Autor Tópico: Quem são nossos políticos?  (Lida 1035 vezes)

Lucas Estêvão

  • Trade Count: (22)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.162
  • Sexo: Masculino
Online: 02 de Julho de 2013, 21:31:20
Hoje li uma crônica bastante interessante de um jornalista que gosto muito aqui do RS e com o qual normalmente concordo. Dessa vez não foi diferente. Segue.

QUEM?

Quem não respeita o assento para idosos no ônibus? Quem fura a fila para ser atendido primeiro? Quem joga o lixo fora do lixo? Quem depreda o patrimônio público?

Quem picha nossas cidades? Quem desrespeita a faixa para pedestres? Quem pede para trabalhar sem carteira assinada para embolsar o seguro-desemprego ao mesmo tempo? Quem enche de cartazes e suja as paradas dos corredores de ônibus?

Quem ignora as passarelas e prefere atravessar no meio dos carros para ganhar tempo? Quem mente e chega ao cúmulo de usar muletas para enganar o INSS e obter licença-saúde? Quem abre as embalagens para comer e beber dentro do supermercado sem pagar pelo consumo na saída?

Quem compra as drogas que financiam os traficantes? Quem consome DVDs, CDs e jogos piratas? Quem faz gato na luz, água, telefone e até na TV por assinatura? Quem compra peças usadas em desmanches mesmo sabendo que poder ser da carros roubados?

Quem inventa doença para faltar ao serviço? Quem usa o passe livre de terceiros para não pagar a passagem? Quem junta santinho do chão para escolher candidato na hora de votar?

Quem compra cigarros, perfumes, relógios e outros artigos contrabandeados? Quem sabe que não tem saldo e, mesmo assim, passa cheque sem fundos? Quem obriga as lojas a usarem alarmes nos produtos para não ter mercadorias furtadas?

Quem falsifica a identidade para aumentar a idade e participar de festas e eventos para adultos? Quem favorece a sonegação ao abrir mão da nota fiscal ou recibo em troca de desconto? Quem forja documentos, mente sobre a renda ou consegue atestado frio para garantir passe livre no ônibus?

Quem falsifica recibos ou declara pagamentos que não fez para pagar menos Imposto de Renda? Quem teima em misturar bebida com direção? Quem insiste em dirigir e usar o celular ao mesmo tempo?

Quem tenta fraudar o vestibular? Quem usa as vagas de estacionamento reservadas para portadores de deficiência e idosos? Quem joga entulho em arroios, córregos e esgotos?

Como se observa, amigos, não são apenas os outros que precisam mudar. A mudança passa por todos nós também.


Antonio Carlos Macedo


amador47sc

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (16)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.171
  • Sexo: Masculino
  • Aperfeiçoando o olhar em busca da melhor imagem
Resposta #1 Online: 02 de Julho de 2013, 21:54:06
Com certeza,
Os políticos "lá de cima" são o reflexo direto da nossa sociedade, afinal vereadores, prefeitos, deputados estaduais, deputados federais, senadores e presidente da república são eleitos por voto direto. Se estão "lá" fomos "nós" que os colocamos e demos carta branca.
Se vendemos o nosso voto por um saco de cimento, uma pilha de tijolos, não podemos querer que o candidato que comprou seja honesto, não é?


Vitarossi

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 105
  • Sexo: Masculino
  • A câmera boa é aquela que a gente tem na mão.
Resposta #2 Online: 02 de Julho de 2013, 22:07:29
Com toda a sinceridade e respeito, achei uma bosta esse texto, apesar de concordar com alguns dos argumentos.
E, ao contrário do que disse o amador47sc, os políticos não são o reflexo direto da nossa sociedade, mas sim daquela que eles criam, por interesse próprio.
A quem vê cabe fazer os outros enxergarem.
Humildes fotos no Flickr


Lucas Estêvão

  • Trade Count: (22)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.162
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 02 de Julho de 2013, 22:31:09
Com toda a sinceridade e respeito, achei uma bosta esse texto, apesar de concordar com alguns dos argumentos.
E, ao contrário do que disse o amador47sc, os políticos não são o reflexo direto da nossa sociedade, mas sim daquela que eles criam, por interesse próprio.
A quem vê cabe fazer os outros enxergarem.


Quem responde com falta de respeito se escondendo atrás de um "com todo o respeito" e depois vai exigir respeito quando alguém o desrespeitar? :)


Vitarossi

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 105
  • Sexo: Masculino
  • A câmera boa é aquela que a gente tem na mão.
Resposta #4 Online: 02 de Julho de 2013, 22:41:02
Quem responde com falta de respeito se escondendo atrás de um "com todo o respeito" e depois vai exigir respeito quando alguém o desrespeitar? :)

Não é falta de respeito. O texto é uma bosta mesmo, elitista e tudo mais. Mas acho que os companheiros da luta, se aparecerem por aqui, não vão me deixar desamparado.
Humildes fotos no Flickr


lsd

  • Trade Count: (8)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 894
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 02 de Julho de 2013, 22:56:41
Bem, não concordo 100% com o texto, e tbm não concordo com a tese de que os políticos são um reflexo da sociedade, eu acho que em parte (vejam bem, "em parte") é justamente o contrário - algumas coisas ruins da sociedade são sim um reflexo do clima de tirar vantagem a qualquer preço que os políticos criaram ao longo dos anos, tipo: o fim justifica os meios, e por ai vai, uma adoção de um tipo de pragmatismo bem típico dos povos latinos (incluindo ai os europeus), ou seja, uma falta de ética ao fazer as coisas. Muito complicado mudar isso no povo todo (e claro, na classe política também).

Eu vejo por exemplo, uma corrupção alarmante no meio corporativo, eu diria até que pior que na política, pois a corrupção nesses meios dificilmente "vaza" na grande mídia, e acaba tendo uma influência negativa em vários níveis, de maneira às vezes irreversível. Um exemplo: a relação de um representante comercial de laboratórios farmacêuticos com os médicos... matérias pagas em jornais e revistas, o cartel das indústrias automotivas, de telecomunicações, e por aí vai, enfim, a lista é enorme.

O pessoal tenta se espelhar na "ética" propagada pelos EUA, Japão e alguns outros países, mas se esquecem que a nossa base cultural (e isso inclui coisas da vida prática como a legislação) é ibérica e católica, ou seja, uma cultura meio "safada" (no sentido original da palavra "safar", ou seja, "escapar de punição") e na qual não existe ética (não quero ofender os católicos, por favor consigam separar a parte religiosa do catolicismo e a crença, da parte "prática" - o clero, o governo da igreja como organização humana, e suas ações não-religiosas, como a parte financeira, política e etc.).


Lucas Estêvão

  • Trade Count: (22)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.162
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 02 de Julho de 2013, 23:30:21
Não é falta de respeito. O texto é uma bosta mesmo, elitista e tudo mais. Mas acho que os companheiros da luta, se aparecerem por aqui, não vão me deixar desamparado.

Não é falta de respeito. O texto é uma bosta mesmo.

Tipo... se eu ofendo e digo que não é ofensa daí não é ofensa. Tá certo. hahahaha tu é uma piada, cara!

Esse jornalista deve ter quase 50 anos de carreira cobrindo tudo quando é tipo de manifestação social, cultural e política e tu no alto das tuas viagens por todas as cidades do mundo vem falar que o texto está elitista? Um pouco mais e eu diria que tu não sabe falar português e tá usando o translate pra traduzir algo da tua língua materna e é por isso que tá postando coisas que eu não consigo entender como alguém em sã consciência (eu acho) consegue postar. Eu ri, mas fico por aqui.

Peço desculpas aos demais por não poder mais participar do tópico (que eu mesmo criei!), mas realmente fica complicado quando alguém ultrapassa a zona do respeito à opinião dos demais e principalmente do respeito. Aliás, tem um bocado de palavras que imagino não serem permitidas aqui. Moderação daqui a pouco fará o dever de casa.

Um abraço a todos e desculpa qualquer coisa. Isso mesmo! Eu ofendo e depois peço desculpas, daí saio zerado! Tipo o ladrão Dimas!


Vitarossi

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 105
  • Sexo: Masculino
  • A câmera boa é aquela que a gente tem na mão.
Resposta #7 Online: 03 de Julho de 2013, 00:54:04
Lucas, não me leve a mal, estou apenas manifestando minha opinião, como você manifestou a sua. Simplesmente não pude ser mais contido ao me deparar com um texto de tamanha miopia. Pra você ver que não foi falta de respeito, vou responder questão por questão, de acordo com o meu ponto de vista:

Quem não respeita o assento para idosos no ônibus? Quem fura a fila para ser atendido primeiro? Quem joga o lixo fora do lixo?
Três questões de educação básica de família, mas para que se tenha educação básica de família é necessário que se tenha uma família bem estruturada, é necessário que os pais possam efetivamente dar educação a seus filhos. Isso parece cada dia mais distante, num mundo em que se tem um número absurdo de mães solteiras, casais separados e outros que precisam ambos trabalharem pra garantir o sustento da família.

Quem depreda o patrimônio público?
O patrimônio público é aquele que serve ao cidadão efetivamente.

Quem picha nossas cidades?
Pichar, muitas vezes, é uma forma de manifestar a liberdade de expressão, direito constitucional.

Quem desrespeita a faixa para pedestres?
Nessa não tenho nada que comentar. O pedestre deve ter prioridade absoluta.

Quem pede para trabalhar sem carteira assinada para embolsar o seguro-desemprego ao mesmo tempo?
Pro trabalhador que tem sua valiosa mão de obra explorada, algumas centenas de reais podem fazer a diferença na sua moradia, na educação dos seus filhos, e por aí vai. Pra elite, isso é uma afronta à ética e aos cofres públicos.

Quem enche de cartazes e suja as paradas dos corredores de ônibus?
Quem tem dinheiro publica nos jornais de grande circulação, pra atingir a elite. Quem não tem, ou quer atingir o povo, publica nos pontos de ônibus e postes. (Aqui não estou defendendo que todo tipo de "panfletagem" seja válida.) 

Quem ignora as passarelas e prefere atravessar no meio dos carros para ganhar tempo?
Antes de existirem os carros existiam os pedestres.

Quem mente e chega ao cúmulo de usar muletas para enganar o INSS e obter licença-saúde?
Aí é falta de caráter.

Quem abre as embalagens para comer e beber dentro do supermercado sem pagar pelo consumo na saída?
Muitos que fazem isso não têm condições de pagar por aquele produto.

Quem compra as drogas que financiam os traficantes?
As drogas que financiam os traficantes também financiam os políticos.

Quem consome DVDs, CDs e jogos piratas?
Particularmente sou contra isso, mas eu tenho condições de comprar um produto original. Acho que quem não tem também deve ter acesso de alguma forma.

Quem faz gato na luz, água, telefone e até na TV por assinatura?
Cem reais pra você pode não fazer diferença, mas pra quem ganha um salário mínimo ou menos certamente faz.

Quem compra peças usadas em desmanches mesmo sabendo que poder ser da carros roubados?
Aí entra a questão dos impostos, da educação básica, do caráter e outras.

Quem inventa doença para faltar ao serviço?
Às vezes as relações de trabalho são tão desumanas que te levam a buscar alguma forma de ficar longe.

Quem usa o passe livre de terceiros para não pagar a passagem?
Se fosse cobrado um preço justo pelo transporte público, pouquíssimas pessoas fariam isso.

Quem junta santinho do chão para escolher candidato na hora de votar?
A alienação política também é um problema de educação.

Quem compra cigarros, perfumes, relógios e outros artigos contrabandeados?
Impostos altíssimos, falta de visão global das inter-relações de consumo e produção, blá-bá-blá... [Já está enchendo responder tudo isso, mas vamos lá.]

Quem sabe que não tem saldo e, mesmo assim, passa cheque sem fundos?
Sem comentários.

Quem obriga as lojas a usarem alarmes nos produtos para não ter mercadorias furtadas?
Se a distribuição de renda não fosse tão desigual, acho que as pessoas, tirando as cleptomaníacas, se sentiriam bem em poder pagar pelos produtos sem que isso prejudicasse seu sustento.

Quem falsifica a identidade para aumentar a idade e participar de festas e eventos para adultos?
Isso tem alguma relevância?

Quem favorece a sonegação ao abrir mão da nota fiscal ou recibo em troca de desconto?
Um desconto é muito mais significativo pra um cidadão que não vê retorno nenhum dos impostos que paga.

Quem forja documentos, mente sobre a renda ou consegue atestado frio para garantir passe livre no ônibus?
Já respondi.

Quem falsifica recibos ou declara pagamentos que não fez para pagar menos Imposto de Renda?
Já respondi.

Quem teima em misturar bebida com direção? Quem insiste em dirigir e usar o celular ao mesmo tempo?
Acho que quem bebeu foi esse jornalista, pra misturar tantos temas assim num texto tão absurdamente ridículo.

Quem tenta fraudar o vestibular? Quem usa as vagas de estacionamento reservadas para portadores de deficiência e idosos? Quem joga entulho em arroios, córregos e esgotos?
Chega já!

P.S.: Realmente tive a oportunidade de conhecer diversas culturas ao redor do mundo, mas não vejo no que isso tem a ver com este debate. E, pelo que entendo, a palavra bosta não está ofendendo ninguém aqui, mas se ainda assim não for permitida, peço desculpas. 
Humildes fotos no Flickr


dondon

  • Trade Count: (5)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.287
  • Sexo: Masculino
    • Plínio Dondon
Resposta #8 Online: 03 de Julho de 2013, 07:52:46
O texto é ruim mesmo. Simplista, vazio e óbvio.

Uma coisa meio "padrão Facebook". :P

[]s


fernandomaues

  • Trade Count: (16)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.439
  • Fernando Maués
    • Fernando Maués
Resposta #9 Online: 03 de Julho de 2013, 08:51:44
Pois já eu acho o texto muito exato. E não entendi o que tem de "elitista" já que critica tanto atitudes de ricos como de pobres.

Político não é exemplo para ninguém. Ninguém rouba e é desonesto porque o "exemplo de cima" é assim, no máximo usa isso como desculpa.

O político, antes de ser político, era um "comum" que furava fila, sonegava imposto, etc. Quando virou político o único que mudou é que tem mais "oportunidades" de se aproveitar.

Semana passada mesmo mototaxistas de uma cidade triplicaram o preço das corridas quando houve greve de ônibus. TODO MUNDO tenta se aproveitar. Isso não é falta de educação escolar; é falta de educação ética.

Se explodíssemos o Congresso, aniquilássemos todos políticos atuais, queria ver quem íamos botar no lugar que não fizesse exatamente o mesmo que os atuais.


spiderman

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.410
Resposta #10 Online: 03 de Julho de 2013, 08:53:42
Também achei o texto tosco. Nem li até o final. :)
Campanha de crowdfunding pra lançamento do livro - Retratos pra Yayá

Acesse e apoie: www.catarse.me/retratosprayaya


Oliberal

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.623
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 03 de Julho de 2013, 11:51:32
O texto é interessante....mas poderia ter usado alguns outros argumentos....

Quem quer se aprofundar ...fazer uma leitura BEM mais profunda e acadêmica sobre nossas contradições....nosso "jeitinho" ...nossa falta de confiança nas relações interpessoais (e o grande problema que isso acarreta)...nossa confusão de público e privado e nossas relção "mafiosa" de confiança e lealdade (com o próximo, o familiar, o amigo) e suas consequências tbém nefastas para o bem público....nosso "orgulho" estupido pra coisas dadas (como a natureza) e o desprezo pelas criadas (as institucionais).....recomendo que leiam o fabuloso artigo do José Murilo de Carvalho (acho-o nosso melhor historiador)

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69091998000300004
Site:   http://www.flickr.com/photos/ulysalis/

Olympus OM-D E-M1  - Lentes digitais M4/3:   M. Zuiko 12-40mm F2.8  /  M.Zuiko 12-50mm  /  M.Zuiko 40-150mm  /  M.Zuiko 75-300mm  /  M.Zuiko 45mm F1.8  /  Panasonic/Leica Summilux 25mm F1.4  / Panasonic 14mm f/2.5  /  Sigma 19mm F/2.8   -  Lente analógica: OM Olympus 50mm f/1.8


fernandomaues

  • Trade Count: (16)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.439
  • Fernando Maués
    • Fernando Maués
Resposta #12 Online: 03 de Julho de 2013, 12:10:10
O texto é interessante....mas poderia ter usado alguns outros argumentos....

Quem quer se aprofundar ...fazer uma leitura BEM mais profunda e acadêmica sobre nossas contradições....nosso "jeitinho" ...nossa falta de confiança nas relações interpessoais (e o grande problema que isso acarreta)...nossa confusão de público e privado e nossas relção "mafiosa" de confiança e lealdade (com o próximo, o familiar, o amigo) e suas consequências tbém nefastas para o bem público....nosso "orgulho" estupido pra coisas dadas (como a natureza) e o desprezo pelas criadas (as institucionais).....recomendo que leiam o fabuloso artigo do José Murilo de Carvalho (acho-o nosso melhor historiador)

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69091998000300004
Realmente muito, muito, muito bom! Obrigado por compartilhar!


fernandoaas

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 499
  • Sexo: Masculino
    • Fernando Augusto Fotografia
Resposta #13 Online: 03 de Julho de 2013, 13:54:48
Eu tmb achei o texto simplista demais, claro que o "jeitinho brasileira" reflete na política, mas eu vejo que muitas estão mudando, a educação e o acesso a informação fazem com que as pessoas já não aceitem certo tipo de atitude. Mas conforme já foi dito, tem muitas práticas colocadas no texto como se fosse o maior pecado do mundo, mas partem mais de um necessidade de sobrevivência do que de mau carácter e tem outras que são completamente irrelevantes.
Canon 6D + Canon 85mm. f/1.8 + Canon 24-105mm. f/4L + 580EX II

http://www.fernandoaugustofoto.com.br
https://www.facebook.com/fernandoaugustofoto


Natão

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.273
  • Sexo: Masculino
  • "dichterisch, wohnet der Mensch auf dieser Erde"
Resposta #14 Online: 03 de Julho de 2013, 14:20:07
BRBRBRBRBRBR HUEHUEHUEHUEHUEHUEHUEHUEHUEHUEHUEHUE