Autor Tópico: O que é fotometrar corretamente? (além da régua)  (Lida 11084 vezes)

cleriston

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 281
Online: 29 de Agosto de 2013, 22:28:45
Olá pessoal! blz?

         Como iniciante eu sempre achei que fotometrar corretamente era apenas deixar indicador no meio da régua. Se o indicador ficasse do lado esquerdo a foto está subexporta e o do lado direito superexposta.
         Minha dúvida surgiu, pois vejo com certa frequência aqui no fórum o pessoal recomendar "fotometre corretamente" então eu acho que fotometrar vai além o uso correto da "reguinha". Vocês poderiam explanar mais sobre isso?

Desde já agradeço as contribuições


CristianoSoares

  • Trade Count: (17)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.860
Resposta #1 Online: 29 de Agosto de 2013, 22:41:04
Vou acompanhar...
 :snack:


Rafael.l

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.871
Resposta #2 Online: 29 de Agosto de 2013, 22:41:33
o fotometro da camera eh calibrado para um cinza médio, então o correto pra maquina vai ser quando estiver próximo dessa tonalidade, mas se vc fotografar algo branco por exemplo, ele vai ficar cinza, se fotografar algo preto ele vai ficar cinza tbm.
Isso vc pode testar fotografando uma parede branca. vai ver q ela não vai ficar branca.

O fotometrar corretamente é vc identificar onde esta esse tom medio fotometrar nesse ponto e fazer a compensação pra ficar correto, deixar branco mesmo e não cinza.

Mas isso varia tbm dependo da tua intenção com a foto, as vezes op cara quer um pouco mais claro ou mais escuro, mas sabendo fazer isso eh mais fácil de chegar no resultado desejado.

Acho q não falei besteira mas se falei alguém me corrija :)


« Última modificação: 29 de Agosto de 2013, 22:42:24 por Rafael.l »


cleriston

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 281
Resposta #3 Online: 29 de Agosto de 2013, 22:45:57
o fotometro da camera eh calibrado para um cinza médio, então o correto pra maquina vai ser quando estiver próximo dessa tonalidade, mas se vc fotografar algo branco por exemplo, ele vai ficar cinza, se fotografar algo preto ele vai ficar cinza tbm.
Isso vc pode testar fotografando uma parede branca. vai ver q ela não vai ficar branca.

O fotometrar corretamente é vc identificar onde esta esse tom medio fotometrar nesse ponto e fazer a compensação pra ficar correto, deixar branco mesmo e não cinza.

Mas isso varia tbm dependo da tua intenção com a foto, as vezes op cara quer um pouco mais claro ou mais escuro, mas sabendo fazer isso eh mais fácil de chegar no resultado desejado.

Acho q não falei besteira mas se falei alguém me corrija :)

Vixe acho que preciso estudar mais, pois pensei que isso fosse balanço de branco e formar fotometrar fosse regular o quanto de luz entra. Não é isso?


Rafael.l

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.871
Resposta #4 Online: 29 de Agosto de 2013, 22:50:54
fotometrar eh controlar o quanto de luz entra sim

oq eu falei é sobre a exposição mesmo.


nildes

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 219
Resposta #5 Online: 29 de Agosto de 2013, 23:29:10
Clériston, existem vários videos na NET sobre fotometria... E eu honestamente so consegui entender melhor quando comecei a ver exemplos praticos em videos... (Sempre prefiro que desenhem pra mim...  :hysterical: ) Um bem didático é os que o Marcelo coloca no canal dele... Vc encontra no blog do zack no YouTube. Em um dos videos ele mostra algumas coisas de fotometria e compensação de exposição o que faz a gente entender direitinho essa coisa de fotómetro no zero... Na realidade na fotografia o fotómetro náo necessariamente estará no zero... Ele estará onde te agradar mais... Tudo vai depender do que você quiser na foto...
http://m.youtube.com/#/watch?v=0YGczWpu0j0
Este foi um video bem útil p mim... Pode ser que te ajude...



Lindsay

  • Trade Count: (16)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.357
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 29 de Agosto de 2013, 23:52:55
Fotometrar corretamente é vc conseguir um nível de exposição tal que a sua foto fique de acordo com sua concepção (de boa foto). Não existe fotometro ou ponteirinho que vai dizer que determinada foto está com a fotometria correta, isso vai de acordo com a imaginação do fotografo. É o fotografo, a seu gosto, que imagina e define nível de exposição que a "boa foto" vai ter.

Não é aquele ponteirinho que o japonês da Nikon ou da Canon inventou, e fez um algorítimo e colocou dentro do seu equipamento, não é ele que vai saber qual é a fotometria correta. O ponteirinho da câmera serve apenas serve apenas de referência. Depois do ponteiro ainda tem o histograma que pode ser útil depois da foto tirada.

O que importa é vc saber se a sua foto ficou esteticamente de acordo com o que vc tinha planejado.

Alem dessa questão do cinza 18% que o colega acima colocou, o fotometro interno da câmera padece de outros problemas. Ele enxerga a luz refletida, ele não consegue medir a luz incidente. Para saber qual a melhor exposição de acordo com a luz incidente só mesmo com um fotometro dedicado de mão, para fazer a medição no local da cena.

Uma foto escura (ou clara demais) não significa que é necessariamente uma foto ruim, pode ser que a escuridão faça parte da composição, a escuridão pode ser esteticamente importante para a percepção de determinada cena.

Alguns gênios da fotografia criaram sistemas de analise e medição da exposição ideal, entre eles o famoso sistema de zonas de Ansel Adams, muito utilizado para fotografia de paisagem, natureza, arquitetura e até para retratos, onde com a ajuda de um fotometro spot se define a fotometria ideal para os níveis de detalhes daquilo que se deseja visualizar.


Use a sua criatividade, olhe para o que vc fêz, experimente e descubra o que vc deseja a nível de exposição!!!


Abraços!




« Última modificação: 30 de Agosto de 2013, 00:10:06 por Lindsay »
Fotografando com a memória


LFBer

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 54
Resposta #7 Online: 30 de Agosto de 2013, 11:24:21
Fotometrar é praticamente uma ciência. Mas vc precisa dominá-la para conseguir imprimir na foto sua criatividade e obter seu resultado desejado.

Li vários livros e mesmo assim não consigo explicar de uma forma linear. De qualquer forma, um bom início é o livro "Understanding exposure", do Bryan Peterson. Vai te abrir muitos horizontes, eu comprei a versão pro Kindle e é mto boa.

Isso que falaram aí em cima a respeito do "cinza neutro" é muito importante. Basicamente, sua câmara enxerga preto-e-branco e calcula a exposição ideal ("zerar o marcador") para um objeto cinza neutro (que reflete 18% da luz recebida), no que diz respeito à sua luminosidade, e não cor em si.

Por exemplo: se vc for tirar uma foto de carvão, por exemplo, sua máquina, na tentativa de "zerar" a fotometria, vai tentar compensar a luminosidade do preto para que fique igual a do cinza neutro. Assim, vc diminui a exposição (joga pro lado "-" no marcador") pra que a luminosidade do preto fique correta - e aqui digo "correta" levando em conta a intenção do fotógrafo, que no caso seria que o preto realmente ficasse preto).

Boa sorte nas suas pesquisas.



AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.250
Resposta #8 Online: 30 de Agosto de 2013, 12:16:28
Sempre lembrando que existem vários modos de fotometria nas câmeras.

No modeo de fotometria spot, o que vale é o cinza 18%. A câmera analise uma determinada área do fotograma (nas Canon de 9 pontos corresponde ao círculo marcado ao redor do ponto de foco central, as outras não sei) e tenta fotometrar para levar aquela área ao cinza 18%

Já no modo de fotometria Evaluative nas Canon e se não me engano Matrix nas Nikon, a câmera pega toda a área do fotograma, divide em quadros, analisa cada quadro separadamente e em conjunto e depois através de complexos algoritmos e comparações com uma base de dados interna, tenta "setar" o fotômetro corretamente. Na média, funciona, e é por isso que muitas vezes apenas "zerar o fotômetro" costuma funcionar bem. Mas se vc quer fotometrar com absoluta precisão baseado em uma parte do fotograma, é necessário usar spot e conhecer o sistema de zonas (e o ganho do seu sensor) para saber quanto de correção de exposição deve ser feita.

É por isso que sempre digo que quem fotografa em modo M no dial, mas usa fotometria outra que não spot (ou parcial), não está fotografando manual, está fotografando automático conforme os algoritmos determinados pelo fabricante e introduzindo dados de velocidade e abertura manualmente, o que é totalmente diferente.

« Última modificação: 30 de Agosto de 2013, 12:18:10 por AlexandreS »

Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


Mr. Hyde

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 16.575
  • Sexo: Masculino
    • Faceboock
Resposta #9 Online: 30 de Agosto de 2013, 12:21:51
A régua do fotômetro é só um indicador para balizar as decisões do fotógrafo.
Ele entendendo a iluminação disponível e tendo o fotômetro para auxiliar a medi-la, ele tem condição de, com uma boa margem de segurança, decidir sobre a fotometria que ele quer registrar na foto.

Uma cena muito clara, ele pode querer registrar apenas as silhuetas dos prédios ou pessoas, p. ex. Nesse caso, não há porque zerar o fotômetro, pq aí ele não conseguirá as silhuetas. Mas se ele medir nas pessoas ou prédios e expor para -2EV ele terá o resultado pretendido.

Então, fotometria é uma das coisas mais importantes no aprendizado do fotógrafo e pode até mesmo levar anos para ele ter o completo domínio dela.

____________________
"Deus perdoe o Mal que habita em mim" M. Nova


CoelhoRJ

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 197
Resposta #10 Online: 30 de Agosto de 2013, 15:52:50
Faltou completar que a fotometria é baseada na percepção de luminosidade pela maioria das pessoas e a partir deste parâmetro a imagem por ser mais ou menos iluminada dentro de uma escala padronizada para facilitar a vida dos fotógrafos.

Outro fato interessante é a equivalência de exposição que mostra para cada ISO, valores de velocidade x abertura que produzem a mesma exposição.

Essa matéria na Wiki fala bem sobre isso e tb mostar os valores padrão de EV para a maioria das situações:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Valor_de_exposi%C3%A7%C3%A3o

« Última modificação: 30 de Agosto de 2013, 16:03:01 por CoelhoRJ »


pedromartins021

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 882
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 30 de Agosto de 2013, 16:17:04
Olá pessoal! blz?

         Como iniciante eu sempre achei que fotometrar corretamente era apenas deixar indicador no meio da régua. Se o indicador ficasse do lado esquerdo a foto está subexporta e o do lado direito superexposta.
         Minha dúvida surgiu, pois vejo com certa frequência aqui no fórum o pessoal recomendar "fotometre corretamente" então eu acho que fotometrar vai além o uso correto da "reguinha". Vocês poderiam explanar mais sobre isso?

Desde já agradeço as contribuições

Fotometrar nada mais é que medir a luz ambiente e com base na medição o fotgrafo tome a decisao correta. A regua do fotometoro é pra ajudar o fotografo a decidir como é que ele quer que saia a foto.

Quer um exemplo?

Digamos que voce vai ao campo e quer fazer uma foto do ceu estrelado com uma casa como plano de fundo, uma dessas fotos que se vê as estrelas e a casa bem nitidas... Nunca espere que o fotometro da camera zere, no escuro ele nao vai fazer isso, sempre vai dar pra menos (-), baseado nas informacaoes de condicoes de iluminação voce vai definir a abertura, a velocidade e o ISO que voce vai usar pra obter uma boa foto... pronto, voce acaba de fotometrar.


André Luis Jacob

  • Trade Count: (3)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.309
  • Sexo: Masculino
    • Jacob Fotografia Criativa
Resposta #12 Online: 30 de Agosto de 2013, 16:39:29
sinceramente, nao uso o fotometro da camera praticamente nunca! Depois de um tempo acostuma com as relaçoes de abertura/iso/velocidade e com a luz ambiente ja conseguimos ter uma noçao do que usar para determinada situaçao, principalmente pra mim que uso muito tochas de estudio ou flash fora da camera

Ja um fotometro de mao se torna bem mais util nesses casos


pedromartins021

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 882
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 30 de Agosto de 2013, 21:49:22
Depois de um tempo acostuma com as relaçoes de abertura/iso/velocidade e com a luz ambiente ja conseguimos ter uma noçao do que usar para determinada situaçao, principalmente pra mim que uso muito tochas de estudio ou flash fora da camera


fotometrar é justamente isso, saber escolher a configuração correta pra cada situação. O fotometro é voce, voce decide o que é melhor com base nas informaçãoes do ambiente, coisa que a camera tenta fazer no automatico.


cleriston

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 281
Resposta #14 Online: 01 de Setembro de 2013, 08:55:45
Galera muito obrigado pelas respostas.
O tópico ficou muito rico com relação ao tema. Já até comprei o livro EXPOSIÇAO - GUIA DE CAMPO do Michael Freeman para estudar melhor o tema.
Só ficou uma dúvida. Qual a diferença em fotometrar alterando abertura, exposição, iso  com alterando a compensação?