Autor Tópico: A queda no número de câmeras vendidas. Chegou-se ao limite ??  (Lida 5199 vezes)

AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.251
A alguns dias saiu um comunicado da Canon de que, embora sua divisão de imagem tivesse crescido 4% no último trimestre comparado ao mesmo período do ano passado, as vendas de câmeras em geral tinha caido bastante.

Agora saiu um relatório da CIPA, que monitora os números de produção no Japão, apontando para uma queda brutal na produção e embarques - que não significam propriamente vendas - de câmeras fotográficas.

O maior recuo foi na área das câmeras de lentes fixas, atropeladas provavelmente pelos smartphones. A produção foi de 22.4 milhões, o que significa um recuo de 50% sobre o ano anterior.

Já na área das câmeras de lentes intercambiáveis, as DSLR tiveram uma queda de 23%, sendo produzidas um total de 6 milhões, e as mirrorless uma queda de 29%, sendo produzidas um total de 1.2 milhões.

No caso específico das DSLR, desde 2003 ano após ano verifica-se um aumento constante na produção e venda. Caso não seja feito nenhum lançamento que alavanque as vendas, 2013 poderá ser o primeiro ano em que as vendas recuarão de um ano para outro.

« Última modificação: 02 de Agosto de 2013, 12:20:32 por AlexandreS »

Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.150
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #1 Online: 02 de Agosto de 2013, 12:32:41
Interessante...quem sabe agora os fabricanes comecem a "filtrar" mais as perfumarias nos equipamentos e, visando um público mais específico, façam upgrades mais relevantes nas DSLRs, visando a evolução das câmeras para fotografia em si.
Pode ser um divisor da águas??...


CoelhoRJ

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 197
Resposta #2 Online: 02 de Agosto de 2013, 14:09:56
No caso das DSLRs, vejo isto apenas como reflexo da recessão mundial, não significando um limite de mercado.


Já as compactas, além da recessão economica,  realmente podem estar sofrendo com o avanço dos smartfones.



Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.764
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #3 Online: 02 de Agosto de 2013, 14:26:27
Pelas estatísticas que temos vistos as compactas estão encolhendo por conta dos celulares, onde os investimentos nesta área têm sido pesados. Temos discutido até algumas alterações no fórum para atender a esta nova realidade.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.251
Resposta #4 Online: 02 de Agosto de 2013, 14:54:53
Pelas estatísticas que temos vistos as compactas estão encolhendo por conta dos celulares, onde os investimentos nesta área têm sido pesados. Temos discutido até algumas alterações no fórum para atender a esta nova realidade.

Concordo. Eu praticamente não uso a câmera do celular, mas também não tenho camera compacta. Já pensei em ter uma compacta premium como a S100, mas por gostos pessoais na forma de fotografar, nunca comprei e agora já decidi que não comprarei mais. Tirando as compactas premium que ainda tem algum apelo de qualidade de imagem, principalmente quando são segundas câmeras de quem tem uma mirrorless ou DSLR, acho que este mercado será mesmo engolido pelos smartphones. O curioso que este encolhimento que não é nada desprezível também atingiu as UZ, que sempre foram objetos de desejo entre muitos amadores e que, em função do zoom estratosférico, não deveriam ser substituídos com tanta facilidade pelos celulares.

Já o encolhimento das câmeras de lentes intercambiáveis ainda é um mistério. Será que o povo cansou do "mais do mesmo" dos fabricantes. Afinal, o grande volume de vendas ainda são as DSLR de entrada e nestas faz tempo que não vemos nenhuma novidade realmente significativa.


Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.764
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #5 Online: 02 de Agosto de 2013, 14:59:50
Então, hoje eu tenho uma compacta UZ da Fuji, que é compacta de verdade. Faz RAW e tudo mas. É uma bela solução para uma viagem, para refinar um pouco as fotos. Mas as minhas fotos de dia a dia, em festas e até muitas das fotos de viagem, têm sido feitas com o celular. Inclusive, tenho pensado muito em comprar um celular com foco na câmera. Não posso afirmar que isso é geral, mas os números indicam que muita gente tem visto nos celulares uma ótima opção para o dia a dia.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


marcodomingues

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 114
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 02 de Agosto de 2013, 15:08:55
o que vejo nas câmeras  é a praticidade do celular. Não tem como negar... Ele está na sua mão. Mais quando se quer Fotografia, com F maiúsculo, não tem jeito. As DRSL dão um banho. Acredito que sempre haverá espaço para as 2.


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.991
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #7 Online: 02 de Agosto de 2013, 15:10:54
Será que já não chegamos numa "saturação" do mercado de DSLRs? Houve um crescimento grande com a baixa geral de preços, e chegou a um momento em que praticamente todo mundo que quer (e pode) tem uma DSLR. Daí acho que a tendência é ir diminuindo até estabilizar em uma marca de "manutenção"...


C. Ferrari

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.021
  • Sexo: Masculino
  • Em busca de conhecimento, sempre.
    • Trabalhos
Resposta #8 Online: 02 de Agosto de 2013, 20:05:55
Recessão Global.

É mais uma "marolinha", só que agora ninguém está anunciando. A queda não é só no mercado das câmeras não.... A BOVESPA esse ano está com 250 Bilhões no acumulado de perda de valor do mercado.

E  é claro, os celulares/tablets estão tirando até DSLR do mercado... se o Iphone tivesse controle manual, eu quase não utilizaria minha DSLR.


spiderman

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.409
Resposta #9 Online: 02 de Agosto de 2013, 20:21:18
Acho muito legal tudo isso.
Campanha de crowdfunding pra lançamento do livro - Retratos pra Yayá

Acesse e apoie: www.catarse.me/retratosprayaya


Ashkenazzi

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 567
  • Casei com a Canon, mas a Nikon é minha amante...
Resposta #10 Online: 02 de Agosto de 2013, 20:39:54
A alguns dias saiu um comunicado da Canon de que, embora sua divisão de imagem tivesse crescido 4% no último trimestre comparado ao mesmo período do ano passado, as vendas de câmeras em geral tinha caido bastante.

Agora saiu um relatório da CIPA, que monitora os números de produção no Japão, apontando para uma queda brutal na produção e embarques - que não significam propriamente vendas - de câmeras fotográficas.

O maior recuo foi na área das câmeras de lentes fixas, atropeladas provavelmente pelos smartphones. A produção foi de 22.4 milhões, o que significa um recuo de 50% sobre o ano anterior.

Já na área das câmeras de lentes intercambiáveis, as DSLR tiveram uma queda de 23%, sendo produzidas um total de 6 milhões, e as mirrorless uma queda de 29%, sendo produzidas um total de 1.2 milhões.

No caso específico das DSLR, desde 2003 ano após ano verifica-se um aumento constante na produção e venda. Caso não seja feito nenhum lançamento que alavanque as vendas, 2013 poderá ser o primeiro ano em que as vendas recuarão de um ano para outro.

1. A Canon teve diminuição mas a Nikon celebrou aumento nas vendas em 2012 acima das expectativas (acima das previsões) :ok: Ela liderou a venda de fullframes e de mirrorless em 2012. (aumentos em relação ao ano anterior e liderança vendas em 2012).
2. Quanto aos totais de DSLR, as DSLRs "de entrada" e as "marcas com menor aceitação de mercado ou com menos novidades, para apresentar, em 2012", caíram mesmo. Muita gente que usa Canon, não trocou em 2012 (é o que os númeors dizem). Mas muita gente que usa Nikon trocou de cameras em 2012. "Uma" sobe, a "outra" cai.
3. E os smartphones (américa latina) + as mirrorless (japão) estão vendendo e comendo pedaços que eram das DSLR de entrada.
4.Agora que teve mesmo um "boom exagerado" de 2003s a 2007, teve. Mas porque na primeira decada dos 2000s muitos que tinham 35mm filme (pais, avós, irmão mais velho... nós mesmos) trocaram para digital. Igual ao que houve com os LPs para os CDs nos 90s...Depois o mercado de CDs despencou porque todo mundo ja tinha trocado do LP apra o CD e muita gente já curtia o MP3 (mesmo ele tendo fama de ter qualidade inferior e no começo tinha menos qualidade mesmo, porque com menos espaço em pen-drives/mp3 players, se compactava mais, mas depois melhorou). Nas DSLR, é igual, primeiro o povo trocou filme por digital e agora com a chegada dos smartphones (mesmo ele tendo fama de ter qualidade inferior e no começo tinha mesmo, mas depois melhorou)...
5. Além disso, o mercado se beneficiou com upgrades sem fim das mesmas pessoas. Não necessáriamente aumentando o publico. Issou gerou um numero grande de "usadas" em bom estado. E gerou muita gente que não aguenta mais fazer upgrade. Ou não precisam mais fazer upgrade (já atende o trabalho)
 o mercado vai ter que se re-ajustar mesmo....
« Última modificação: 02 de Agosto de 2013, 21:12:18 por Ashkenazzi »
Nikon D800E + MB-D12 + SB-910 com AF-S NIKKOR 85mm f/1.4G + AF-S NIKKOR 24mm f/1.4G ED
Canon EOS 1D X com EF 24-105mm f/4L IS USM + EF 100-400mm f/4.5-5.6L IS USM
Sony Camcorder HDR-FX1000
Testes com 3 lentes 85mm diferentes em bokeh e luzes: http://www.flickr.com/photos/103484384@N04/


pedromartins021

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 882
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 02 de Agosto de 2013, 22:01:47
Será que já não chegamos numa "saturação" do mercado de DSLRs? Houve um crescimento grande com a baixa geral de preços, e chegou a um momento em que praticamente todo mundo que quer (e pode) tem uma DSLR. Daí acho que a tendência é ir diminuindo até estabilizar em uma marca de "manutenção"...

Penso exatamente assim. O mesmo acontece com carros, vai chegar a um tempo que todo mundo terá e as indústrias nao crescerão mais.


Rafael.l

  • Trade Count: (3)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.880
Resposta #12 Online: 02 de Agosto de 2013, 22:23:07
Citar
Penso exatamente assim. O mesmo acontece com carros, vai chegar a um tempo que todo mundo terá e as indústrias nao crescerão mais.

acho q se chegar nesse nivel eles vão começar a fazer camera com vida util de 10k clicks só pra estimular venda hahahahahha


pedromartins021

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 882
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 02 de Agosto de 2013, 22:35:22
Aí ninguem vai comprar... o mercado quer coisa boa.


Pope

  • SysOp
  • Trade Count: (31)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.205
  • Sexo: Masculino
    • Renato Pope
Resposta #14 Online: 02 de Agosto de 2013, 23:43:51
Eu sou um que nao fotografo com celular, apesar da camera do meu ser boa! E também nao compro mais camera! Aqui em casa está meio saturado com 7 câmeras!
"If you wanted a cheap profession to get into you picked the wrong one."Zack Arias
Flickr