Autor Tópico: Venda de fotografias na Rua  (Lida 3002 vezes)

Razad

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.875
Online: 24 de Junho de 2012, 17:38:21
Pessoal queria saber como anda esse mercado, se alguém ja tentou se aventurar no ramo, quando eu era menor eu via muito mais isso, tinham aqueles varais de fotografias, em que você passava e comprava uma foto bonita, geralmente com imagens da cidade, em Montevideo quando eu passei tinham muitos artistas que pintavam a mão e vendiam suas gravuras, aqui não sei como anda esse mercado.

Alguem aí ja se aventurou em tirar fotografias boas da cidade e vender em alguma banca de rua ou galeria de rua? Eventos culturais ou algo do tipo? Eu acho um meio muito mal explorado aqui no brasil, o pessoal não costuma ver fotografia como algo de valor pq vendemos em maior parte o nosso serviço e não nosso resultado. Mas se imprimirmos nossas melhores fotos em formato grande (20x30) por exemplo, e colocarmos a venda em algum lugar de grande circulação(praças, galerias)?

To delirando aqui será?
Adilson Junior - Joinville-SC
https://www.flickr.com/photos/adilsonpjr


mad666

  • Trade Count: (31)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.828
  • Sexo: Masculino
  • "Aprendendo a cada dia..."
Resposta #1 Online: 25 de Junho de 2012, 00:30:10
Tem uma praia aqui em minha cidade ( Natal-RN ) em q ha muita venda de quadros e artesanato, mas nao, fotos! Percebi isso agora q vc falou...

Dentro de shoppings, num quiosque ou exposiçao, acho q ficaria legal. Mas numa praça???? Sem querer ser preconceituoso, mas acho muito cameló pro meu gosto...
"Um dia, crio coragem e me torno profissional!"

Duvidas!!!??? Agora, nada de mensagem pessoal. Use o forum!!!!


FeLopes

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 610
Resposta #2 Online: 25 de Junho de 2012, 00:47:07
Fotos eu vejo em quiosque de shopping, mas pra dizer a verdade, acho que a maioria são aquelas que você paga 1 dolar pelos direitos em site de stock pile ! Isso quando não são copyleft !

Hoje, quem ganha dinheiro com fotografia não é fotógrafo, é empresário !


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.910
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 25 de Junho de 2012, 07:46:40
Essa idéia é bonita, romantica...
Não sei em outros lugares, mas aqui em Maringá o povo vê o fotógrafo como o "cara que fotografa por R$250,00 o evento". Antigamente, fizemos isso no foto em que trabalhava, saí com a camera, fiz muita foto bacana da cidade, e revelamos pra vender.
O povo olhava as fotos, achava lindo, mas na hora de pagar...

"O que cinco reais por uma foto da catedral? Mas pra revelar é sessenta centavos!"

Aí, desistimos, e compramos um lote de cartão postal...


Razad

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.875
Resposta #4 Online: 25 de Junho de 2012, 21:04:21
É então se confirma o que eu estava pensando, isso tende a acabar provavelmente....
Adilson Junior - Joinville-SC
https://www.flickr.com/photos/adilsonpjr


MarioNeto

  • Trade Count: (16)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 699
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/mariofreitasneto/
Resposta #5 Online: 26 de Junho de 2012, 22:51:25
Vi a história de um casal de fotografos cicloturistas que rodaram o mundo de bike vendendo fotos por aí, acho que em certos lugares é viável sim!  :ok:


vrsilva

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.805
  • Sexo: Masculino
    • Vinícius Ribeiro.
Resposta #6 Online: 28 de Junho de 2012, 13:04:44
Eu acho que isso é muito da cultura brasileira, ou melhor da falta dela, a obsessão pelo imediatismo, e falta de reconhecimento sobre determinadas profissões e até mesmo arte, gera esse tipo de coisa, todo mundo idolatra as pinturas de um grande artista internacional, um fotografo reconhecido mundialmente, ou um diretor de cinema, o que quer que seja, musicos, e por essa idolatração acabam desmerecendo e até pensando que ninguém tem capacidade de fazer igual e muitas vezes melhor que esses famosos.

As pessoas falam que custa caro 5 reais numa foto, e compara o preço da foto com a da revelação, mas ela se esquece que para tirar a foto tem que ter tempo para ir no local, tem que ter maquina apropriada, tem o conhecimento de quem estudou a cena, e ainda o melhor horario para captar a imagem como queria, as pessoas pensam que fotografos, andam nas ruas com as maquinas nas mãos tirando foto de tudo de qualquer maneira, muitas vezes o fotografo faz uma bela imagem sem estar preparado para tal, quando ele menos percebe imagina uma cena e monta ela, estuda, e muitas vezes não é feita ali na hora, tem que voltar outro dia para pegar o melhor horario, ainda tem o clima que influencia no resultado, não é só ir lá e apontar a maquina para a catedral e bater...

Esse é um ponto negativo que na MINHA opinião as cameras digitais trouxeram para os consumidores, a desvalorização do fotografo, pois o leigo acha que só porque ele tem uma maquina de 5mil reais que o fotografo faz fotos boas, e ainda chegam a pensar que se ele pegar a mesma maquina faz igual...
Quando era filme, não tinha como ver o resultado final e isso dava um desconforto para quem não sabia o que estava fazendo, não tinha como corrigir nem saber se estava errado, a não ser pela experiencia, aí os leigos deixavam para os profissionais se encarregarem, hoje com digital eles acham que qualquer um faz bonito...
Vinícius Ribeiro
http://www.flickr.com/photos/vrsilva85/
----------------------------------------------------------------------------------
Canon 350D 18-55mm f3.5/5.6
Yashica Electro 35 GTN 45mm/f1.7


mad666

  • Trade Count: (31)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.828
  • Sexo: Masculino
  • "Aprendendo a cada dia..."
Resposta #7 Online: 28 de Junho de 2012, 14:18:20
Esse é um ponto negativo que na MINHA opinião as cameras digitais trouxeram para os consumidores, a desvalorização do fotografo, pois o leigo acha que só porque ele tem uma maquina de 5mil reais que o fotografo faz fotos boas, e ainda chegam a pensar que se ele pegar a mesma maquina faz igual...
Quando era filme, não tinha como ver o resultado final e isso dava um desconforto para quem não sabia o que estava fazendo, não tinha como corrigir nem saber se estava errado, a não ser pela experiencia, aí os leigos deixavam para os profissionais se encarregarem, hoje com digital eles acham que qualquer um faz bonito...

Negativo para nós, fotografos amadores e profissionais. Para eles, amadores com suas saboneteiras, democratizou a fotografia.

Jah disse aqui, q a distancia entre a fotografia amadora e profissional, nos anos 80, era bem maior q agora, na decada de 10 desse seculo. Minha Yashica MG-3 com filme Sonora ASA 100,fazia fotos sofriveis em 1994, e as Canon, Zenit, Nikons tipo SRL com filmes bons de 35mm faziam excelentes fotos com a tecnica correta.

Hj, a galera com a sua Sony W570 obtem resultados satisfatorios ( teoria do "bom o bastante", q jah jah vou explicar... ) e a minha D7000 tem imagem pior q uma Nikon FM com Velvia 50. E agora, José!!!!????? Sobrou nós nos diferenciarmos na composiçao, na pós minuciosa e de bom gosto, discurso, criatividade,...

"Bom o Bastante" eh um conceito atual q denota q o .mp3 de 128 a 196kbps eh "bom o bastante", fazendo o usuario final nao precisar mais do CD, mesmo este com melhor qualidade sonora. O arquivo de video em .avi ( Dvix e Xvid ) eh "bom o bastante" e fazendo o usuario final nao procurar o DVD, q tem os menus, extras e mais qualidade de imagem. A fotografia amadora tb tem desse conceito entranhado: Para registrar o momento, uma camera amadora operada pelo usuario eh "bom o bastante" para o resultado final q ele espera, ficando o fotografo profissional reservado para as ocasioes mais especiais como casamentos, batizados, festas caras e etc...
« Última modificação: 28 de Junho de 2012, 14:20:22 por mad666 »
"Um dia, crio coragem e me torno profissional!"

Duvidas!!!??? Agora, nada de mensagem pessoal. Use o forum!!!!


Elaine Gonçalves

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 2
  • Sexo: Feminino
    • Portfolio Virtual
Resposta #8 Online: 01 de Julho de 2012, 23:14:19
Realmente esse é um tema um tanto escasso aqui no Brasil. Ainda há alguns poucos artistas de rua que procuram vender suas pinturas, mas Fotografia, pelo menos aqui em minha cidade, Recife, ainda não cheguei a ver. Como falou nosso amigo vrsilva há uma carência de cultura artística em nosso país, o que gera desvalorização seja da Pintura, do Artesanato e mais ainda da Fotografia. As novas tecnologias, não só câmeras digitais, mas também celulares, Iphones, entre outros equipamentos de captura de imagens tem se espalhado de forma crescente e dado cada vez mais a impressão às pessoas de que fotografar é algo que qualquer um pode fazer, não distinguindo um simples capturar de uma imagem de forma aleatória de uma fotografia pensada e muitas vezes criada primeiramente na mente do fotógrafo, que só então põe em prática suas ideias. É uma pena que em nosso país não se dê o valor e a importância correta às manisfestações artísticas, sejam elas quais forem. Seria muito importante, que fosse inserido no Ensino regular contéudo artístico, como Música, Fotografia, Cinema, etc, mas de forma séria, com uma boa qualidade. Infelizmente quando se trata de Educação o Brasil ainda tem um longo caminho pela frente...


vrsilva

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.805
  • Sexo: Masculino
    • Vinícius Ribeiro.
Resposta #9 Online: 02 de Julho de 2012, 11:54:52
Acontece que as pessoas não sabem nem se tocam, que cameras compactas, ou melhor... qualquer maquina fotografica que não seja para uso profissional, são meras registradoras de momentos... não que isso seja ruim... pelo contrario... é ótimo, maravilhoso ter uma maquina no bolso para poder registrar uma cena imperdível... pois não da para sair andando nas ruas nem com uma t3 ou uma nikon d3100, quem dirá com uma mais pro...
A questão que eu quero dizer não é que cameras como as citadas t3 e d3100 sejam somente para uso profissional, muito pelo contrário, alias tem muito amador fazendo melhor que profissional e isso não se discute. A questão é que com essa grande expansão que as maquinas digitais trouxeram acabou deixando a imagem que com uma maquina boa qualquer pessoa tira foto boa, ou seja, cade o conhecimento? Cade a experiencia de um fotografo de decadas?

Os brasileiros esquecem muito rapidamente as coisas do passado, estou falando no geral, da grande massa da população, a massa que é manipulada pela mídia... Essas pessoas não querem saber de nada... antes achavam chato ficar tirando fotos, e revelar, as vezes a foto saia ruim, não tinha como saber se ia ficar bom... aí toda familia tinha um "fotografo"... Mas mesmo na época do filme as maquinas mais simples eram verdadeiras point-and-shot... ou seja mira e dispara... a maquina se encarregava de tudo, desde que vc respeitasse a distancia minima...

E as fotos mais "PRO" ficavam para quem realmente entendia e tinha equipamentos para tal... hoje com as maquinas digitias.. .a grande massa acha que com uma maquina tipo uma SZ, possa fazer fotos "profissionais".

Sexta passada agora fui numa festa, e é incrivel, tinha um casal com uma SZ da Sony, nada contra, mas é engraçado ver como a postura da pessoa muda operando uma maquina daquelas, ela se sente, mesmo não sabem lhufas do que tem na mão, só apertando o botão de disparo e o flash estourando toda a foto... eu ri muito por dentro... Como falei nada contra, mas a pessoa se sente...

É esse o ponto negativo que na minha visão de leigo as digitais trouxeram... claro que o ponto positivo é que muita gente pode experimentar e tentar se aprofundar... mas a maioria não sabe nem o que é obturador... cortina... quem dirá ASA...

Aqui em sorocaba tem uma menina que estava fazendo ensaios fotograficos para casais, minha noiva queria fazer, pois 80 reais estava um preço chamativo... entrei no blog dela e logo vi ela com uma nikon d3100.. nada contra, como disse tem gente que faz lindas fotos com cameras basicas, isso não quer dizer nada... mas a questão de ver a foto é que, logo percebi que ela não tira nem 20% do potencial da maquina... ou seja a impressão que dá é que ela quis ser fotografa, comprou uma maquina de 2 conto, e se auto-entitulou fotografa, e o pior as pessoas acreditam... mas olhando as fotos dela logo se percebe a falta de experiencia em conduzir os modelos, e pior que isso, em conduzir a camera... não saber usar o equipamento que tem... vi fotos razoaveis e fotos boas, mas poucas... não me agradou... isso que não sou pro nem nada, nem maquina eu tenho, só tenho meu Nokia N95 para fotos digitais, e me aventuro na minha yashica electro 35 gtn... e na yashica fxd com lente 50/1.7 do meu pai... na maioria das vezes eu acerto... falta aprender a compor melhor, mas a maquina nunca foi um problema para mim, pois desde criança meu pai tem essa maquina e já usei muito ela... e ainda sou um jovem gafanhoto aprendendo com o mais velhos...

Mas é isso aí... o caminho é insistir...
Vinícius Ribeiro
http://www.flickr.com/photos/vrsilva85/
----------------------------------------------------------------------------------
Canon 350D 18-55mm f3.5/5.6
Yashica Electro 35 GTN 45mm/f1.7


Leo.Amaral

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 75
Resposta #10 Online: 02 de Julho de 2012, 18:19:57
Fazendo uma analogia entre câmeras e carros.

Você dirige um carro, básico. Sente falta do ar condicionado, mas sabe que não tem dinheiro para comprar um com ar, pois além do ar, precisa de mais motor. E o ar nunca vem só nos kits das fábricas.

Mas o carro te leva onde você quer, tem manutenção baixa  e vai levando. Sonha em ter um carro melhor? Sim, mas não dá.

Aí você melhora de emprego e compra um carro completo, automático, muito confortável. E se esbalda com ele.

Um dia você perde o emprego e tem que voltar ao carro básico.

Somente neste dia irá perceber o quanto o básico é ruim.

Bem, voltando à fotografia: se não há como comparar, como as pessoas irão saber o que elas têm em mão é ruim? Como irão avaliar se a cara branca da noiva é um erro se não sabem como deveria ter sido feito.

Isso tudo leva à desvalorização do fotógrafo e da fotografia.


mad666

  • Trade Count: (31)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.828
  • Sexo: Masculino
  • "Aprendendo a cada dia..."
Resposta #11 Online: 02 de Julho de 2012, 18:58:36
Superzoom pra mim soh serve para turistas: leve, pequena, facil de operar e tem um zoom animal + boa estabilizaçao de imagem para os assuntos bem distantes. Levar uma SZ para uma festa e se achar "o fotografo" eh digno de pena...

Levei a minha XZ-1 para uma festa de casamento, pois nesse dia, queria ser um mero convidado, sem dezenas de pessoas querendo aparecer nas minhas fotos, me pedindo para tirar fotos aqui e acolá e me entregando guardanapos com e-mail para mandar as fotos jah perfeitamente editadas. Todos perguntavam "kd a sua camera profissional?" e eu respondia com um sorriso ironico no rosto: "hj sou somente mais um convidado".

Se aparecesse com o kit D7000 + grip original + bateria extra + Tamron 17-50mm 2.8 + SB910 + difusor lambecy, a exploraçao ia ser tamanha q sabia q ia perder a paciencia. As pessoas transformam favores em obrigaçao com uma facilidade imensa...

E o q foi dito acima eh verdade: vc soh tem noçao de como o básico eh insatisfatorio depois q se acostuma com o bom. Isso ocorre com tudo nessa vida, e nao soh com cameras fotograficas, lentes e carros.
« Última modificação: 02 de Julho de 2012, 19:00:11 por mad666 »
"Um dia, crio coragem e me torno profissional!"

Duvidas!!!??? Agora, nada de mensagem pessoal. Use o forum!!!!


vrsilva

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.805
  • Sexo: Masculino
    • Vinícius Ribeiro.
Resposta #12 Online: 02 de Julho de 2012, 21:20:29
Isso é verdade, por problemas com meu carro, a seguradora pegou ele me reembolsando, enquanto não encontro outro do meu gosto($$$) estou andando de onibus, e isso é triste... antes de ter carro achava ruim mas nem tanto...
Vinícius Ribeiro
http://www.flickr.com/photos/vrsilva85/
----------------------------------------------------------------------------------
Canon 350D 18-55mm f3.5/5.6
Yashica Electro 35 GTN 45mm/f1.7


Razad

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.875
Resposta #13 Online: 02 de Julho de 2012, 21:28:06
Vrsilva, vendi meu carro, comprei 3 terrenos, só ando de bike desde janeiro do ano passado, no começo foi horrível, mas agora, se for pra comprar outro vai ser pra usar muito pouco, minha saúde melhorou muito, não troco isso por conforto nenhum, e olha que só tenho 21 anos, se for pra andar até 15km por dia da pra usar bike tranquilo sem problemas nenhum de atrasos, incoveniencias, transito...meu custo é de aproximadamente 30-40 reais por mês pra uma bike de valor de mercado de 800-1000 reais

O mesmo esta acontecendo agora com as minhas fotografias, estou passando pela fase de fotos com o celular agora, está sendo horrível a adaptação...mas ainda não me sinto seguro de andar sem a dslr na bolsa...pretendo mudar isso em breve
« Última modificação: 02 de Julho de 2012, 21:30:31 por Razad »
Adilson Junior - Joinville-SC
https://www.flickr.com/photos/adilsonpjr