Autor Tópico: Desabafo - Depoimento ou seja la oq for...  (Lida 1123 vezes)

rscomex

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 256
Online: 06 de Novembro de 2012, 01:20:49
Olá amigos...
Meu nome é Rafae tenho 27 anos e nesse ultimo mes tomei uma grande decisao na minh vida profissional.
Sou bacharrel em Comercio exterior, trabalho em uma multinacional brasileira na area de exportacao a mais de 7 anos, porem nao me sinto feliz...
a mais de 3 anos venho pensando.. pensando.. e pensando oq quero da vida, fazer oq se gosta? gostar doq se faz??? uma indecisao sem fim... porem agora, hoje estou decidido, irei seguir minha velha paixao e oq eu acho ser minha vocacao, vou Ser fotografo!!!!  :eek:
fotografo??? todos me pergutam!!! largar uma brilhante e prometida carreira para ser fotografo? acredito q para familiares, amigos leigos logo venha aquela imagem do tiozinho q fica tirando foto na formatura etc etc....
enfim... a vida é minha! nao quero passar o resto dos meu anos, trancado em um escritorio, obedecendo chefe mau humorado e incompetente, nao podendo escolher os dias de minhas ferias e tendo q conviver diariamente com toda essa politicagem e salafragem corporativa!
revira-volta!vou largar tudo...

Ja esta tudo planejado.. é so tempo de eu comprar todo o resto de equipamento, estudar...estudar e estudar os elementos da fotografia, fazer cursos e meter a cara.. eu sei q nao é tao facil quanto parece, porem vou buscar sem medo meu lugar ao sol! vou buscar fazer oq eu amo fazer!
hoje sou um mau fotografo, mas um dia serei bom!

nao sei pq to escrevendo isso... talvez pra ouvir de alguem... ``vai la! fotografia tbm da dinheiro!!``rsrsrs   :aua: :D
estou com medo é claro! porem isso nao vai me paralisar!!! tem toda a parte financeira... de deixar de ganhar o fixo do mes... porem é isso q eu realemente quero! quero atuar focado em commercial e fashion!
se alguem tem uma historia parecida e puder me ajudar com dicas para essa transicao eu agradeco!

abracos
RS



Tha Jacob

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.316
  • Sexo: Feminino
    • Thaís Jacob Fotografia
Resposta #1 Online: 06 de Novembro de 2012, 01:43:27
UIii....
Pensei...comento ou nao comento!!! kkkkk
Enfim.. resolvi comentar!!
Bom.. acho q de certa forma vc esta certo!! Nao devemos nos acomodar, nem mantermos uma vida que nos desagrada..até porque a vida é curta e deve ser bem vivida. Decisões devem ser tomadas e empurrar a vida como se fosse algo ruim é muito triste.
Sou fotografa a 1 ano e pelo menos para mim ainda é difícil. Fazer um nome é difícil, fazer com que as pessoas observem seu trabalho e veja como algo comprável é difícil.
Sei q se conselho fosse bom se vendia por ai.. mas vai com calma.. estudando... fazendo trabalhos de graça.. praticando e praticando!!
Vc vai saber a hora  de se dedicar exclusivamente a fotografia.
Poderia te dizer aqui... vai la... faz isso mesmo...
Mas nem tudo é um mar de rosas... as contas de agua..luz..telefone e outras mais irao chegar...
Veja a fotografia como um negocio... o amor a ela sera primordial... mas nao a base!!
Seja empreendedor, saiba divulgar, vender, planejar e traçar metas.
Seus clientes serão seus chefes e pode ter certeza que muitas vezes será pior do que esse mau humorado e incompetente que vc precisa lidar todos os dias.
To aqui torcendo por vc e no que puder dar uma ajudinha pode contar conosco!!!
Corre atras do seu sonho que é isso que vale a pena nessa vida!!!

Abraços


thiago-classic

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 347
Resposta #2 Online: 06 de Novembro de 2012, 01:50:41
Bom, já dizia meu antigo chefe: "O profissional que não gosta do que faz, nunca será um bom profissional".

É complicado opinar na vida dos outros, dizer está certo ou está errado e isso eu não faço. O que posso te dizer é que, se você tem certeza que é isso que você quer, faça. Mas vá com calma, estude, não é uma coisa que você diz "Vou fazer" e já sai ganhando dinheiro. Tem que ter o pé no chão e saber das dificuldades de uma mudança assim, se preparando pra enfrentá-las.

Te desejo sorte e bom senso nas coisas que for fazer!

Abraço!
« Última modificação: 06 de Novembro de 2012, 01:51:41 por thiago-classic »
Fuji S4000
Canon 400D - 28-80mm


Carcarah

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.301
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 06 de Novembro de 2012, 02:10:00
Rafael,
Também estive por muitos anos ligado ao mundo corporativo, esse monstro de vaidades e repleto de incompetentes e puxa-sacos. Felizmente existem muito boas exceções, mas é um mundo difícil, eu concordo.
Eu estive por quase três anos lutando com concursos e afastado desse mundo, digo pra você os primeiros 3 meses foram difíceis, pois você se vê fora do grande guarda chuva que dá segurança para sua vida e carreira. Depois que passa esse período de "desintoxicação" você respira mais leve, mudei meu guarda roupa para jeans e camiseta hering e pude dar atenção aos meus filhos como sempre quis.
Mas, infelizmente as nomeações estão demorando e tive que voltar ao mundo corporativo, por pouco tempo espero, é só uma questão financeira.
Eu entendo e apoio sua iniciativa e digo pra você uma coisa.
Aqui no Ceará um garoto do interior resolveu tocar cavaquinho, não queria saber de outra coisa. É óbvio que muitos deviam dizer a boca pequena que o cara não iria dar certo na vida, que deveria largar isso de mão e estudar para arrumar um bom emprego.
O cara continuou na profissão de vagabundo, foi para um conservatório, estudou violino, entrou para uma orquestra sinfônica, chutou tudo e foi tocar violão, o irresponsável. E não é que o cara se chama Nonato Luiz? Putz, Nonato!
Tocou nos EUA, onde também foi professor na Universidade da Flórida, tocou na França e teve lá um livro de partituras publicado por uma famosa editora francesa, gravou mais de trinta discos e lançou seu dvd esse ano.
Pois é, não existe vida apenas no mundo corporativo. Se você algo com muito estudo, amor e dedicação, vai dar certo.
Boa sorte e sucesso!



« Última modificação: 06 de Novembro de 2012, 02:13:41 por Carcarah »
平和はあなたと一緒に;平和はあなたと一緒に;平和はあなたと一緒に;平和はあなたと一緒に;平和はあなたと一緒に;
Todas as críticas, ideias e sugestões contidas nas minhas mensagens refletem uma opinião pessoal e não correspondem necessariamente às convicções dos criadores e colaboradores do fórum. Se você ficar magoado com alguma crítica que lhe fiz não precisa cortar os pulsos ou tomar cicuta, foi só uma opinião que não marcará sua pele delicada.
-----===== Você pode escrever o que quiser, o que importa é que escreva =====-----


jaso

  • Trade Count: (5)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 484
Resposta #4 Online: 06 de Novembro de 2012, 08:55:44
     Rafael, muitas vezes na vida essas coisas acontecem, são mais comuns do que se imagina, mais são poucas as pessoas que realmente tem vontade de mudar e mudam, na sua grande maioria as pessoas tem somente vontade mais acabam por optar pela tranquilidade financeira, que aquele emprego nos da....
     Eu trabalhei dos 15 anos de idade ate os 28 anos na areá de TI, comecei como programador para uma empresa de pequeno porte, faturava na época em torno de 1,5 milhão de reais, me formei em Analise de Sistemas, depois em ciência de computação, conheci um consultor nessa empresa que gostou muito do meu trabalho, uma pessoa maravilhosa na minha vida, me ensinou muito, mais muito mesmo, sai dessa empresa e fui trabalhar com ele como consultor também, ao lado dele conquistei bons clientes, participei de desenvolvimento de sistemas, na Bahia, em Goias (Sou do interior de Minas) quando tinha uns 26 anos, minha carreia ia muito bem, apesar de pouca idade, me dava muito bem no mercado, só que de repente comecei a questionar os meus valores, afinal eu vivia correndo, dentro de carro, de avião, nao desgrudava do celular nem um segundo, não tinha tempo para mim mesmo..... somente para o trabalho.... e o tempo foi passando, passando, até que resolvi que apesar da minha formação ser na areá tava na hora de mudar como você esta pensando em fazer, foi então que meu pai, me convidou para trabalhar na empresa dele como Gerente de Produção, nada a ver com minha areá, mais resolvi aceitar o desafio, o salario era metade do que eu ganhava como analista, mais pensei, pensei e vi que naquele momento para mim estar mais próximo da minha família era mais importante do que o dinheiro que eu ganhava, e então no inicio desse ano comecei a a trabalhar na empresa dele, e hoje estou muito mais feliz do que estava antes, sei que meu caso existe uma diferença do seu, pois na questão financeira eu perdi, mais não perdi tudo afinal eu já sabia que na empresa eu ia ter salario e tudo mais, mais resolvi postar mais pela questão da mudança de vida....
    Hoje tenho muitas dores de cabeça na empresa, muitas mesmo, até mais do que tinha antes, mais estou mais feliz, porque tenho o prazer de estar do lado do meu pai todos os dias da minha vida..... E para mim era algo muito importante, lembre-se que dor de cabeça você vai ter onde quer que você vá trabalhar, não existe gloria sem luta..... Mais se o prazer do trabalho estiver acima das dores de cabeça com certeza você vai sentir vontade de fazer o que você faz com cada vez mais vontade de vencer.... Bom não lhe digo fique na empresa ou vá ser fotografo, essa decisão é pessoal e somente sua, mais lhe passo um pouco da minha experiencia e espero com ela lhe ajudar a resolver suas duvidas......
« Última modificação: 06 de Novembro de 2012, 09:00:00 por jaso »


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.143
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #5 Online: 06 de Novembro de 2012, 09:57:35
Acho que pouca gente tem uma história como a minha. Eu sou formado em biologia pela USP, até então considerada a melhor faculdade de biologia da Am. Latina. Demorei um pouco para me formar, depois fiz mestrado em zoologia, terminando com um trabalho bem reconhecido e elogiado por todos os profissionais da área. Ingressei num doutorado extremamente especializado, fiz um período de estágio em NY, defendi a cerca de de 2 anos. Depois disso, após uns 12 anos de investimento na área e com um currículo de fazer inveja, fui me enveredando para a fotografia...

Cara, o começo é difícil, encarar essa vida arriscada, sem poder contar com o dinheirinho entrando todo mês. Meu conselho é que se mantenha no seu atual emprego por mais um tempo, 1 ou 2 anos, até conseguir comprar todo o seu equipamento e se estabelecer como fotógrafo. Eu, mesmo a quase 2 anos na área, ainda não consegui me estabelecer, agora só que estou ganhando alguns clientes. Nesse meio tempo fiz muita coisa que não gostava, tanto fora da fotografia (uns trabalhos para editoras de livros didáticos) como dentro da fotografia (eventos corporativos, festas infantis). Mas em breve pretendo ficar apenas com o que eu mais gosto, que são casamentos e eventos sociais em geral, e também ensaios.

Outra coisa é o conselho óbvio e chavão, mas estude muito e pratique muito. Faça freelas mesmo que seja de graça, apenas pelo aprendizado. Já entre no mercado entregando um trabalho de qualidade, para se destacar. Assim que tiver bastantes fotos, monte um site com seu portfolio, faça cartões de visita e saia distribuindo e divulgando para todo mundo, mete as caras, se ofereça para fazer serviços, etc.

E boa sorte!


rscomex

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 256
Resposta #6 Online: 06 de Novembro de 2012, 11:10:31
Obrigado a todos pelas respostas! É mto importante saber e conhecer a experiência de vocês, e saber que a maioria não se arrependeu do que fez.

Nunca tive medo de mudanças e acredito que foi essa característica que me trouxe ate onde estou hoje, vindo de uma família de classe media, tive q correr atrás desde cedo, pagar a própria faculdade, aprendi 2 idiomas além do português, morei fora do país, passei por 3 grandes empresas aqui do meu estado.
Não sou gerente, nem diretor, mas hoje possuo uma posição que qq recém formado sonha em um dia estar...
Mas sabe aquela sensação de que quando vc chega lá.. você ve que não era aquilo q você imaginava??? Hoje não tenho ambição .. não quero ser gerente, não quero ser diretor... eu olho essa sala com 200 ser humanos trancafiados e produzindo sem parar para não deixar a maquina capitalista parar. Me sinto uma engrenagem dessa imensa maquina, uma engrenagem que quando se tornar cara pode ser descartada e trocada por outra mais barata sem mtos problemas.
Estudei e trabalhei duro para chegar onde cheguei, porem mesmo assim como qq outro trabalho corporativo um recém formado poderia fazer (pior, mas poderia).

É claro que essa decisão não tomei de uma hora pra outra... pensei mto, pesei todas as questões etc e talz.. e tbm não vou simplesmente sai na semana q vem e me jogar assim...
Trabalho a quase 10 anos no ramo de business.. então sei q é preciso de planejamento, marketing pessoal, vendas etc. nisso tudo acredito ate ter uma vantagem no mercado por possuir essa bagagem, meu foco agora é estudar e praticar para desenvolver um bom trabalho e um bom produto aos meus futuros clientes, sei que hoje não sou nada... mas tbm sei bem aonde posso chegar se me esforçar, ainda mais fazendo oq eu amo!

Pretendo ate final do ano estar com uma boa gama de equipamento (pelo menos o básico) e dai já começar a treinar e botar em pratica os estudos para montar um portfolio... começar a pegar pequenos trabalhos... trabalhos de graça para fazer nome etc... e la por Agosto do próximo ano pretendo fazer um curso de 7 dias em alguma boa escola de fotografia fora do pais... talvez NYC, Paris.. voltando... a ideia é meter a cara, pedir demissão e aguentar a fase de ‘’desintoxicação’’  da falsa segurança que a CLT nos da.

Grande abraco
Rafael


Marcelo Rezende

  • Trade Count: (16)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.398
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo Rezende Fotografia
Resposta #7 Online: 06 de Novembro de 2012, 11:32:22
Bem, se vc esta no mundo coorporativo sabe bem o valor da estratégia, do planejamento e da execução no resultado final....
Uma visita ao Sebrae e um plano de negocios são mandatórios, alem de tudo que ja disseram nos outros tópicos. Sim, existem casos de sucesso rapido e consistentes...mas são raros. Faça devagar!

Desejo BOM ESTUDO, BOM TRABALHO; BOM PLANO; BOA REFLEXÃO e por fim...boa sorte!

M Rezende


rscomex

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 256
Resposta #8 Online: 01 de Outubro de 2014, 15:07:50
Amigos... boa tarde!!! a tempos estou pra fazer isso daqui... reviver este topico que abri a quase 2 anos atrás!
Como deixei aqui um desabafo e na epoca mta gente me ajudou... acho que devo uma satisfacao para o pessoal e até para estimular outras pessoas que estejam passando por isso...

Pois bem... há 7 meses larguei meu emprego definitivamente, de novembro de 2012 ate abril deste ano continuei trabalhando na empresa que eu estava... mesmo sofrendo muito... e aos poucos fui investindo em equipamentos e educação fotografica, alem disso fui me preparando psicologicamente e estrategicamente para largar tudo e viver da fotografia...
A boa noticia é que dps de mto tentar consegui negociar minha saida da empresa, entao sai com algum recurso...
De lá pra cá vinha pegando algum trabalho ali... outro aqui... mas o grande o problema sempre foi o tempo pra se dedicar a fotografia e evoluir...
pois bem... saindo da empresa foi hora de maos a obra!!! reformulei meu site, investi um pouco em equipamento de qualidade, e mergulhei de cabeça nos estudos e no trabalho... sai que nem um ''locao'' atras de networking, parcerias, e atras de clientes... hoje ja tracei metas mes a mes de vendas, e possuo controle de tudo que faco, gastos, ganhos, contatos etc... alem disso possuo uma estrategia de marketing a curto prazo e estou desenvolvendo uma a longo prazo...
a boa noticia é que... mes passado e este mes... ja superei meu antigo salario, se tratando em ganhos... ainda nao consegui me focar 100% no tipo de trabalho que eu quero... porem agora eu penso q o imporntante é criar uma rotina de ganho pra ai com tranquilidade poder ir direcionando minha carreira somente para area no qual eu quero focar...
resumindo... foram poucos os dias que fiquei apavorado e com medo das coisas nao acontecerem (mas esses dias acontecem, nao tem jeito) o importante é que se trabalhar duro, com qualidade e inteligencia as coisas comecam a acontencer...

acho q eh isso... se lembrar de algo comento aqui!
abraco a todos! :ok: :ok: :ok:


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.143
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #9 Online: 01 de Outubro de 2014, 15:13:51
 :clap: :clap: :clap:


Muito bom, fico feliz que tenha tomado essa decisão, e mais feliz ainda que foi uma decisão bem acertada! Parabéns pela coragem e sucesso para você!!!


C. Ferrari

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.768
  • Sexo: Masculino
  • Em busca de conhecimento, sempre.
    • Trabalhos
Resposta #10 Online: 01 de Outubro de 2014, 15:14:57
Amigos... boa tarde!!! a tempos estou pra fazer isso daqui... reviver este topico que abri a quase 2 anos atrás!
Como deixei aqui um desabafo e na epoca mta gente me ajudou... acho que devo uma satisfacao para o pessoal e até para estimular outras pessoas que estejam passando por isso...

Pois bem... há 7 meses larguei meu emprego definitivamente, de novembro de 2012 ate abril deste ano continuei trabalhando na empresa que eu estava... mesmo sofrendo muito... e aos poucos fui investindo em equipamentos e educação fotografica, alem disso fui me preparando psicologicamente e estrategicamente para largar tudo e viver da fotografia...
A boa noticia é que dps de mto tentar consegui negociar minha saida da empresa, entao sai com algum recurso...
De lá pra cá vinha pegando algum trabalho ali... outro aqui... mas o grande o problema sempre foi o tempo pra se dedicar a fotografia e evoluir...
pois bem... saindo da empresa foi hora de maos a obra!!! reformulei meu site, investi um pouco em equipamento de qualidade, e mergulhei de cabeça nos estudos e no trabalho... sai que nem um ''locao'' atras de networking, parcerias, e atras de clientes... hoje ja tracei metas mes a mes de vendas, e possuo controle de tudo que faco, gastos, ganhos, contatos etc... alem disso possuo uma estrategia de marketing a curto prazo e estou desenvolvendo uma a longo prazo...
a boa noticia é que... mes passado e este mes... ja superei meu antigo salario, se tratando em ganhos... ainda nao consegui me focar 100% no tipo de trabalho que eu quero... porem agora eu penso q o imporntante é criar uma rotina de ganho pra ai com tranquilidade poder ir direcionando minha carreira somente para area no qual eu quero focar...
resumindo... foram poucos os dias que fiquei apavorado e com medo das coisas nao acontecerem (mas esses dias acontecem, nao tem jeito) o importante é que se trabalhar duro, com qualidade e inteligencia as coisas comecam a acontencer...

acho q eh isso... se lembrar de algo comento aqui!
abraco a todos! :ok: :ok: :ok:


Muito bom ter vindo aqui falar! É legal manter o acompanhamento.... Se tu puder, coloca o site aqui pra nós.

Abs e vamos a luta!


althoffj

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.037
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 01 de Outubro de 2014, 15:40:38
PARABÉNS!

Por traçar o plano, seguí-lo e por continuar o papo aqui!

Adalberto "miagi" Althoff Jr



Nikon D40 | Nikon D5100 | 18-55 | 55-200 | 35 1.8G | SB700 | Nikon F55 | Nikon ZoomTouch 500s | Vivitar 28-80


Alexandre Ricci

  • Trade Count: (31)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.070
    • Flickr Alexandre
Resposta #12 Online: 01 de Outubro de 2014, 15:49:12
Legal seu depoimento Rafael!!   :clap:

E ainda teve aquele susto com a câmera na alfândega né!!  :eek:


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.917
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 01 de Outubro de 2014, 16:13:17
PArabéns, mano. Fico feliz que esteja tendo sucesso na sua empreitada.

Eu tbm passei por isso, sei o que sentiu, srsrsrsr

boa sorte, continue assim!

Abraço.


rscomex

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 256
Resposta #14 Online: 01 de Outubro de 2014, 21:25:30
Mto obrigado pessoal!

Para quem quiser conhecer meu trabalho meu site é www.rafaelsilverio.com ... na verdade ainda nao tive tempo de postar meus trabalhos importantes lá... quero ver se faço isso ate amanha!  ;)
Tenho q confessar que cada vez menos entro aqui no forum... no começo entrava bastante e aprendi mta coisa lendo aqui as conversas por aqui, mas teve uma hora q tive que me ausentar mais pq chega uma hora q vc se satura de tecnicas e teorias e tem que se afastar de opinioes alheias pra tentar encontrar o proprio estilo e a propria arte... isso ainda estou buscando!!!

Mas sempre quando lembro e posso entro aqui...
abraço e boa sorte para todos nós!!!
Legal seu depoimento Rafael!!   :clap:

E ainda teve aquele susto com a câmera na alfândega né!!  :eek:

Esse foi drama! por sorte resolvido! baita lição!!! :doh: