Autor Tópico: QUEM TEM MEDO?  (Lida 5093 vezes)

doctorsambr

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 7
Online: 01 de Junho de 2006, 07:19:49
:blue: num sei se é paranoia minha mas sempre fico muito receioso de sair para tirar fotografias principalmente no centro de minha cidade ou até em locais afastados, tudo bem que o meu equipamento num é uma canon 1Ds mark II, mas só eu sei quanto suei pra compra-lo, bom e essa certa paranoia me fas ficar até meio timido de sacar a maquina e fotografar atrapalhando o meu lado fotografo..ehehe num sei se receio de alguem sei lá , gostaria de saber se é cisma se acontece com alguem também, e se com o tempo isso passa.....
eu sei que aqui num é divã mas da uma força ae......ahuahauh  :heat:  
Nome: Samuel l. de Oliveira
Cidade / Estado: Cuiaba - MT
Equipamento: A75, S2 IS, daqui a pouco uma Canon XT
[/font]


Eduardo Proença

  • Trade Count: (9)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.300
    • http://www.olhares.com/edup90
Resposta #1 Online: 01 de Junho de 2006, 08:09:23
Paranóia nada, cara!!
Se der bobeira os caras roubam mesmo!!!
Pelo menos aqui no RJ é assim.
O melhor a fazer é estar sempre ligado em tudo a sua vlta.
E no caso de qualquer movimentação suspeita cair fora.
Se não for assim a gente acaba ficando restrito a pouquíssimos lugares prá fotografar.
Abs
« Última modificação: 01 de Junho de 2006, 08:10:00 por Eduardo Proença »
Eduardo Proença - Rio de Janeiro
Meu Flickr


Loas

  • Visitante
  • Trade Count: (0)
Resposta #2 Online: 01 de Junho de 2006, 08:57:25
Aqui em Recife é perigoso sim, não só tem o perigo de perder a camera que me custou para comprar, como acabar agredida.
Eu saio para fotografar escolhendo lugares onde tenha mais segurança, e mesmo assim com cuidado.


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #3 Online: 01 de Junho de 2006, 09:09:40
Classicamente a fotografia de rua é feita com câmeras pequenas e não vistosas.

Quer fotografar na rua? Compre uma Canonet de filme, pequenininha e seja feliz. Ou uma Leica, se quiser gastar mais e ter algo melhor, mas sempre câmeras pequenas.

Câmeras vistosas, grips, lentes grandes, nada disso combina com fotografia de rua. É como querer usar um telescópio para ver um micróbio. A fotografia também é assim. Há câmeras para estúdio, outras para natureza, outras para fotografar pássaros, paisagens, etc, e outras para fotografia de rua. Não por acaso o Bresson usava uma Leica.


Murilo

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.604
  • Sexo: Masculino
    • http://murilo78.multiply.com
Resposta #4 Online: 01 de Junho de 2006, 09:22:13
Isso é um problema bem sério aqui em Floripa (embora ainda existam alguns deslocados aqui que pensam que na cidade tá tudo bem, que é tudo lindo e maravilhoso)!

No meu caso.... se juntar o autonível de criminalidade mais o medo e insegurança que tenho, isso resulta num espaço e tempo limitadíssimos para fotografar. E o mais irônico é que um dos meus temas preferido para fotografar é cenas urbanas e de preferência a noite, justamente onde é o mais arriscado.
Além disto, tenho mais um agravante.... meu equipamento não é nada discreto.

Então tudo isso só serve para aumentar minha paranóia, insegurança, restrição, e etc.
Mas tento minimizar isto sempre buscando companhias para fotografar, sempre comparecendo e provendo saídas fotográficas e também buscando viajar mais para o interior em qualquer feriado e finais de semana prolongados.
Já dizia o Da Vinci.... Tem pessoas que enxergam, tem pessoas que enxergam qdo se aponta e tem pessoas que não enxergam.



Ana Adams

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.653
  • Sexo: Feminino
    • http://www.anaadams.com
Resposta #5 Online: 01 de Junho de 2006, 09:30:54
Quando eu era assistente de um fotógrafo em SP, fomos assaltados com arma na cabeça, na rua.
Na verdade eles acabaram dando uns tiros, no final do assalto, prá assustar.
Nem preciso dizer que nunca mais saí prá fotografar na rua, né?
No máximo levo minha de bolso prá fotografar os amigos e só.
É muito triste viver com um medão desses, infelizmente.


Zurcoten

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.154
  • Sexo: Masculino
  • A VIDA É IMAGEM CONSTANTE.
    • http://www.flickr.com/photos/zurcoten
Resposta #6 Online: 01 de Junho de 2006, 09:38:57
Essa onda de insegurança, lamentavelmente, está no Brasil todo. Devemos ser precavidos, mas deixar de fazer as coisas que gostamos por conta de vagabundos não tem sentido. Tenho medo, porém arrisco. É ter muito cuidado e fé em Deus, pois em nossos homens públicos, que podem adotar medidas p/ reduzir a criminalidade, está muito díficil.
Boas fotos a todos. :bomb:  
ZURCOTEN[/size][/font]


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #7 Online: 01 de Junho de 2006, 09:39:05
Murilo...

Nos termos cariocas e paulistas, a ilha de vocês é também uma ilha de tranquilidade. É claro que pode acontecer, mas não é como cá.

Eu fotografo na rua com a Canonet, saio de bicicleta com ela em um saco de pano feioso, tiro do saco fotografo e vou embora. Também minha bicicleta é feia e não saio vestido de "atleta de loja".


Guto Marc

  • Trade Count: (14)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.543
    • http://www.gutomarcondes.com.br
Resposta #8 Online: 01 de Junho de 2006, 09:49:30
Olha, eu não tenho essa paranóia não, apesar de morar em SP. Eu fiz seguro do equipamento, e não dou bandeira. Ando com uma mochila e não bolsa, páro, analiso a cena, saco  a máquina e fotografo, logo em seguida guardo e continuo andando. Nunca tive problema.......mas sei que é arriscado.
** NÃO TRABALHO MAIS COM SEGURO DE EQUIPAMENTOS **

Visitem meu blog sobre fotografia : http://www.gutomarcondes.com.br/blog e conheçam mais sobre a profissão no dia a dia. Conheçam também http://www.fotografosocial.com.br e http://www.gutomarcondes.com.br
Não respondo MP com dúvida de equipamentos/fotografia. Abra um tópico pois isso é importante para o fórum !


Aneopa

  • Trade Count: (2)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 338
Resposta #9 Online: 01 de Junho de 2006, 09:58:25
Acho que  a solução é o que o Marcondes disse, fazer o seguro e ser discreto...

Depois é só nós enviarmos o curriculo para a reuters, fotografo nas ruas do Brasil sem colete a prova de balas, é vaga garantida como correspondente de guerra.


Marcelo Almeida

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.344
Resposta #10 Online: 01 de Junho de 2006, 10:01:41
Em primeiro lugar tem que ter seguro (se bem que ainda não fiz o meu).

Passei uns dias em Curitiba e sei que lá também existe criminalidade, mas com certeza andei na rua com muito mais tranqüilidade do que aqui.


Davi Sato

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.036
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #11 Online: 01 de Junho de 2006, 10:03:03
Citar
Acho que  a solução é o que o Marcondes disse, fazer o seguro e ser discreto...

Depois é só nós enviarmos o curriculo para a reuters, fotografo nas ruas do Brasil sem colete a prova de balas, é vaga garantida como correspondente de guerra.
Talvez essa seja a maior vantagem de morar em cidade de interior... Aqui é bem tranquilo, mas obviamente que eu não saio sozinho de noite nas "bocadas"... e a A-95 é bem discreta...  :thmbup:  
Pentax K10d / Sigma 28-70 f/2.8 / Pentax 18-55 / Pentax 50-200
São Gotardo – MG


Murilo

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.604
  • Sexo: Masculino
    • http://murilo78.multiply.com
Resposta #12 Online: 01 de Junho de 2006, 10:07:16
Citar
Murilo...

Nos termos cariocas e paulistas, a ilha de vocês é também uma ilha de tranquilidade. É claro que pode acontecer, mas não é como cá.

Eu fotografo na rua com a Canonet, saio de bicicleta com ela em um saco de pano feioso, tiro do saco fotografo e vou embora. Também minha bicicleta é feia e não saio vestido de "atleta de loja".
Oi Ivan!

Eu discordo de vc!
Florianópolis é "Proporcionalmente" muito parecida com o Rio, por exemplo!
Não só na criminalidade, mas também no trânsito caótico, rede de hospitais bastante deficitária, altos níveis de poluição na lagoa e nas praias e etc...

Eu moro aqui, e quase que diariamente vejo (e escuto também) coisas absurdas, como crianças em entrada de morro com arma na mão, tráfico de drogas rolando solto nas escolas, arrastão nos estacionamentos do centro da cidade (inclusive aqui na frente do meu trabalho), entre tantos outros absurdos que nem cabe descrever aqui.

Floripa também tem um outro ponto que se assemelha bastante com o Rio, que é o Marketing. Floripa está na moda, Floripa é a ilha da magia, Floripa é o destino, Floripa é tudo de bom. Não é a toa que tantos paulistas (gaúchos e paranaenses também) literalmente se mudam pra ká ou sonham em algum dia vir morar aqui.
Já dizia o Da Vinci.... Tem pessoas que enxergam, tem pessoas que enxergam qdo se aponta e tem pessoas que não enxergam.



doctorsambr

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 7
Resposta #13 Online: 01 de Junho de 2006, 11:27:03
é ta dificil mesmo, tudo bem que Cuiaba num seja o bicho, mas tambem num é moleza :boxing: , adoro o tema urbano mas fazer o que, vamos continuar fotografando, nessas horas que sinto falta da minha A75 que me robaram aqui em casa acreditam, tomara que éla tenha explodido na cara de quem roubou.... :boos2:  
« Última modificação: 01 de Junho de 2006, 11:28:52 por doctorsambr »
Nome: Samuel l. de Oliveira
Cidade / Estado: Cuiaba - MT
Equipamento: A75, S2 IS, daqui a pouco uma Canon XT
[/font]


pedro_raythz

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.469
  • Sexo: Masculino
Resposta #14 Online: 01 de Junho de 2006, 11:51:45
Por enquanto não tenho problema com isso. Até pq se alguém vier roubar minha Aiptek, vou dar graças a Deus  :laughing:
(Mentira, é claro que não vou gostar pq é a única "câmera" que tenho rs)

Mas eu também nunca sai para fotografar sozinho. =P