Autor Tópico: Fotógrafo de moda ou publicidade. Freelancer ou empresário?  (Lida 471 vezes)

Leonardo Tonin

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 806
  • Sexo: Masculino
Online: 26 de Novembro de 2012, 00:02:08
    Sou novo por aqui, agradeço aos responsáveis e moderadores pela oportunidade. Espero poder retribuir. Tenho o interesse em conhecer a postura correta dentro do mercado fotográfico. Gostaria de compreender qual é a postura de um fotógrafo envolvido com moda e publicidade. Se o processo de tercerização da pós produção (ou a não tercerização) , a relação com agências e clientes, tornam a postura semelhante a de um fotógrafo freelancer, e o nome fica somente relacionado ao estilo. Ou acaba tendo a mesma postura de um fotógrafo de casamentos, relacionando-se diretamente com clientes. Sendo responsável pelo marketing. Um abraço!
« Última modificação: 26 de Novembro de 2012, 00:10:55 por Leonardo Tonin »


milton42zl

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 168
Resposta #1 Online: 26 de Novembro de 2012, 11:30:51
  Tanto faz ser freelancer ou empresário . Nesse setor vc só entra por indicação,desculpe a sinceridade . Tem q ficar na cola de pequenas empresas de publicidade, pois as grandes geralmente só trabalham com fotógrafos do naipe de Tiago Ornellas pra cima.  Foi bom vc abrir esse tópico, pois é o ramo da fotografia q dá mais grana . Vamos ver o q o pessoal q trabalha na área tem a dizer ,tanto fotógrafos como publicitarios.
 Tbm estou interessado .


Leonardo Tonin

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 806
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 26 de Novembro de 2012, 13:04:40
     Obrigado Milton pela confiança!Gosto de sinceridade. Sinceramente tenho consciência de que é um mercado que pede muito conhecimento, e receber sem dar algo em troca, uma hora não dá certo!Eu tenho quatro objetivos por aqui, trocar informações e aprender, fazer amigos que partilham de algo que eu gosto, e trabalhar formando parcerias. Seja como segundo fotógrafo, na parte de iluminação, na parte de tratamento. A primeira área que me interessou foi casamento, e vejo uma diferença notável nas capacidades exigidas entre o fotógrafo freelancer e fotógrafo que assina o trabalho, pois o cliente final é uma pessoa, e o processo não pede agenciamento. Estou somente procurando conhecer as particularidades de cada área,  para não cometer tantos erros, não fazer um trabalho nocivo, que eu tenha uma adaptação satisfatória. Fico feliz que tenha gostado do tópico! Tomara que seja um assunto relevante para o grupo. Um grande abraço!

 :worship:   
« Última modificação: 26 de Novembro de 2012, 13:18:34 por Leonardo Tonin »