Autor Tópico: Existe talento/dom ou tudo pode ser obtido com estudo e dedicação?  (Lida 4659 vezes)

Lucas Estêvão

  • Trade Count: (22)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.162
  • Sexo: Masculino
Antigo, mas interessante debate com a intenção de dar continuidade ao assunto que surgiu aqui no fórum.

Referência interessantes:
http://www.clicio.com.br/blog/2009/talento-nao-existe-nao/


mad666

  • Trade Count: (31)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.828
  • Sexo: Masculino
  • "Aprendendo a cada dia..."
Resposta #1 Online: 16 de Abril de 2013, 22:14:19
Pra mim, existe talento sim! Entra aih o lance de facilidade de aprendizado, imenso prazer em atuar na area e a criatividade. Mas sem estudo e centenas ou milhares de horas de dedicaçao, isso tudo vira uma mera "energia potencial", como uma pilha sem gadget ou uma barragem de hidreletrica cheia de agua com as turbinas desligadas. O potencial existe, mas sem o aprendizado e dedicaçao, de nada vale!

Street e Paisagens envolve muito talento. Jah Still e fotografia de comida envolve mais tecnica e equipamento que talento q essas areas q citei, mas tb há os talentosos nessas e todas as areas.
"Um dia, crio coragem e me torno profissional!"

Duvidas!!!??? Agora, nada de mensagem pessoal. Use o forum!!!!


Lucas Estêvão

  • Trade Count: (22)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.162
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 16 de Abril de 2013, 23:29:25
Vou me auto-citar de outro tópico.

Meses atrás vi fotos magistrais num Facebook. Entrei no perfil e vi que a autora tinha 15 anos. Perguntei sobre o esquema de luzes que usou e tudo mais e ela riu. "Nem sei do que você tá falando". Mais conversa e ela me disse a câmera que usou, uma Sony Cyber-shot de R$ 600. Uma parede, uma janela grande e um lençol branco pra "matar um pouco a luz da janela", como disse ela. Ah, ela esperou às 15h pra luz ficar mais fraca, não refletir no piso da varanda.
Perguntei de onde tinha tirado a ideia das poses da modelo (a irmã dela) e do esquema de luz, sombra e tudo mais e ela disse que segue muitos blogs no tumblr. Aquela coisa mais fashion mesmo. Deduzi que, de tanto ver fotos do estilo, ela criou a capacidade de entender como chegar naquele resultado. Sem Photoshop. Apenas com um filtro "vintage" que usou de um site free, um lençol usado como cortina/softbox e uma câmera point-and-shot ela conseguiu fazer o que vários fotógrafos passam anos pra fazer com equipamentos caros e dezenas de livros.

Ela vai ser fotógrafa. E das boas.

Arte é um ponto a parte. Não se ensina nem se aprende.

Acho que não foram centenas ou milhares de horas de estudo aí. Assim como aqueles meninos de 5 anos que fazem mais embaixadinhas que um jogador profissional.


FeLopes

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 610
Resposta #3 Online: 16 de Abril de 2013, 23:53:41
Depende da teoria que você queira adotar, hehehe.

Existe uma teoria muito estudada na educação que se chama "Teoria das Inteligências Múltiplas" de Richard Gardner. Nessa teoria, através de estudos, ele descobriu que além das inteligências lógico-matemáticas e das liguistícas (tradicionalmente estimuladas na escola até hoje) existem mais sete tipos de inteligências, cada um com um enfoque diferente, que são: Lógico-matemática, Linguística, Musical, Espacial, Corporal-cinestésica, Intrapessoal, Interpessoal, Naturalista, Existencial.

Cada indivíduo geralmente tem uma predisposição natural pra uma ou duas delas, e por vezes, indisposição forte a outras. Ter essa predisposição não te faz um gênio, mas se você for estimulada nela, você crescerá e construirá conhecimentos muito mais rapidamente e será um indivíduo mais feliz também.

Se tratando de fotografia, várias dessas inteligências podem ser utilizadas, as que menos fazem sentido para fotografia são justamente as mais estimuladas pela sociedade, que são a lógico-matemática e a linguistica.

Respondendo a pergunta do tópico agora: Sim, tudo pode ser obtido por estudo e dedicação, mas também com sensibilidade e bom senso. Pessoas com dons não são aquelas que nasceram viradas pra lua, são aquelas que trabalharam, investiram e transformaram essa predisposição  numa realidade. Muleke fazendo embaixadinha com 5 anos tem aos montes, mas quantos desses se tornam jogadores ou esportistas de fato?


FeLopes

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 610
Resposta #4 Online: 17 de Abril de 2013, 00:02:13
Citar
Arte é um ponto a parte. Não se ensina nem se aprende.

Concordo discordando, mais discordando do que concordando. Se aprende e se ensina arte sim, arte só se constrói no momento em que o artista troca algum conhecimento com o mundo, mas o que faz o artista de fato é o trabalho que ele desenvolve, de desenvolver e apurar um olhar, um conceito ou uma estética demora...... e é esse o processo que faz um artista, e não uma foto bem feita ou outra obra de arte pontual

Enquanto artista que sou (sou performer e atuo na área de dança contemporânea), esse papinho de dom só serve pra espantar gente que tá interessada em trabalhar o querendo arrumar desculpa pra sua miséria.


Lucas Estêvão

  • Trade Count: (22)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.162
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 17 de Abril de 2013, 00:30:53
Existe uma teoria muito estudada na educação que se chama "Teoria das Inteligências Múltiplas" de Richard Gardner. Nessa teoria, através de estudos, ele descobriu que além das inteligências lógico-matemáticas e das liguistícas (tradicionalmente estimuladas na escola até hoje) existem mais sete tipos de inteligências, cada um com um enfoque diferente, que são: Lógico-matemática, Linguística, Musical, Espacial, Corporal-cinestésica, Intrapessoal, Interpessoal, Naturalista, Existencial.

Cada indivíduo geralmente tem uma predisposição natural pra uma ou duas delas, e por vezes, indisposição forte a outras. Ter essa predisposição não te faz um gênio, mas se você for estimulada nela, você crescerá e construirá conhecimentos muito mais rapidamente e será um indivíduo mais feliz também.

Se tratando de fotografia, várias dessas inteligências podem ser utilizadas, as que menos fazem sentido para fotografia são justamente as mais estimuladas pela sociedade, que são a lógico-matemática e a linguistica.

Respondendo a pergunta do tópico agora: Sim, tudo pode ser obtido por estudo e dedicação, mas também com sensibilidade e bom senso. Pessoas com dons não são aquelas que nasceram viradas pra lua, são aquelas que trabalharam, investiram e transformaram essa predisposição  numa realidade. Muleke fazendo embaixadinha com 5 anos tem aos montes, mas quantos desses se tornam jogadores ou esportistas de fato?

Muito interessante, FeLopes. Não conhecia essa teoria. Obrigado por compartilhar.
Quanto ao fato de os meninos não se tornarem profissionais do futebol não é relevante na minha exemplificação. Quis apenas induzir à reflexão de que uma criança dessa idade não teve anos de estudo e treino para fazer o que faz. Normalmente assiste alguém fazendo, pega a bola e começa a fazer. O que impressiona é que se trata de um movimento extremamente preciso.

Concordo discordando, mais discordando do que concordando. Se aprende e se ensina arte sim, arte só se constrói no momento em que o artista troca algum conhecimento com o mundo, mas o que faz o artista de fato é o trabalho que ele desenvolve, de desenvolver e apurar um olhar, um conceito ou uma estética demora...... e é esse o processo que faz um artista, e não uma foto bem feita ou outra obra de arte pontual

Enquanto artista que sou (sou performer e atuo na área de dança contemporânea), esse papinho de dom só serve pra espantar gente que tá interessada em trabalhar o querendo arrumar desculpa pra sua miséria.

Interessante raciocínio.
Eu não creio que alguém possa explicar uma obra de arte. Ela é fruto de interpretação pessoal. O próprio artista pode ter feito ela pensando em fazer tal coisa, mas depois de pronta avista outra coisa ali. Isso é ainda mais visível na arte contemporânea (a qual eu não sou um apreciador). O artista diz ter pintado casas ali, mas eu vejo alguns riscos e relaciono com uma praia e um barco. Como explicar? Como ensinar? Como entender?

Já que é da área da dança, deve saber que algumas pessoas nascem com uma flexibilidade muito maior que outras. Fator genético mesmo. Essas pessoas podem se tornar contorcionistas se tiverem interesse pela atividade e nunca serão superadas por pessoas sem esse fator genético. Isso mesmo: nunca. É uma questão pura de mecânica e física: um músculo que estica mais que o normal. Nem com alongamento excessivo o normal chegará ao mesmo patamar do geneticamente favorecido. Se isso pode ser considerado um dom...


FelipeLaureano

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 104
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 17 de Abril de 2013, 00:59:57
Bom eu trabalho com um outro tipo de arte...
A dança, sendo mais especifico Danças urbanas.
Mas enfim, em todas as artes, trabalhos, na vida, ha alguem que se destaca.
Bom eu nao acredito na palavra dom abilidade e talento sao coisas que se conquistam.
Acredito que algumas pessoas sim tem certa facilidade, como a menina que sempre via ''fotos fashion'' e ja tirou suas fotos tendo elas como um remix de outras...
Ninguem nasce sabendo, mas algumas situaçoes da vida ajudam as pessoas ter melhor desenpenho em algo, como viver sua arte dia e noite, isso da a pessoa outra perspectiva. Diferente de quem vive sua arte uma hora por semana.


Rafael.l

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.871
Resposta #7 Online: 17 de Abril de 2013, 08:30:24
Citar
Ninguem nasce sabendo, mas algumas situaçoes da vida ajudam as pessoas ter melhor desenpenho em algo, como viver sua arte dia e noite, isso da a pessoa outra perspectiva. Diferente de quem vive sua arte uma hora por semana.

isso resume bem oq eu tinha falado no outro tópico ( se quiser dizer oq eu entedi uehauhes), o modo e o tempo q as pessoas se dedicam a certas tarefas muda muito o seu desenvolvimento nela, dizer q vc precise ter um dom pra mim eh se impor limites, muitas vezes vejo gente olhando pra um individuo tal e dizendo "po esse cara nasceu pra isso, tão novo e ja ta assim" "ou em tão pouco tempo esta tão bom" mas não sabe oq ele passa no dia a dia, oq passa na cabeça dele, quanto tempo do dia ele realmente esta focado naquilo, seja em pensamento, em estudo praticando etc...

Acho q dom eh um limitador, pensar dessa forma acho q eh um bom inicio pra vc não conseguir ser tão bom justamente por acreditar q não pode ser.

Outra coisa eh aquelas q tem alguma deficiencia e desenvolvem habilidades incriveis, desenhando, musica etcc.. não acho isso um dom, acho q elas estão explorando oq ainda podem fazer, enquanto muitos na mesma condição estariam aguardando pra morrer.

Essa pré disposição, não passa da pessoa gostar do q faz, ou tem alguem aqui com pré disposição a fotografia mas odeia fotografar?

Uma coisa q lembrei agora, no outro tópico comentaram sobre Einstein, ele era considerado meio retardado na escola, e ai cade sua predisposição a matematica, a lógica, a fisica? Depois talvez ele deve ter visto algo q lhe chamou atenção e foi a fundo tentar entender.

Acho q isso eh bem facil de se observar quando vc ta estudando algo ou precisa decorar algo e não entra na sua cabeça, simplesmente pq não eh algo q lhe interesse muito, dai vc entra aqui no forum le meia duzia de tópicos e pode trabalhar de vendedor na b&h pq ja conhece de cor a descrição das maquinas e lentes ..

Isso minha na minha opinião, eh claro, eh dessa forma q eu penso





CoelhoRJ

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 197
Resposta #8 Online: 17 de Abril de 2013, 08:34:38
Uma crueldadade da vida:

Vc pode jogar futebol, treinar horrores, ser disciplinado técnica e taticamente mas nunca será um Zico, um Pelé, um Messi.

Mas ainda assim tem alguma chance de ir vivendo do seu futebol sem virar uma celebridade.

Já o Talentoso nato que por outro lado não se cuida (Maradona) sempre vai ter mais portas abertas para ele por mais que sistematicamente sabote o próprio futuro, pois "ficamos com pena" de ver um talento desperdiçado.


Mas enfim não nos desesperemos....Algum livro de auto-ajuda já estampou que o sucesso só vem antes do trabalho no dicionário.


Lucas Estêvão

  • Trade Count: (22)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.162
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 17 de Abril de 2013, 10:27:28
Interessantes opiniões, todas, mas ninguém me explicou ainda sobre o menino de 5 anos fazendo embaixadinhas infinitamente. E sobre Usain Bolt. E sobre Beethoven surdo. E sobre o contorcionista favorecido geneticamente.

Se a genética realmente favorece a alguns em partes motoras, então é muito provável que favoreça a outros em determinadas regiões do cérebro, fazendo com que desenvolvam habilidades mais rapidamente, e que com um trabalho contínuo, não podem ser superados por alguém sem esse favorecimento.

Um exemplo simples são as classificações de biotipo genético: ectomorfos, endomorfos e mesomorfos.


Diogenes

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.561
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 17 de Abril de 2013, 10:56:04
Caramba, este talvez tenha sido o melhor dos melhores tópicos que encontrei.
Discussões e opiniões distintas, cada uma com seus embasamentos e experiências pessoais.
Vou também deixar aqui minha opinião sobre isto tudo.
Alguém aí em cima falou do Maradona. Será que existe alguém no mundo que pode dizer que aquilo não era um dom? O cara tava nem aí com porra nenhuma, mas ele ia lá e fazia, e pronto. Não quero falar do Pelé ou outros, porque não vi jogar. Talvez tenham sido da mesma forma. Apenas faziam. Treinar pra quê, como disse o Romário?
Eu tenho uma filha que se formou em Economia e um filho que se formou em Direito. Provavelmente a minha maior preocupação, enquanto educador e responsável por aquelas criaturas tenha sido exatamente isto: fazer com que eles descobrissem qual era a deles! Se você descobre qual é a tua, sucesso, reconhecimento, dinheiro e portanto felicidade são apenas consequências. Se você descobre qual é a tua, voce fará aquilo com muito mais facilidade, com muito mais rapidez e com muito mais eficácia que os outros, que estudaram, malharam, se dedicaram horas a fio, etc, mas que não tinham aquilo como seu "dom" natural.
Claro que se você se dedicar, estudar, ler, trabalhar, etc. e fazer isto incessantemente, você vai ser bom, vai aprender, vai fazer, vai ter algum sucesso, vai ganhar algum dinheiro, etc. Mas ainda assim, quem tiver o "dom" pra fazer a mesma coisa que você, também vai ser bom, também vai aprender, também vai fazer, também vai ter algum sucesso, também vai ganhar algum dinheiro, etc...MAS COM MUITO MENOS ESFORÇO.
Nós todos temos habilidades para mais de uma "coisa". O lance é você descobrir qual é a tua e ter a oportunidade de correr atrás dela.
« Última modificação: 17 de Abril de 2013, 11:12:42 por Diogenes »
Se você acha que pode, você tem razão. Se acha que não pode, também tem razão. Você é quem sabe!


Natão

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.273
  • Sexo: Masculino
  • "dichterisch, wohnet der Mensch auf dieser Erde"
Resposta #11 Online: 17 de Abril de 2013, 11:00:04
Hahahaha, vendo esse tópico eu lembro da propaganda bem antiga do Pneu Pirelli P6000 onde o slogan era - "POTÊNCIA NÃO É NADA SEM CONTROLE"... :hysterical: :hysterical: :hysterical:

Mais ou menos como "TALENTO NÃO É NADA SEM DEDICAÇÃO".


Rafael.l

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.871
Resposta #12 Online: 17 de Abril de 2013, 11:19:56
Citar
Interessantes opiniões, todas, mas ninguém me explicou ainda sobre o menino de 5 anos fazendo embaixadinhas infinitamente. E sobre Usain Bolt. E sobre Beethoven surdo. E sobre o contorcionista favorecido geneticamente.

Se a genética realmente favorece a alguns em partes motoras, então é muito provável que favoreça a outros em determinadas regiões do cérebro, fazendo com que desenvolvam habilidades mais rapidamente, e que com um trabalho contínuo, não podem ser superados por alguém sem esse favorecimento.

Um exemplo simples são as classificações de biotipo genético: ectomorfos, endomorfos e mesomorfos.

 Beethoven era forçado a estudar musica, praticamente 24/7 se errava porrada nele, ele perdeu audição depois de muito tempo, depois de ter aprendido musica, o fato de ele ter se adaptado a isso ainda não considero dom, ele viveu a musica e conseguiu sentila mesmo sem ouvir.

Condições fisicas correr, força, etc isso a variação de pessoas pra pessoa mas isso é uma condição fisica, uma caracteristica q eh resultado da evolução, da sua genética.. não vejo dom nisso.

tem um menino não lembro de que pais q tem uns 4, 5 anos e nasceu com uma tipo de mutação sei la como chamar, mas tem la uma anomalia q não prejudica em nada a saude dele mas ele tem uma força muito acima do normal.
Dom da força então ?
« Última modificação: 17 de Abril de 2013, 11:20:45 por Rafael.l »


Diogenes

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.561
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 17 de Abril de 2013, 11:23:44
Beethoven era forçado a estudar musica, praticamente 24/7 se errava porrada nele, ele perdeu audição depois de muito tempo, depois de ter aprendido musica, o fato de ele ter se adaptado a isso ainda não considero dom, ele viveu a musica e conseguiu sentila mesmo sem ouvir.

Condições fisicas correr, força, etc isso a variação de pessoas pra pessoa mas isso é uma condição fisica, uma caracteristica q eh resultado da evolução, da sua genética.. não vejo dom nisso.

tem um menino não lembro de que pais q tem uns 4, 5 anos e nasceu com uma tipo de mutação sei la como chamar, mas tem la uma anomalia q não prejudica em nada a saude dele mas ele tem uma força muito acima do normal.
Dom da força então ?

Não creio, Rafael.
Como voce mesmo disse, trata-se apenas de uma anomalia, uma disfunção qualquer que o leva a ter uma força anormal. Assim como neste caso é pra maior, poderia também ser para menor, já que é uma anomalia, uma falha qualquer em algum gen.

Dom é quando você não sabe porque faz alguma coisa com tanta facilidade, enquanto outros "apanham" pra fazer, mas estamos falando aqui de coisas tidas como "normais".
« Última modificação: 17 de Abril de 2013, 11:26:28 por Diogenes »
Se você acha que pode, você tem razão. Se acha que não pode, também tem razão. Você é quem sabe!


Rafael.l

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.871
Resposta #14 Online: 17 de Abril de 2013, 11:35:13
então ai q ta, oq é normal, as pessoas tem musculatura diferente, corpos diferente, isso eh uma questão genética uma questão de evolução, como pessoas q vivem em montanhas por exemplo, q tem o sistema respiratório mais desenvolvido por causa do ar rafeito, ou pessoas q moram em lugares muito frios que quando  ta 10º no sol o cara ta de regata suando. Essas condiçoes até pode dar eles vantagem em um esporte ou oq quer q seja mas não vejo dom nisso.