Autor Tópico: Digitalização de fotos em filme  (Lida 1378 vezes)

YVanderlei

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 486
Online: 19 de Maio de 2013, 17:25:46
Tenho muitas fotografias feitas em filme e gostaria de digitalizar boa parte delas.
Qual é a melhor maneira de fazer isso, escanear os negativos ou as ampliações em papel?
Aliás, qual é a vantagem de digitalizar os negativos? Já ouvi falar nisso, mas não faço ideia de como e pra que fazer esse procedimento.

Obrigado.


spiderman

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.410
Resposta #1 Online: 19 de Maio de 2013, 18:16:43
A melhor maneira eh usando um scanner de tambor, mas eh muito caro e não eh fácil de encontrar um.
Outra opção eh usar um scanner de mesa com suporte para negativos. Você encontra alguns razoáveis a bons preços e o processo eh bastante simples.
« Última modificação: 19 de Maio de 2013, 18:19:55 por spiderman »
Campanha de crowdfunding pra lançamento do livro - Retratos pra Yayá

Acesse e apoie: www.catarse.me/retratosprayaya


Mr. Hyde

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 16.575
  • Sexo: Masculino
    • Faceboock
Resposta #2 Online: 19 de Maio de 2013, 21:34:03
Movendo tópico...

____________________
"Deus perdoe o Mal que habita em mim" M. Nova


Brocatto

  • Trade Count: (32)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.356
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 19 de Maio de 2013, 22:47:29
E que vocês acham do método de fotografar o negativo, vale a pena?


YVanderlei

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 486
Resposta #4 Online: 20 de Maio de 2013, 18:53:46
A melhor maneira eh usando um scanner de tambor, mas eh muito caro e não eh fácil de encontrar um.
Outra opção eh usar um scanner de mesa com suporte para negativos. Você encontra alguns razoáveis a bons preços e o processo eh bastante simples.

Muito obrigado pelas dicas.

Na verdade, não pretendo adquirir equipamento apenas para isso, já que não fotografo mais com filme e, assim, o investimento na compra do scanner não valeria a pena.

Será que os laboratórios profissionais que fazem ampliações em papel não fariam esse tipo de trabalho utilizando um bom equipamento? Sei bastaria contatá-los, mas antes precisaria elucidar essas dúvidas e saber exatamente o que seria melhor eu fazer.

Reformulando a pergunta inicial, qual é a diferença entre digitalizar uma imagem já ampliada em papel e escanear um negativo colorido ou PB?

Obrigado novamente se puder esclarecer essas questões.


VitorK.

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 292
  • Sexo: Masculino
  • Química + Fotografia
    • 500px
Resposta #5 Online: 21 de Maio de 2013, 00:01:24
Eu fotografei com filme alguns meses atrás, aliais, tenho que voltar a faze-lo, e quando mandei revelar, pedi tambem um CD com as digitalizações das fotos. Infelizmente, a qualidade dessas digitalizações não permite um posteriores revelações dessas digitalizações maiores que 15x21 mantendo boa qualidade... eu tenho as ultimas numa "digitalização em alta definição" que não vi qual é o tamanho máximo numa revelação.
C: Nikon D5100
L: Nikkor 50mm f/1.2 Ais + AF-S 50mm f/1.8G + AF-S 18-55mm f/3.5-5.6G DX + AF-S 24-85mm F/3.5-4.5 ED + Holga HL-N 60mm f/8
A: YongNuo YN-467II + YN-622N

500px


ClaudioH

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 142
Resposta #6 Online: 21 de Maio de 2013, 10:50:26
Já digitalizei muitos negativos em alguns minilabs aqui no Rio, e em geral o resultado era ruim. Comprei um HP G4050, mas não fui muito em frente. O que achei mais difícil é manter a fidelidade das cores ao digitalizar.


pauloh

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 211
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 21 de Maio de 2013, 16:16:59
...
Reformulando a pergunta inicial, qual é a diferença entre digitalizar uma imagem já ampliada em papel e escanear um negativo colorido ou PB?

Obrigado novamente se puder esclarecer essas questões.

A diferença é a qualidade. Todo processo de cópia analógica-analógica ou analógica-digital acontece com perdas de informação ("perda de qualidade"). Quando um negativo é copiado para um papel fotográfico, você obtém uma imagem menos fiel que o original (negativo). E novamente quando essa imagem do papel é digitalizada, sua cópia digital tem uma fidelidade menor que a do papel fotográfico. É igual um processo de fotocópia. A cópia tem uma qualidade menor que o original. A cópia da cópia menos ainda. E assim por diante...
Então o ideal para se perder o mínimo possível de informações é digitalizar a partir dos negativos. Geralmente quanto mais caro o scanner menores serão as perdas e maior a fidelidade em relação aos negativos. Importante também é a qualificação do operador da máquina. Não adianta nada ter um Flextight X5 (http://www.bhphotovideo.com/c/product/463800-REG/Hasselblad_70380301_Flextight_X5_Scanner.html), se o cara mal sabe ligá-lo.
Acho que a melhor opção no seu caso é fazer uma pesquisa em laboratórios fotográficos, levando umas 2 ou 3 imagens para digitalizar em cada um e depois ver qual compensa mais (relação custo/qualidade).


dimigobbo

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.698
  • Sexo: Masculino
    • Meu Flickr
"If your pictures aren't good enough, you're not close enough"

RTFM


Brocatto

  • Trade Count: (32)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.356
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 21 de Maio de 2013, 18:24:49
Valeu Dimi :ok:


spiderman

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.410
Resposta #10 Online: 21 de Maio de 2013, 18:34:44
De uma olhada no Estudio 321 e na Gicleria. Eles tem otimas opções de scaneamento.
Campanha de crowdfunding pra lançamento do livro - Retratos pra Yayá

Acesse e apoie: www.catarse.me/retratosprayaya


YVanderlei

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 486
Resposta #11 Online: 21 de Maio de 2013, 19:24:50
Eu fotografei com filme alguns meses atrás, aliais, tenho que voltar a faze-lo, e quando mandei revelar, pedi tambem um CD com as digitalizações das fotos. Infelizmente, a qualidade dessas digitalizações não permite um posteriores revelações dessas digitalizações maiores que 15x21 mantendo boa qualidade... eu tenho as ultimas numa "digitalização em alta definição" que não vi qual é o tamanho máximo numa revelação.

Isso eu já fazia quando fotografava em filme, mas obrigado pela dica.


YVanderlei

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 486
Resposta #12 Online: 21 de Maio de 2013, 19:26:01
Já digitalizei muitos negativos em alguns minilabs aqui no Rio, e em geral o resultado era ruim. Comprei um HP G4050, mas não fui muito em frente. O que achei mais difícil é manter a fidelidade das cores ao digitalizar.

Mas, e aí, qual é a finalidade da digitalização de negativos?
Obrigado.


YVanderlei

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 486
Resposta #13 Online: 21 de Maio de 2013, 19:26:22
De uma olhada no Estudio 321 e na Gicleria. Eles tem otimas opções de scaneamento.

Valeu novamente pelas dicas.


YVanderlei

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 486
Resposta #14 Online: 21 de Maio de 2013, 19:32:02