Autor Tópico: Quando é a hora de parar de comprar?  (Lida 1935 vezes)

Lucas Estêvão

  • Trade Count: (22)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.162
  • Sexo: Masculino
Online: 05 de Julho de 2013, 10:56:17
Tem bastante tempo que eu notei que junto com a fotografia vem a compulsividade do consumo. O cara compra, compra, compra e tá sempre faltando algo, ou então saiu uma versão nova daquilo que tu já tinha e tu tem que comprar de novo.

Algumas pessoas chegam a patamares preocupantes de colecionismos violentos, de comprar diversas unidades de objetivas semelhantes apenas pela coleção mesmo, sendo que usam apenas uma, a preferida.

Deixo a pergunta no ar pra ver a opinião dos colegas: Como descobrir quando é a hora de parar de comprar?


Daniela Alves

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 1.457
  • Sexo: Feminino
Resposta #1 Online: 05 de Julho de 2013, 11:03:07
TEORICAMENTE, pra mim, a hora de parar de comprar é quando você já tem tudo que você precisa para executar o teu tipo de fotografia ou o que seja necessário para suprir tuas necessidades.

Por outro lado, creio que todo mundo na vida deveria ter algum hobby, algo para se dedicar além das coisas obrigatórias da vida, e se fazer coleção de lentes ou de qualquer outra coisa é o que a pessoa gosta, por que parar?
Só acho que, claro, deve haver um equilíbrio e não deixar, por exemplo, de fazer ou de comprar o que você realmente precisa, para comprar itens para a sua coleção.

Mas para um colecionador ou por um apaixonado por alguma coisa, desde que você tenha condições para tal, não existe limite (além do espaço físico para guardar tudo, talvez?  :hysterical:).


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.152
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #2 Online: 05 de Julho de 2013, 11:04:14
Eheheh, eu sou da opinião que nunca é hora de parar de comprar. Mas me controlo demais nos gastos, porque realmente dá vontade de comprar um monte de coisa o tempo todo. Eu, por exemplo, já tive 8 câmeras, 7 flashes e nada menos que 28 objetivas! Isso sem contar as manuais. Mas claro, não tenho tudo isso na coleção, tento me manter sempre com 2 câmeras, 2 flashes e 3 objetivas. Como eu trabalho com fotografia, parte desse consumismo todo tem sua razão de ser.

Acho que com o tempo a gente vai entendendo tudo o que gosta e que mais usa, e aí vai acalmando nas compras. Eu acho que, em termos de câmeras e objetivas, estou muito feliz com o que tenho no momento. Então não me vejo comprando mais nada pelo menos no próximo ano.

Uma boa dica de saber a hora de parar é quando você percebe que está gastando mais tempo preocupado com equipamento do que fotografando mesmo. E uma maneira de frear o consumismo é sair para fotografar mais, pra ver que com o equipamento que você tem dá pra tirar fotos excelentes. E também pra ver que não tem como levar tudo o que tem pra todo lado, aí a tendência é mesmo reduzir o equipamento...


Alexandre Ricci

  • Trade Count: (31)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.070
    • Flickr Alexandre
Resposta #3 Online: 05 de Julho de 2013, 11:14:31
Esse tema é um caso sério... Rsrsrsrs
Somos, em geral, muito consumistas mesmo.
Acredito que a internet e os fóruns são co-responsáveis. Antes, comprava-se uma câmera e até saber tudo sobre ela demandava tempo e experimentação. Hoje com informação aos baldes em tudo que é lugar, pensamos que já sabemos tudo sobre o equipamento que temos e queremos/desejamos novas descobertas/experiências a cada minuto.

Mas vejo que isso acontece mais com os hobbystas. Afinal é um hobby, e aí pode tudo. O limite é o tempo e o dinheiro que a pessoa tem pra gastar com isso. Os profissionais, sabem/sentem que aquela nova lente por exemplo, tem que trazer benefício muito claro pro trabalho dele, para que se converta num melhor resultado e consequentemente traga mais clientes e trabalhos.

Tem alguns debates e artigos bastante esclarecedores sobre o assunto:

http://forum.mundofotografico.com.br/index.php?topic=18794.0

http://forum.mundofotografico.com.br/index.php?topic=29979.0

http://forum.mundofotografico.com.br/index.php?topic=70468.0

http://forum.mundofotografico.com.br/index.php?topic=80765.0

 :ok:



Lucas Estêvão

  • Trade Count: (22)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.162
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 05 de Julho de 2013, 11:14:39
Por outro lado, creio que todo mundo na vida deveria ter algum hobby, algo para se dedicar além das coisas obrigatórias da vida...

Perfeito. Sempre digo isso. Concordo com o restante que colocou também, Daniela.

Uma boa dica de saber a hora de parar é quando você percebe que está gastando mais tempo preocupado com equipamento do que fotografando mesmo. E uma maneira de frear o consumismo é sair para fotografar mais, pra ver que com o equipamento que você tem dá pra tirar fotos excelentes. E também pra ver que não tem como levar tudo o que tem pra todo lado, aí a tendência é mesmo reduzir o equipamento...

Ótimo, Humberto. Sou dessa opinião também, mas às vezes esqueço. 8-)
Te digo mais, te digo que quem não tem muitas condições financeiras e só tem um equipamento bem humilde faz chover com aquilo, pois se contenta e só assim se dedica totalmente a extrair o máximo daquele equipamento que tem. Como diz o ditado, "a maioria das objetivas é melhor que a maioria dos fotógrafos", ou seja, normalmente sobra equipamento e falta talento mesmo, não o contrário.

Às vezes tenho vontade de vender tudo e ficar só com uma câmera de filme e uma objetiva 50mm e então aprender a fotografar. :)


Lucas Estêvão

  • Trade Count: (22)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.162
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 05 de Julho de 2013, 11:20:15
Muito interessante, Alexandre. De tempo em tempo o assunto apavora a todos.

Como brinco com um amigo aqui do fórum, "vou parar de ser consumista, só preciso comprar mais umas coisinhas antes".


Daniela Alves

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 1.457
  • Sexo: Feminino
Resposta #6 Online: 05 de Julho de 2013, 11:27:02
Tem alguns debates e artigos bastante esclarecedores sobre o assunto:

http://forum.mundofotografico.com.br/index.php?topic=18794.0

Achei esse MUITO interessante, principalmente essa parte:
"3)   Não mostre suas fotos com o título “Canon/Nikon XXX em macro” ou algo do gênero. A foto é uma foto e é uma imagem comunicativa, o equipamento não importa. A foto não ficará melhor por ter sido feita com o equipamento XYZ. Você pode informar o equipamento, mas isso não é a razão da foto;"

Participo de alguns grupos de fotografia no Facebook e a MAIORIA das pessoas quando vai postar alguma foto pra análise colocam a marca e o modelo do equipamento, como se isso fizesse parte do EXIF ou se isso deveria influenciar na análise da foto.  :no:


Lucas Estêvão

  • Trade Count: (22)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.162
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 05 de Julho de 2013, 11:34:53
Achei esse MUITO interessante, principalmente essa parte:
"3)   Não mostre suas fotos com o título “Canon/Nikon XXX em macro” ou algo do gênero. A foto é uma foto e é uma imagem comunicativa, o equipamento não importa. A foto não ficará melhor por ter sido feita com o equipamento XYZ. Você pode informar o equipamento, mas isso não é a razão da foto;"

Participo de alguns grupos de fotografia no Facebook e a MAIORIA das pessoas quando vai postar alguma foto pra análise colocam a marca e o modelo do equipamento, como se isso fizesse parte do EXIF ou se isso deveria influenciar na análise da foto.  :no:

Óbvio que se estamos numa área técnica, como numa sala Canon ou Nikon da vida, é pertinente que se informe, afinal lá estamos tratando de equipamento especificamente, mas se estamos numa área artística, como na Galeria, também acho que não é pertinente.

Já coloquei essas informações de equipamento em tópico da galeria porque sabia que logo viria a pergunta, mas como falei acima, não acho muito interessante que seja colocado mesmo.

Noto que isso é uma coisa bem de brasileiro mesmo, pois noutro fórum gringo que participo raramente se fala de equipamento em galeria de imagens.


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.977
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #8 Online: 05 de Julho de 2013, 12:06:14
Gente, eu ja tive realmente muito equipamento, mas por farra e para experimentar, só que tem uma hora que cai a ficha e você chega a conclusão que acaba não usando um monte de coisas e que elas vão acabar estragando e/ou perdendo valor de mercado, e então você passa a racionalizar.

Teve um tempo que eu tinha 15 slrs de filme. Hoje tenho duas, indo para uma... Também teve a época das rangefinders, acho que cheguei a ter umas 30 diferentes, hoje tenho uma. Se for equipamento barato e for curtição de por em uma vitrine ou prateleira, beleza. Mas se for coisa mais cara, aí você acaba caindo na situação já falada.
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


vanbasten

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 363
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 05 de Julho de 2013, 12:12:39
lestevaos, acho que tu já foi contaminado pela GAS.

Como disse o Alexandre, a questão é mesmo $éria e atinge com muito mais força os hobistas do que os profissionais. E o pior é que, diz a lenda, uma vez contaminado, a coisa não tem mais cura, hehe.


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.409
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #10 Online: 05 de Julho de 2013, 12:17:45
hora de parar de comprar = hora que acaba o dinheiro .. simples assim, rs..

falando sério, tenho uma pequena coleção aqui e obviamente não uso tudo. Se tivesse mais dinheiro teria muito mais com certeza, com o intuito de colecionar mesmo...
« Última modificação: 05 de Julho de 2013, 12:22:27 por Luciano.Queiroz »
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


amador47sc

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (16)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.140
  • Sexo: Masculino
  • Aperfeiçoando o olhar em busca da melhor imagem
Resposta #11 Online: 05 de Julho de 2013, 12:31:37
fotografia é um hobby (pra mim atualmente) e também um saco sem fundos. você começa com o básico, vai indo, vai indo.. e uma coisa puxa outra...
só pra citar meu exemplo:
Já tenho "investido" algo em torno de 4k em equipamentos. Só que agora vejo que meu PC já não dá mais conta de processar e armazenar tantas imagens, resultado: serei "obrigado" a fazer um upgrade.
Também aquela bolsa que comprei e que no início era ótima, hoje já está pequena. Resumo: procurando uma maior pra comprar.
As lentes... estou satisfeito, mas queria (quero) uma 85 e a câmera.. bom se me cair um corpo 5D MK² bom e 'barato' na mão, já era..  :D
somando tudo, deve chegar aos 10k fácil, fácil..
Mas fazer o que? se meu hobby e passa tempo é a fotografia? o contador de tempo do fórum contabiliza mais de 30 dias ou 720 horas na frente do PC estudando, olhando, pesquisando e me divertindo com fotografia.
Resumo: até o momento estou bem satisfeito. Ainda não atingi o nível que gostaria, mas já estou bem melhor do que quando comecei.
Se é hora de parar de comprar? pra mim ainda não  :D


Lucas Estêvão

  • Trade Count: (22)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.162
  • Sexo: Masculino
Resposta #12 Online: 05 de Julho de 2013, 14:03:24
Gente, eu ja tive realmente muito equipamento, mas por farra e para experimentar, só que tem uma hora que cai a ficha e você chega a conclusão que acaba não usando um monte de coisas e que elas vão acabar estragando e/ou perdendo valor de mercado, e então você passa a racionalizar.

Teve um tempo que eu tinha 15 slrs de filme. Hoje tenho duas, indo para uma... Também teve a época das rangefinders, acho que cheguei a ter umas 30 diferentes, hoje tenho uma. Se for equipamento barato e for curtição de por em uma vitrine ou prateleira, beleza. Mas se for coisa mais cara, aí você acaba caindo na situação já falada.

Melhor que o sentimento de comprar é o de vender. Tão bom ver algo que tu não usa saindo e esvaziando um lugar no armário. O cara se sente bem, do tipo... "beleza, agora estou reduzindo isso aqui... então não tenho problemas com compras". Daí tu começa a pesquisar o que dá pra comprar com a grana da venda. E começa outro ciclo novamente. hahahaha


lestevaos, acho que tu já foi contaminado pela GAS.

Como disse o Alexandre, a questão é mesmo $éria e atinge com muito mais força os hobistas do que os profissionais. E o pior é que, diz a lenda, uma vez contaminado, a coisa não tem mais cura, hehe.

Pior que fui. :(
Outro dia vi algum blog de fotografia de um americano (que fotografa por hobby) e ele contou que tava com um baita equipamento e insatisfeito. Vendeu tudo e comprou uma rangefinder com uma 50mm. Diz ele que hoje é feliz, pois não tem mais preocupações com equipamento ou roubo. Se roubarem, ele compra outra rapidinho e não gasta quase nada, então ele anda com a câmera 24h por dia. Vou ver se acho o post aqui. Esse é o ponto que eu to tentando chegar, o de abstrair um pouco o equipo e pensar mais artisticamente quanto aos resultados, só que pra fazer isso comprei uma câmera cara. :aua:

hora de parar de comprar = hora que acaba o dinheiro .. simples assim, rs..

falando sério, tenho uma pequena coleção aqui e obviamente não uso tudo. Se tivesse mais dinheiro teria muito mais com certeza, com o intuito de colecionar mesmo...

O dinheiro entra todo mês, então nunca acaba! :D

Ah, colecionador é outros 500. O cara sabe que é pra coleção, mas o problema, na minha opinião, tá naqueles que compram tudo com o intuito de usar e nunca usam, pois o kit nunca tá completo.


Braga.SP

  • Trade Count: (14)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.858
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 05 de Julho de 2013, 14:34:21
Bem, "hora de parar de comprar". Sim senhor, heim, assunto complicado!!!

Eu não sei dizer exatamente QUANDO, mas vou dizer exatamente COMO eu descobri essa minha hora de parar de comprar. Vagamente me lembro porém sem muita certeza, acho que foi no início desse ano. Estava eu a fuçar nas minhas coisas, procurando nada porque eu nada tinha pra fazer naquele momento. Eis que me deparo com uma câmera estranha, mal me lembrava dela e só a vi porque a danada pulou no meu colo. Quase que me dizendo; "me pega", "me usa", "vamos sair juntos hoje?" (hehehe.... conotação sexualmente apimentada de um cara que já não pega mais nada, além de gripe).  :no:  :doh:  :hysterical:

Mas o fato é que aquela pobre câmera estranha, estava entre as minhas outras câmeras, muitas câmeras, e logo eu tive a certeza de tê-la comprado um dia mas... nunca, repito, NUNCA ter feito uma única, de uma merda de uma foto, com aquela pobre coitada. Ou, coitado de mim, sei lá!  :D

Então fui buscar a pastinha de documentos e.... papel pra lá, papel pra cá, finalmente achei a documentação que me gerou aquela aquisição. Hã? O quê?! Não é possível!!!! Já fazia três anos que eu tinha comprado a tal câmera e nunca sequer havia colocado um filminho nela.

Daí, obturador já meio preguiçoso, lente com alguma poeirinha e muita poeirona por fora, no corpo. Diante daquela situação, naquele instante, veio bateu um estado de letargia mental cuja percepção mais parecia com aquela que tive um dia, num passado já distante, quando tomei um porre com a pior vodca que pode existir no mundo. Coisa de adolescente.

Além disso de tudo, lógico, também me veio um sentimento ruim de arrependimento e de culpa; aquela cobrança que me vinha da consciência e aquilo me fez parar pra pensar: "Que insanidade é essa?!".

De lá pra cá as coisas estão sendo diferentes. Claro que não serei hipócrita em afirmar que nunca mais vou comprar mais nada. Estaria mentindo pra mim mesmo. Mas combinei comigo mesmo que pra cada coisa nova adquirida, não uma mas duas ou mais semelhantes teriam de ir embora.

Consegui fazer até melhor do que isso. Consegui vender numa proporção acima daquela inicialmente prevista e acordada comigo mesmo. Confesso me sentir muito melhor agindo assim.

Meu objetivo é ficar com o mínimo necessário porque prefiro – somente agora, eu sei – gostar mais de fotografia do que de câmeras. Estas últimas são ferramentas de e para obtenção da primeira.

Que o Papai Do Céu me permita continuar empenhado nesse propósito, nessa luta, que só me fará bem.
« Última modificação: 05 de Julho de 2013, 14:54:57 por Braga.SP »
-22.352971,-48.775582


Sunriser

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.219
  • Sexo: Masculino
  • Deus seja louvado
    • Sunriser Photography Facebook
Resposta #14 Online: 05 de Julho de 2013, 14:35:03
...E o pior é que, diz a lenda, uma vez contaminado, a coisa não tem mais cura, hehe.

Vish...  :hysterical: