Autor Tópico: Porque o ampliador para ampliação colorida tem que ter filtros C M Y  (Lida 1035 vezes)

Eliezer Teodoro

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 5
  • Sexo: Masculino
 :aua: Essa duvida ta me deixando louco!!  alguem me explique isso por favor,  Exemplo<   Temos um objeto amarelo, fotografamos ele com filme colorido, sabemos que o amarelo e a mistura de vermelho e verde, o vermelho formara no filme pigmentos ciano, o verde formara pigmentos magenta, da mistura do ciano com o magenta teremos a cor azul que formara no papel fotografico pigmentos amarelos...  se é assim que funciona porque se torna necessario o uso desses filtros entre a luz do ampliador e o negativo, porque,  :ponder: :shock:


joseazevedo

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 588
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/jerazevedo/
Resposta #1 Online: 14 de Outubro de 2011, 01:59:45
Oi Eliezer.

Resposta rápida e básica, que vai permitir a você procurar com mais foco respostas mais profundas para suas questões quase existenciais:

FILME NEGATIVO = 3 camadas de corantes = CMY (o K [preto] é formado pela soma das 3 cores). Ele é NEGATIVO pois fica na gelatina os corantes que NÃO foram sensibilizados pela luz. Por isto, precisa que o papel seja... POSITIVO

O PAPEL para filme colorido é em 3 camadas de corantes (RGB) + a base branca. Praticamente um slide com um papel atrás. Estamos devolvendo as cores (positivas) a partir de um filme NEGATIVO. Os filtros são usados para compensação e regulagem fina das cores (saturaçnao, tons, etc.).

Conclusões:

- a vida é RGB.

Porque o filme mais comum é o negativo?

- porque papel para revelação de filmes positivos (slides ou cromos como também são chamados) é mais complicado e caro de se fazer.

Na web você encontra explicações mais técnicas se você quiser se aprofundar.

Espero ter ajudado um pouco a iluminar suas dúvidas.

Abs,

José Azevedo