Autor Tópico: Comparativo entre jpeg direto, RAW direto e RAW tratado - Canon 6D  (Lida 3006 vezes)

Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 12.255
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
    • thalessouto.com
Eu havia prometido e vai o primeiro comparativo. Faltou criatividade mas tinha um vaso de rosas brancas na mesa da minha sala e, com a luz natural, fiz as fotos.Infelizmente a fotometria da cena é complicada pois tem muitas rosas brancas o que acaba enganando um pouco o sensor, mesmo trabalhando com + 1/3 EV.

Abaixo 2 condições (abertura 1.8 e 5.0) e três tratamentos diferentes (jpeg direto, raw direto convertido pelo LR e raw tratado com o meu preset para o perfil da lente e com correção do histograma). Nem precisa dizer que o tratado fica bem melhor (por isso não consigo sair do RAW) mas o resultado entre jpeg e raw direto...... vejam e tirem as suas conclusões.
Em todas as fotos mantive o WB conforme fotografado.

Espero que não esteja pentelhando muito o Espaço Canon mas espero trazer o máximo de informação com o meu lado engenheiro e acadêmico.

Abertura 1.8, 1/100, ISO 400
1a. Jpeg direto

jpeg direto f 1.8 por thales_em01, no Flickr

2a. RAW direto

RAW direto f 1.8 por thales_em01, no Flickr

3a. RAW tratado

RAW tratado f 1.8 por thales_em01, no Flickr

Abertura 5.0, 1/100 ISO 1600
1b. jpeg direto

jpeg direto f 5 por thales_em01, no Flickr

2b. RAW direto

RAW direto f 5 por thales_em01, no Flickr

3b. RAW tratado

RAW tratado f 5 por thales_em01, no Flickr

D610 + AF-S 50 1.8 G + AF-S 28 1.8 G + YN685 + tripé fuleiro de 35 dólares
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
Instagram: @souto_thales
www.flickr.com/photos/tsouto


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.251
Resposta #1 Online: 21 de Março de 2013, 22:28:16
De minha parte, pode continuar pentelhando a vontade  :D

Considerações... Primeiro, parece que o JPG in-camera até que é bem decente. Vc fez alguma correçao nos picture styles ou deixou default ?? Lembra qual está setado ??

Segundo, não adianta, quem preza por qualidade não tem como deixar o RAW de lado. E que coisa linda o resultado da cinquentinha na 6D !


Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


Rafael Lima

  • Trade Count: (28)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.696
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo de natureza e observador de aves
Resposta #2 Online: 21 de Março de 2013, 22:51:13
Achei o RAW mesmo sem tratamento melhor do que o JPEG direto. A nitidez dos pontinhos na flor focada sempre ficou melhor nos RAWs diretos... E o RAW tratado, claro, ficou melhor.

Já testou o DR dela ?? Estourar ou subexpor uma foto nos extremos pra tentar recuperar.
« Última modificação: 21 de Março de 2013, 22:52:13 por rafael dantas lima »
Ornitólogo e fotógrafo de natureza.
Canon 7D Mark II - EF 300mm f/4 L IS USM - TC 1.4x II
Meu WikiAves
Meu Flickr
Meu 500px


Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 12.255
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
    • thalessouto.com
Resposta #3 Online: 21 de Março de 2013, 22:59:21
De minha parte, pode continuar pentelhando a vontade  :D

Considerações... Primeiro, parece que o JPG in-camera até que é bem decente. Vc fez alguma correçao nos picture styles ou deixou default ?? Lembra qual está setado ??

Segundo, não adianta, quem preza por qualidade não tem como deixar o RAW de lado. E que coisa linda o resultado da cinquentinha na 6D !
Alexandre, pode deixar que continuarei "pentelhando". Só faço testes que acho interessante e são difíceis de achar mesmo na língua inglesa. O jpeg foi na minha predefinição com um pouco mais de sharp, contraste e saturação.
Gostei muito do bokeh dessa 50 1.8. Imagina uma lente com bokeh decente como a 50 1.4 ou 85 1.8!?!?!?

Achei o RAW mesmo sem tratamento melhor do que o JPEG direto. A nitidez dos pontinhos na flor focada sempre ficou melhor nos RAWs diretos... E o RAW tratado, claro, ficou melhor.

Já testou o DR dela ?? Estourar ou subexpor uma foto nos extremos pra tentar recuperar.

Realmente o LR, mesmo sem nenhum ajuste, faz uma conversão para jpeg melhor que o DIGIC 5 da Canon (já achei ele melhor que o da minha Nikon D90 - claro que são 5 anos de diferença).
Já fiz alguns testes com o DR mas nada muito absurdo. Contudo, a recuperação das sombras é muito boa. Fico devendo agora outro post sobre a recuperação das luzes e sombras a partir de um arquivo RAW.
Contudo, o RAW tratado para a foto com f/5 deste tópico teve recuperação de sombras de 50 e Exposição +0,80 no LR. Nem dá para perceber.
D610 + AF-S 50 1.8 G + AF-S 28 1.8 G + YN685 + tripé fuleiro de 35 dólares
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
Instagram: @souto_thales
www.flickr.com/photos/tsouto


Rafael Lima

  • Trade Count: (28)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.696
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo de natureza e observador de aves
Resposta #4 Online: 21 de Março de 2013, 23:04:42
Já fiz alguns testes com o DR mas nada muito absurdo. Contudo, a recuperação das sombras é muito boa. Fico devendo agora outro post sobre a recuperação das luzes e sombras a partir de um arquivo RAW.
Contudo, o RAW tratado para a foto com f/5 deste tópico teve recuperação de sombras de 50 e Exposição +0,80 no LR. Nem dá para perceber.

Na D7000 eu já recuperei as sombras nos níveis máximos daquelas barrinhas de exposição e sombras do LR, não sei dizer se o máximo é 100 ou 50 quem tem lá.

Acredito a 6D por ser FF não decepcione nesse ponto.
Ornitólogo e fotógrafo de natureza.
Canon 7D Mark II - EF 300mm f/4 L IS USM - TC 1.4x II
Meu WikiAves
Meu Flickr
Meu 500px


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.251
Resposta #5 Online: 21 de Março de 2013, 23:14:09
A melhor maneira de setar a câmera para JPG direto é fazer uma foto em RAW, abrir no DPP e mexer até ficar ao gosto. Como o DPP usa um engine muito próximo daquele usado internamente na câmera, depois é só copiar as configurações e setar as mesmas configurações diretamente na câmera  :ok:

Esse ISO 1600 puxado assim equivale mais ou menos ao ISO 2500. Tá perfeito, sem nenhuma sombra de ruído. E a 50mm, mesmo em f/1.8, tá entregando um bom resultado.

Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.305
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #6 Online: 22 de Março de 2013, 01:31:39
Não acho que tenha o menor sentido alguém usar jpeg em uma câmera profissional... Por melhores que os jpeg sejam nunca irão explorar todo o potencial da câmera.
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


mad666

  • Trade Count: (31)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.828
  • Sexo: Masculino
  • "Aprendendo a cada dia..."
Resposta #7 Online: 22 de Março de 2013, 07:49:41
Não acho que tenha o menor sentido alguém usar jpeg em uma câmera profissional... Por melhores que os jpeg sejam nunca irão explorar todo o potencial da câmera.

Sou fan do .jpg in camera. Ele te poupa tempo de processamento. Converter 500 RAWs pra .jpg eh uma coisa. Converter 50 RAWs pra .jpg demanda 10% do tempo e as 450 fotos restantes vc faz pequenos ajustes no .jpg in camera num software qualquer, mais basicao, com fluxo de trabalho mais rapido e gastando menos tempo entre o .jpg inicial e o final. Deixo o RAW somente pras fotos mais problematicas mas cada um faz o seu fluxo de trabalho ao seu gosto pessoal.

To vendo essas fotos aqui na tela de um ipad 3 e achei algumas um pouco sub. Os RAWs estao melhor equilibrados no quesito iluminaçao.

Falam mal dessa 50tinha da Canon mas pelo menos "daqui", me parece uma otima lente!
"Um dia, crio coragem e me torno profissional!"

Duvidas!!!??? Agora, nada de mensagem pessoal. Use o forum!!!!


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.948
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 22 de Março de 2013, 08:30:43
Não acho que tenha o menor sentido alguém usar jpeg em uma câmera profissional... Por melhores que os jpeg sejam nunca irão explorar todo o potencial da câmera.

JPG é muito usado em fotos que precisam de rapidez...

Esse ano fiz uma formatura inteira em RAW, esqueci de mudar a camera, aiusehaeiauehasiueh

O coordenador disse que a molecada do estudio nem converter RAW sabia.
Aí, eu fiz pra ele na minha casa, e levei as fotos convertidas para a firma.




Pensa numa diferença da qualidade, aiusehaiseuahiseuasheiasuehaiseuahsieuasheiasuehas


Roberto Dellano

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.314
  • Sexo: Masculino
  • RTFM
    • Roberto Dellano Fotografia
Resposta #9 Online: 22 de Março de 2013, 08:41:17
Não acho que tenha o menor sentido alguém usar jpeg em uma câmera profissional... Por melhores que os jpeg sejam nunca irão explorar todo o potencial da câmera.

Eu também uso muito JPG in-câmera, em eventos onde a quantidade de fotos é grande, ou em Freelance é complicado usar RAW. Gosto de usar RAW quando é ensaio ou TTD onde tenho luz para expor a direita e tempo para produzir as fotos.
« Última modificação: 22 de Março de 2013, 08:42:20 por Roberto Dellano »


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.251
Resposta #10 Online: 22 de Março de 2013, 09:12:28
Eu fotografo exclusivamente em RAW, independente do número de fotos que vou fazer. Já voltei para casa com mais de 1000 RAW's para serem convertidos e o fiz sem problemas. Depois de vc ajustar um fluxo padrão no LR, é extremamente rápido e simples.

Sem contar que pequenas coisas como uma redução de ruído localizada, uma correção de área de sombras ou a diminuição de um highlight porque o flash disparou um pouco mais forte, são coisas corriqueiras e muito simples de fazer no RAW, e praticamente impossíveis de se fazer em JPG. Até mesmo a correção de WB no RAW é muito mais simples do que no JPG.

Aliás, até complementando, acho que fotografar em JPG pode ser mais complicado que RAW, por um raciocínio simples.

Se vc tem um perfil bem feito no LR e a foto está totalmente OK, não precisa fazer nada, é só abrir a foto no LR e mandar converter. Quem vai trabalhar é o computador, e não vc. Já se a foto precisa de algum tipo de ajuste, qualquer que seja, é muito mais simples e eficiente e na maioria das vezes, mais rápido,  fazer no RAW do que no JPG, isso sem considerar aqueles ajustes que são impossíveis de serem feitos no JPG.



« Última modificação: 22 de Março de 2013, 09:35:14 por AlexandreS »

Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.726
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #11 Online: 22 de Março de 2013, 10:00:34
Eu fotografo em RAW + JPEG, mas apenas pra ter 2 cópias do mesmo arquivo. De vez em quando algum arquivo RAW sai corrompido, então é bom ter o JPEG pra "salvar" minha pele.

Mas o RAW é incomparavelmente melhor. Percebo facilmente quando acontece isso comigo, de corromper um arquivo e ter que recorrer ao JPEG. A edição no JPEG é extremamente limitada, a qualidade da imagem geral é um tanto inferior, mesmo usando um Picture Style todo ajustado. E pra corrigir balanço de brancos em JPEG, nossa, é uma lástima.

Sou fã do RAW. Em alguns casamentos eu termino com mais de 1.000 arquivos para converter (somando os meus e os do meu parceirão, Roberto Dellano), mas é como o AlexandreS disse, é só criar uma rotina de trabalho que o negócio rende bem. A qualidade final compensa!


mad666

  • Trade Count: (31)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.828
  • Sexo: Masculino
  • "Aprendendo a cada dia..."
Resposta #12 Online: 22 de Março de 2013, 10:01:36
Prefiro entao o melhor dos 2 mundos: RAW num cartao e .jpg fine large no outro, com reduçao de ruido no normal. Na D7000, prefiro "trabalhar" ( sou amador ) assim.
"Um dia, crio coragem e me torno profissional!"

Duvidas!!!??? Agora, nada de mensagem pessoal. Use o forum!!!!


Fabior

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 152
    • Flickr
Resposta #13 Online: 22 de Março de 2013, 10:14:32
Chegou o Aluno:


1. Como se converte de maneira rápida e sem perda de qualidade o raw?
2. O que significa DPP  LR  DR?
3. Como estou iniciando..vcs acham melhor eu ir de Jpeg ou raw?
4. Quando o raw é convertido para jpeg..ele reduz de tamanho????


Ia me esquecendo...gostei do raw tratado....mesmo sendo aprendiz - amador - ignorante.
« Última modificação: 22 de Março de 2013, 10:15:10 por Fabior »
Canon T3  - lente 18-55mm   
Economizando para comprar 1 lente....qual seria???/ claro a 50quentinha

http://www.flickr.com/photos/fabioroberto


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.251
Resposta #14 Online: 22 de Março de 2013, 10:44:00
DPP - Digital Photo Professional, o programa que vem com a sua câmera
LR - LightRoom, o programa de conversão de RAW profissional da ADOBE.

A grande vantagem do DPP é que ele abre por default um RAW com as mesmas configurações que estavam setadas na câmera. Ou seja, se vc fotografar em RAW e abrir no DPP, vai ver uma imagem idêntica a que teria se tivesse fotografado com JPG. A grande desvantagem é que ele é relativamente limitado.

Já o LR não tem essa capacidade, então vc terá que criar um perfil de conversão que seja aplicado automaticamente quando a foto for carregada. Aliás, pode criar vários perfis, um para paisagens, outro para fotos noturnas com flash, etc... Depois vc só terá que fazer ajustes se eles forem necessários.

Quer fazer um teste rápido ??? Instale o sofware que vem com sua câmera.

Depois coloque a câmera em modo P, Picture Style Standard e faça uma foto em RAW. Depois coloque a câmera em modo Monocromático e faça outra foto em RAW. Finalmente, volte para Standard, compense a exposição em 1 ponto para que a foto fique totalmente superexposta e faça outra foto em RAW.

Copie as tres fotos para o computador e abra o DPP.

No DPP as fotos sairão praticamente idênticas ao que vc viu no lCD da câmera, inclusive a monocromática, porque o DPP leu as configurações da câmera e sabe que vc fez a foto assim, então aplicou esta configuração como default na conversão. Mas isso não é definitivo, pegue a foto monocromática e passe para Standard e ela voltará a ser colorida. Pegue a que vc clicou em Standard e passe para Landscape para ver a diferença que os Pictures Styles fazem durante a rotina de demosaico.

E finalmente, pegue a última foto, que está superexposta e que estaria irremediavelmente no lixo se fosse JPG, e altere o slider de exposição puxando 1 ponto para baixo. E pronto, vc tem uma foto novinha e recuperada :)

« Última modificação: 22 de Março de 2013, 10:44:59 por AlexandreS »

Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460