro de 2011, 07:27:40
"Uma opinião sobre o que disse o Malheiros, eu vejo assim; na minha humilde opinião de leigo, há pós edições e PÓS EDIÇÕES. O autor , ou seja la quem for, corrigir os erros da foto, (sim erros, pois se ela fosse perfeita, a meu ver não precisaria de pós edição) ate aceito, tudo bem. Agora como já citei aqui, o cara transforma o céu de azul pra rosa de bolinhas verdes e se diz autor? Pra mim que fez isso foi o programa de edição."

Magro, não falei nada sobre o cara se dizer "auteur" ou coisa parecida. O lance é: se o objetivo da foto requer um céu rosa com bolinhas verdes, se o cliente, o diretor de arte da campanha, etc, que que seja assim, então que assim seja. De repente o "auteur" diz que o céu rosa é uam representação da psicologia ingênua de uma adolescente e as bolinhas verdes sejam a intrusão da dura realidade da família disfuncional vegetariana dela. E aí, vai-se responder o que a isso? ;)

Falando sério, acho que tem uam preocupação excessiva em se DITAR regras, exigências, pré-requisitos, decálogos, portarias, instruções normativas pra definir "o que é fotografia", "o que é pós", "o que é arte", em vez de simplesmente deixar os profissionais se movimentarem, atenderem os clientes, entregarem o que foi contratado e faturarem. Ou, se o cara é hobbista, deixar que ele siga o próprio gosto, Agora, para profissionais ou hobbystas, acho muito mais jogo estudarem regra de terços, composição, teoria das cores, etc., do que se engajarem nesse tipo de discussão.

"Agora cavalo alado voando no centro de São Paulo ou céu de bolinhas, é imagem feito com computação e não fotografia.
Pelos menos é assim que eu acho."

Como diz o filósofo: "Se vc acha que sabe o que é melhor para os outros, lembre-se: os outros podem começar a achar que sabem o que é melhor pra vc".
Sony SLT-α77  /  DT 16-50mm 2.8 SSM  /  DT 50mm 1.8 SAM  /  DT 55-200mm 4-5.6  /  HLV-F42AM

"Light illuminates, shadows define." - Ed Pierce

Sort of a portfolio: http://www.flickr.com/photos/63893359@N03/sets/