Autor Tópico: Viver de Freelance  (Lida 1004 vezes)

Victor Carvalho

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 14
  • Sexo: Masculino
Online: 04 de Julho de 2012, 11:25:53
Bom Dia pessoal, trabalho em um estúdio de fotografia, como fotografo, editor de fotos e vídeo, ainda faço freelance nos fins de semana, mas de um tempo pra cá, esta ficando insuportável o ambiente de trabalho.

Estou pensando em sair e tentar ficar só de freelance, tenho um pc bom em casa que me deixa editar tanto foto, tanto videos.

O problema é, eu só trabalhei para 3 empresas de foto e vídeo, e tudo longe de onde eu moro, aonde eu moro existem varias produtoras, mas nunca viram meu trabalho. No caso seria começar de novo, tenho um mini portfólio montado, que posso estar mostrando para essas empresas.

E eu queria saber, como é começar como freelance, nos primeiros meses é difícil? por que quando comecei a fotografar entrei de cara aqui no estúdio então nunca freelei muito para outras empresas, só eventos pra cá mesmo.

Outra duvida as produtoras, também precisam bastante de editor de vídeo é, por que foto, sinceramente todo fotografo que se preze sabe tratar bem.






Eu estava pensando em fazer cartões de visita e distribuir em produtoras de foto e vídeo, é uma boa ideia?

Att: Victor Carvalho.
Canon T2i, 18-55mm f3.5 - 5.6, 50mm f1.8, 90-30mm f4.0 -5.6, Speed Light 420exii, Speed Light 430exii


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.910
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 04 de Julho de 2012, 11:39:43
Faz um album de portfolio, não precisa ser encadernado topzão não...

Cara. comecei igual você.
Tava ficandoruim trampar no estudio , aí, saí e comprei equip, fiz cartão, portfolio, peguei um dia da semana, fiz uma lisa. Fui em 17 empresas de fotografia de mga.
Só nessa saida, ao ver o trampo e saberde onde eu era, consegui 6 datinhas de free...

Faz isso, amigo, boa soorte, e qualquer coisa estamos aí.


Marcelo Rezende

  • Trade Count: (16)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.337
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo Rezende Fotografia
Resposta #2 Online: 04 de Julho de 2012, 11:51:16
Nao sou experiente nesse assunto pois nao atuo profissionamente, mas arrisco alguns palpites que penso, sejam importantes:en

Definir um tipo de publico (Quem faz um trampo para o R. Justos nao fez o trampo para o motorista dele, e vice verso)
Um site atraente, so fotos 100% vao para o site (nada de 100 fotos de cada evento)
Um Portfolio segmentado pode ajudar as vezes
Investir em propaganda \ divulgação (o tipo, vai depender de seu $$$ X tempo, mas enfim, tem que se divulgar de alguma maneira)
Muito Networking com o mercado (outros fotografos, casas de eventos, enfim...)

Acredito que em paralelo ao freelance para terceiros, o mas o mais importante é tentar pegar seus proprios trampos, seu trabalho.

Sei la...meio generico mais é isso!
Manda bala ! Arrepia !
 
Boa sorte,
M Rezende


leonobox

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.477
  • Sexo: Masculino
    • Ensaios.tumblr.com
Resposta #3 Online: 04 de Julho de 2012, 12:55:05
Outra duvida as produtoras, também precisam bastante de editor de vídeo é, por que foto, sinceramente todo fotografo que se preze sabe tratar bem.

"Tratar bem" é muito relativo, precisa saber fotografar bem, e dependo da proposta do seu trabalho vai precisar de um tratamento avançado ou básico, vai de cada um  :ok:

Então, a ideia do cartão de visita é legal, mas tem que ser um bom vendedor e ter bom papo pra esse tipo de abordagem, e precisa ter um site com um material bacana,  sem enrolar muito, nem que tenha que colocar pouca coisa no site mas seja objetivo  :ok:

Quando vou visitar um cliente levo tudo no iPad, melhor do que álbum impresso por que posso diversificar bastante o portfólio de um minuto para o outro, e sempre montar antes de acordo com o cliente que vou visitar  :ok:


agalons

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.866
Resposta #4 Online: 04 de Julho de 2012, 14:07:12
antes de sair do "trampo", vai se relacionando com os outros, tudo e relacionamento, em qualquer profissao
nao feche uma porta para depois tentar abrir outra
primeiro se faz conhecer, sem ficar na mao, conserva o "emprego",eu ja fiz isso algumas vezes e nao e legal
jogar tudo ao alto e depois ver.......
abs.