Autor Tópico: Uma tentativa de Still  (Lida 472 vezes)

Lucas Estêvão

  • Trade Count: (22)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.162
  • Sexo: Masculino
Online: 02 de Maio de 2013, 00:59:26
Apenas uma tentativa para obter um feedback dos colegas com a finalidade de aprender um pouco mais sobre essa área.
A garrafa foi a primeira coisa que encontrei pela frente.
O fundo infinito é um lençol apoiado numa caixa de papelão.
A iluminação foi feita utilizando um softbox quadrado de 60cm e um rebatedor de 110cm.
ISO 200, 1/200 em f/5.6 e f/4, respectivamente, usando uma lente de 50mm.
Flash manual em 1/16 e 1/32 disparado por rádio.

Comentários e críticas são bem vindos.

Abraços!

1.


2.


fabianomedice

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 237
  • Sexo: Masculino
  • El Texugão
    • Texugo's Backpack
Resposta #1 Online: 02 de Maio de 2013, 01:20:43
Achei as fotos bem feitas.
A única crítica que eu poderia dar seria na 1.

Tomar cuidado com o flash direto para não refletir no vidro.


Agora não sei o por que, sinto que só falta uma letra japonesa no fundo, ou lado ou em algum lugar para parecer um anúncio ou algo do tipo.
É, devaneios da noite  :hysterical:
http://fabianomedice.tumblr.com
Nikon D7000
AF-S DX NIKKOR 18-105mm f/3.5-5.6G ED VR || AF-S DX VR Zoom-NIKKOR 55-200mm f/4-5.6G IF-ED || AF-S NIKKOR 50mm f/1.4G || AF-S VR Micro-NIKKOR 105mm f/2.8G IF-ED || AF-S Teleconverter TC-20E III || Kenko 2x Teleplus Pro 300 DGX
SB-700 || Flash Aputure Amaran AHL-N60


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.487
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 02 de Maio de 2013, 08:24:16
Eu prefiro a 1.

O reflexo, apesar de um pouco forte e não muito bem posicionado, ajuda na revelação do vidro. Você pode tirar um pouco da homogeneidade da luz de fundo, concentrando um circulo de luz logo atras do vidro, ou escurecendo de qualquer forma a área luminosa nas laterais posteriores do fundo, isso vai ajudar na marcação do vidro como material refratário e transparente.

O fundo branco é cruel, pois não oferece muito controle de luz, devido ao rebatimento e espalhamento da luz por todo lado.



krebu

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 28
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 02 de Maio de 2013, 09:18:17
a 2 ficou Show! :ok:


Lucas Estêvão

  • Trade Count: (22)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.162
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 02 de Maio de 2013, 09:32:30
Achei as fotos bem feitas.
A única crítica que eu poderia dar seria na 1.

Tomar cuidado com o flash direto para não refletir no vidro.

Agora não sei o por que, sinto que só falta uma letra japonesa no fundo, ou lado ou em algum lugar para parecer um anúncio ou algo do tipo.
É, devaneios da noite  :hysterical:

Obrigado, Fabiano!

O reflexo foi intencional. A luz foi posicionada lateralmente pra dar esse reflexo clássico, algo bem comum em fotografia de garrafa.

Com certeza! Pra essa fotografia virar uma propaganda deveria, obrigatoriamente, ter um adendo ao fundo.

Muito obrigado pelo comentário e sugestões.


Lucas Estêvão

  • Trade Count: (22)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.162
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 02 de Maio de 2013, 09:48:50
Eu prefiro a 1.

O reflexo, apesar de um pouco forte e não muito bem posicionado, ajuda na revelação do vidro.

Verdade, Claudio, reflexo forte e mal posicionado. Imagino que a câmera tenha ficado acima da linha central da garrafa, por isso ficou mais forte numa extremidade. Deveria ter baixado um pouco mais o tripé, então o reflexo ficaria uniforme.

O que eu teria de fazer para reduzir a intensidade desse reflexo uma vez que se eu baixasse a potência do flash o fundo ficaria acinzentado? Várias luzes? Uma no objeto e outras na base e fundo?

Você pode tirar um pouco da homogeneidade da luz de fundo, concentrando um circulo de luz logo atras do vidro, ou escurecendo de qualquer forma a área luminosa nas laterais posteriores do fundo, isso vai ajudar na marcação do vidro como material refratário e transparente.

O fundo branco é cruel, pois não oferece muito controle de luz, devido ao rebatimento e espalhamento da luz por todo lado.

Já li isso no "Luz: Ciência & Magia". Lembrei disso enquanto tirava as fotos, até tentei improvisar, mas com meu fundo já improvisado não consegui simular algo desse tipo com os materiais que eu tinha à disposição. Imaginei bloquear a luz do fundo com um gobo no softbox, posicionando ele mais lateralmente do que está nessa imagem, assim a luz dele chegaria apenas na garrafa. Como luz de fundo, eu usaria outro flash vindo de trás do fundo, gerando um círculo mais forte bem no centro (atrás da garrafa) e mais escuro nas laterais, exibindo melhor a forma do vidro.

Quanto ao fundo branco que falou que é cruel, que cor/material sugere?

Obrigado pelas dicas e sugestões. Abraços!
« Última modificação: 02 de Maio de 2013, 09:50:50 por lestevaos »


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.487
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 02 de Maio de 2013, 10:26:54
O que eu teria de fazer para reduzir a intensidade desse reflexo uma vez que se eu baixasse a potência do flash o fundo ficaria acinzentado? Várias luzes? Uma no objeto e outras na base e fundo?

Quanto ao fundo branco que falou que é cruel, que cor/material sugere?

Obrigado pelas dicas e sugestões. Abraços!

Use mais um difusor pequeno, mais próximo do vidro, com ele vc pode variar posição e intensidade. Pode ser uma placa acrílica, papel vegetal, tampa de tupeware, qq coisa.

Pense no vidro como uma lente que enxerga mais que a lente da camera, ele busca coisas que estão fora do frame e deixa elas visíveis através do seu corpo, então é trabalhar uma forma bonita da luz para a sombra, atrás do vidro, e isso vai se encaixar dentro dele.

Há tempos eu fiz uma foto para uma revista de combustíveis, tem o esquema de luz:
http://www.midiaarte.com.br/midiafoto/sem-categoria/garrafas-de-oleo/

E aqui uma para um fabricante de produtos de pet shop

« Última modificação: 02 de Maio de 2013, 10:29:47 por Claudio Rombauer »


Lucas Estêvão

  • Trade Count: (22)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.162
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 02 de Maio de 2013, 11:14:01
Use mais um difusor pequeno, mais próximo do vidro, com ele vc pode variar posição e intensidade. Pode ser uma placa acrílica, papel vegetal, tampa de tupeware, qq coisa.

Entendi. Uma espécie de gobo, só que difusor, para reduzir um pouco a incidência de luz em um ponto específico, no caso, na garrafa. O fundo continua recebendo a mesma iluminação.

Pense no vidro como uma lente que enxerga mais que a lente da camera, ele busca coisas que estão fora do frame e deixa elas visíveis através do seu corpo, então é trabalhar uma forma bonita da luz para a sombra, atrás do vidro, e isso vai se encaixar dentro dele.

Precisei desse post para entender essa filosofia: http://www.midiaarte.com.br/midiafoto/still/a-taca-e-o-fenomeno-da-refracao/

Há tempos eu fiz uma foto para uma revista de combustíveis, tem o esquema de luz:
http://www.midiaarte.com.br/midiafoto/sem-categoria/garrafas-de-oleo/

Pensei nisso, só que ao invés da parede branca eu teria apontado a luz diretamente pra trás da garrafa, usando meu fundo como difusor. O que falei antes é parecido com essa tua iluminação das garrafas de óleo, porém eu teria tirado a luz da direita e posicionado o hazy um pouco mais distante do fundo e tapado a incidência de luz dele no fundo (deixando o fundo preto), então a luz de trás do fundo seria no centro (apontando pra trás da garrafa) e as bordas ficaria escuras, como sugeriu antes (formando um círculo forte de luz no centro da imagem).


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.487
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 02 de Maio de 2013, 11:15:42
Pensei nisso, só que ao invés da parede branca eu teria apontado a luz diretamente pra trás da garrafa, usando meu fundo como difusor. O que falei antes é parecido com essa tua iluminação das garrafas de óleo, porém eu teria tirado a luz da direita e posicionado o hazy um pouco mais distante do fundo e tapado a incidência de luz dele no fundo (deixando o fundo preto), então a luz de trás do fundo seria no centro (apontando pra trás da garrafa) e as bordas ficaria escuras, como sugeriu antes (formando um círculo forte de luz no centro da imagem).

Eu não faria assim, mas é questão de gosto.
Temos estilos diferentes, cada um faz de um jeito afinal.

« Última modificação: 02 de Maio de 2013, 11:16:56 por Claudio Rombauer »


Lucas Estêvão

  • Trade Count: (22)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.162
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 02 de Maio de 2013, 11:36:15
Eu não faria assim, mas é questão de gosto.
Temos estilos diferentes, cada um faz de um jeito afinal.

Certo, mas não faria porque acredita que não teria um resultado satisfatório ou apenas por gosto mesmo? Quero entender se o que eu pensei faz algum sentido.


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.487
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 02 de Maio de 2013, 12:00:49
Certo, mas não faria porque acredita que não teria um resultado satisfatório ou apenas por gosto mesmo? Quero entender se o que eu pensei faz algum sentido.

eu não gosto de usar o fundo difusor como glow, pois geralmente sobra luz perto da moldura e aparece a marcação do final da luz, de forma abrupta, a não ser que o fundo tenha uns 3 metros de largura, eu prefiro o resultado da luz rebatida em uma grande superfície branca.

Além disso, é raro o fundo que não deixe passar a marca da lâmpada, apenas alguns acrílicos que eu tenho aqui fazem a difusão perfeita. O tecido padrão de hazy, por exemplo, deixa aparecer, além de passar para o vidro a textura do fio.

As colméias se comportam melhor também na superfície rebatida, pro meu gosto.

Mas isso é um pouco de neura de quem só fotografa still, além de gosto pessoal adquirido com o tempo. O seu jeito não é errado, é apenas outro jeito de fazer.
« Última modificação: 02 de Maio de 2013, 12:01:50 por Claudio Rombauer »


Lucas Estêvão

  • Trade Count: (22)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.162
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 02 de Maio de 2013, 13:47:41
Mas isso é um pouco de neura de quem só fotografa still, além de gosto pessoal adquirido com o tempo. O seu jeito não é errado, é apenas outro jeito de fazer.

Entendi, Claudio. Não tentei daquela forma, mas pensando com base no que você falou, certamente obteria como resultado a lâmpada muito marcada no fundo. Realmente da sua forma parece bem mais simples e o resultado é excelente.

Gostei muito da refração na taça com luz lilás. Sabe quando você leu bastante sobre algo, mas nunca compreendeu completamente? Depois de ler aquele seu post tive esse "Momento AHA!" para a refração. Explicação simples e lúcida. Parabéns.