Autor Tópico: Evoluindo (Compacta -> Reflex)  (Lida 2010 vezes)

robsonferr

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 1
Online: 20 de Janeiro de 2012, 14:56:10
Fala pessoal, tudo certinho ? Novato no fórum, pentelhando eheheh

Então, chegando a hora de evoluir do mundo compacto para as Reflex, chegam também as dúvidas  do que comprar. Vamos lá...

Atualmente, possuo uma Canon SX120IS, uma ótima compacta, já consegui vááárias fotos boas com ela. Fácil de mexer, muitos controles manuais e tal, uma boa distância focal (para compactas). Porém, já não me atende mais para expandir meus horizontes fotográficos.

Quero começar alguns "trabalhos" meio amadores, meio hobbista e tal, e ir evoluindo para o lado profissional. Minha idéia são fotos de esportes, como skate, patins, automobilismo... alguns encontros de clubes de carros, e por aí vai.  Uma vez ou outra, algum vídeo. Mas foco principal em fotos.

Outra coisa que pesa também, indo agora para o lado pessoal, são fotos com pouca luz (tipo restaurantes, shows, bares, etc). Estas seriam mais esporádicas, pq não da pra ficar levando uma Reflex pra cima e pra baixo toda hora né ahahhaaha

Aí vem as dúvidas: pelo que li e re-li (reli ? caiu o hifen ?  :ponder: ), pensei nas seguintes opções:

1. Canon T2i com o kit 18-135mm (ou 18-55mm, mais abaixo explico) + Ef 50mm F/1.8.
2. Nikon D5100 com kit 18-105mm (ou 18-55mm, mais abaixo explico) + 35mm F/1.8g Af-s Dx

Estou pendendo mais pra Nikon, que vi que a qualidade de fotos é um pouco melhor. Porém vi alguns falando que a "pegada" dela é menos ergonomica.

Agora, o problema maior está nas lentes, isto está me deixando doido de dúvida: para iniciar, com os objetivos que tenho de fotos, os kits 18-55mm dão pro gasto ?? A nitidez, efeitos desfoque (sou fã de efeito bokeh, adoro fazer ehehee), velocidade etc, acham que vale a pena pra iniciar com este kit, e guardar uns meses pra pegar depois uma lente melhor ?

Pergunto isto, pois a diferença de preço é grande, e para iniciar tenho medo de pegar uma lente 18-105mm (sabendo que é melhor) e ficar um tempo sem comprar novas lentes. Enquanto poderia iniciar com 18-55 e em poucos meses de aprendizado com a camera, subir pra uma 18-105mm ou outra mais top.

E ae, que me dizem ??

Valeu

------------------------------------
Robson Ferreira
« Última modificação: 20 de Janeiro de 2012, 14:58:43 por robsonferr »


Mr. Hyde

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 16.585
  • Sexo: Masculino
    • Faceboock
Resposta #1 Online: 20 de Janeiro de 2012, 15:03:18
Se precisa de foco rápido nenhuma das 2 vai atender.
Se precisa de Hi-ISO excelente, nenhuma das 2 vai atender.
Se gosta de desfoque, qualquer uma das 2 lentes citadas estão muito bem escolhidas.

____________________
"Deus perdoe o Mal que habita em mim" M. Nova


C. Ferrari

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.021
  • Sexo: Masculino
  • Em busca de conhecimento, sempre.
    • Trabalhos
Resposta #2 Online: 20 de Janeiro de 2012, 15:06:56
Perfeita a análise.


A D5100 é muito mais camera... o interessante (se a grana permitir) é pegar a 18-105 que é uma lente boa pra começar... e ai a 35mm f1.8


A qualidade melhor não se limita apenas nas fotos, o corpo da D5100 é muito mais robusto e a qualidade ótica Nikon também supera.


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.504
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #3 Online: 20 de Janeiro de 2012, 16:55:05
O fato é qualquer uma das duas vai te atender muito bem por um bom tempo pelo enorme abismo que existe entre elas e a SX120IS... Se você diz que fez ótimas fotos com ela, vai se surpreender quando pegar uma Reflex. Falo isso porque já tive uma que acabei passando pra minha mãe.

Recomendaria sem medo T2i com 18-55 + 50mm 1.8..... Tenha certeza que você não irá se arrepender. O máximo que pode acontecer é você gostar da coisa e daqui um tempo querer comprar mais lentes... A lente 18-135 não é tão melhor que a 18-55, só mais prática pelo alcance que ela proporciona. Eu preferiria pegar depois uma 28-135 ou 17-85...

Não recomendo Nikon simplesmente porque sou usuário Canon e onde compro sempre tem mais disponiblidade e variedade de "acessórios" .. Mas se comprar Nikon ficará satisfeito também. E não acho que tem essa da Nikon ter fotos melhores que Canon.


fernandosvieira

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 323
  • Sexo: Masculino
    • Instagram
Resposta #4 Online: 20 de Janeiro de 2012, 20:27:42
Essa de Nikon x Canon é igual a futebol e religião não tem fim nunca a discussão.


Eu iria de D5100 sem pestanejar, é bem mais robusta que a T2i apesar de ser as duas de entrada.
EOS-R e Canon 80D(a venda) 24-105mmf/4L IS II (a venda) - 70-200mm f/4L - 17-40mm f/4L - 24-70 f2.8L II e mais um monte de treco.
https://www.instagram.com/fernandosvieira/


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.251
Resposta #5 Online: 21 de Janeiro de 2012, 09:53:02
Alguém poderia me explicar porque e baseado em que a D5100 é bem mais robusta que a T2i ????  :ponder: :ponder: :ponder:  Por favor, sem respostas do tipo "o plástico da Nikon é melhor".
« Última modificação: 21 de Janeiro de 2012, 09:54:08 por AlexandreS »

Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


Natão

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.273
  • Sexo: Masculino
  • "dichterisch, wohnet der Mensch auf dieser Erde"
Resposta #6 Online: 21 de Janeiro de 2012, 10:00:49
Alguém poderia me explicar porque e baseado em que a D5100 é bem mais robusta que a T2i ????  :ponder: :ponder: :ponder:  Por favor, sem respostas do tipo "o plástico da Nikon é melhor".

O povo só fala besteira...

Mas é claro que nesse caso a D5100 é melhor pelo fato de que tem um sensor com uma capacidade um pouco melhor (coisa que só se nota em situações impraticáveis), tem divisões em iso em 0.3EV, tem LCD móvel.

A comparação mais justa aí seria com a T3i, até mesmo pelo preço.
« Última modificação: 21 de Janeiro de 2012, 10:01:41 por Natão »


fernandosvieira

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 323
  • Sexo: Masculino
    • Instagram
Resposta #7 Online: 21 de Janeiro de 2012, 20:59:12
O povo só fala besteira...

Mas é claro que nesse caso a D5100 é melhor pelo fato de que tem um sensor com uma capacidade um pouco melhor (coisa que só se nota em situações impraticáveis), tem divisões em iso em 0.3EV, tem LCD móvel.

A comparação mais justa aí seria com a T3i, até mesmo pelo preço.

2x
EOS-R e Canon 80D(a venda) 24-105mmf/4L IS II (a venda) - 70-200mm f/4L - 17-40mm f/4L - 24-70 f2.8L II e mais um monte de treco.
https://www.instagram.com/fernandosvieira/


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.251
Resposta #8 Online: 21 de Janeiro de 2012, 22:26:14
Também acho que a D5100 tem algumas coisas melhores, como o sensor, e outras piores, como a questão do motor de foco. Na realidade, como tem preços diferentes também, acho que a disputa é válida. Na realidade, para uso amador nem o sensor, nem a questão motor de foco irá fazer muita diferença e com qualquer uma das câmeras muito bem servido. Vai do gosto de cada um e, se tiver amigos que usam DSLR, é bom verificar que marca eles usam para facilitar a troca de equipo e de experiências.

Agora essa de robustez é a mais pura bobagem, ambas são de plástico e tem robustez suficiente para qualquer uso amador e nem tão amador assim. Vira e mexe aparece alguém no fórum falando isso.  :assobi:

A propósito, essa questão de ISO em 1/3 de ponto é uma coisa que nunca me chamou a atenção porque, segundo uma discussão antiga aqui do MF, os ISO's fora dos pontos base são incrementos via software (assim como os modos extendidos), então não vale a pena usá-los. Realmente não tenho certeza sobre isso e até vale uma discussão, mas por via das dúvidas na 60D deixo o ISO setado apenas para os pontos cheios, ISO fracionado apenas nas raras situações em que uso Auto ISO.

PS: Off-topic, mas para corroborar, um artigo do Dpreview sobre isso

"In digital photography, increasing ISO is increasing the level of amplification to the signal that sensor has received, and base ISO is simply leaving that signal free of any additional amplification. Amplification is either done by hardware (or sometimes called analog) or by software. Canon APS-C SLRs are only capable of hardware amplification at full stops, e.g. ISO 200/400/800 etc. 1/3 and 1/2 stop increments are done by in camera software and you can achieve the same effect in post processing."

http://www.dpreview.com/articles/0206161199/an-in-depth-discussion-of-m-auto-iso-for-canon-slrs

Pelo que foi discutido no tópico que referenciei, com as Nikon é a mesma coisa.

« Última modificação: 21 de Janeiro de 2012, 22:42:25 por AlexandreS »

Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


pedro_raythz

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.469
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 21 de Janeiro de 2012, 22:43:28
A propósito, essa questão de ISO em 1/3 de ponto é uma coisa que nunca me chamou a atenção porque, segundo uma discussão antiga aqui do MF, os ISO's fora dos pontos base são incrementos via software, então não vale a pena usá-los.

Alexandre, acredito que apenas os ISOs "Hi" e "Low" (expandidos) são incrementos via software, os intermediários seriam também?  :shock:



Depois vou fazer uns testes...
« Última modificação: 21 de Janeiro de 2012, 22:44:54 por pedro_raythz »


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.251
Resposta #10 Online: 21 de Janeiro de 2012, 22:58:00
Pedro, pelo que me lembro da discussão aqui no fórum, sim, e o artigo que citei fala exatamente isso.

Tinha escrito aqui mais algumas considerações, mas como não tenho certeza, editei.

Na verdade, nunca testei, mas como na discussão haviam vários "feras" aqui do MF e esta teoria era corroborada por artigos da Internet, apenas aceitei  :ok:


« Última modificação: 21 de Janeiro de 2012, 23:07:01 por AlexandreS »

Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


pedro_raythz

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.469
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 21 de Janeiro de 2012, 23:42:38
Fiz um teste rapidamente aqui de qualquer jeito... se forem verificar no exif, todos constam como ISO800, é porque eu sobrepus todas as imagens como layer no PS rs
Não postei o ISO800 e ISO1000 porque ficaram superexpostas (fotografei em Av) e fiquei com preguiça de  refazer (e sem tripé não ia conseguir enquadrar direito)











Natão

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.273
  • Sexo: Masculino
  • "dichterisch, wohnet der Mensch auf dieser Erde"
Resposta #12 Online: 22 de Janeiro de 2012, 08:25:22
Bom, com relação ao iso em 0.3EV ser controlado via software eu não sei, mas que eles ajudam ajudam e muito. Os isos que mais utilizo são exatamente os quebrados: 320 - 640 e 1250.


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.251
Resposta #13 Online: 23 de Janeiro de 2012, 15:59:05
Pedro para fazer o teste corretamente, teria que fazer em modo manual, em ISO parcial e em ISO base, e depois puxando a do ISO base por software pra ver se o resultado fica igual.

Mas é completamente off-topic :)

Natão, concordo que é prático, mas se é por software, não faz muita diferença. Ao invés de fotografar em ISO 640, fotografe em ISO 400 deixando um pouco subexposta e depois puxe na conversão do RAW, vai dar a mesma coisa. Eu por prática já sei, olhando no visor, se uma foto subexposta pode ser recuperada sem gerar muito ruído. Mas é questão de prática e gosto, vc gosta, a mim não faz falta, na 60D que tem a opção de ISO parcial sempre uso na opção de usar somente ISO's inteiros justamente para usar apenas amplificação por hardware.


Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


Jean Chad

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.045
  • Sexo: Masculino
    • Flickr Jean Chad
Resposta #14 Online: 23 de Janeiro de 2012, 17:36:18
Vamos lá...

Tanto o ISO nativo como o intermediário é feito via hardware. A diferença está no processo.

O ISO cheio nativo é o que a câmera entende como natural e o ISO intermediário tem uma diferença de 1/3 na exposição para cima ou para baixo, isso é feito por hardware e compensado pela medição de zonas da cena. Normalmente é consenso que +1/3 causa redução do dynamic range e -1/3 causa um overmetering  associado à clippings. Mas nada que uma boa medição ajude a melhorar. Mas normalmente o pessoal prefere falar que é por software ou "interpolado" para não dar maiores explicações.

Mas com certeza é melhor usar ISO cheio.

Nas câmeras da série 1 o ISO intermediário não sofre diferença de exposição pois as mesmas tem um segundo circuito de amplificação especialmente projetado para essa tarefa.