Autor Tópico: As minhas decepções com a 6D!!  (Lida 17331 vezes)

Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 12.283
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
    • thalessouto.com
Online: 11 de Setembro de 2013, 23:37:09
Calma, calma... antes que achem que é um tópico fim do mundo ou que estou me desfazendo da 6D, podem tirar o cavalinho da chuva. Após quase 6 meses queria relatar as minhas decepções (poucas, mas existtem) com a Canon 6D.
Algumas delas até pensei e fotografei muito (fui aprimorando a minha técnica) antes de concluir.

Decepção 1: Fotometria com tendência absurda de sempre deixar subexposto.
        Até achei que meu gosto e olho técnico foram se alterando e sendo os principais responsáveis por achar que as minhas fotos ficam sub mas, realmente, a necessidade de se trabalhar com compensação de exposição +1/3 ou +2/3 já virou uma regra. Estou considerando situações de fotometrias simples e fácil.

Decepção 2: Recuperação dos Highlights e Shadows.
        Claro que este aspecto depende do ambiente e fotometria fotografada mas não consigo grandes resultados (entenda-se qualidade boa) na recuperação de altas e baixas luzes (principalmente altas luzes) quando comparado com a minha ex D-90.

Decepção 3: AF em condições além da tradicional.
        É inegável o quão excelente é o AF do ponto central configurado para ONE SHOT mas, realmente, não me encontrei com a simplicidade extrema do sistema de AF que a Canon colocou. Não consegui enxergar na câmera e no manual dela algo que habilite um sistema de Tracking Focus, 3D, etc.. (espero que tenha conseguido explicar o que quis escrever). O AI SERVO (AF-C da Nikon) funciona bem se usar o ponto central e o mesmo ficar sobre o objeto/pessoa a ser fotografada.
       Outro detalhe, existem mais 10 pontos de foco que não são rápidos e precisos (antagônico ao ponto central).
       Obs.: o que a 6D tem de legal no botão dedicado para ISO, faltou um jeito mais rápido e fácil para mudar de pontos automáticos ou manuais a serem escolhidos no grip.

É isso aí..... Quero deixar claro que não estou aqui para desanimar nenhum usuário ou futuro pretendente de Canon 6D. Só estou jogando a real da MINHA OPINIÃO (que fique bem claro que é a opinião do Thales que vos fala) para discutir com outros usuários se eles tiveram a mesma percepção.

Se me perguntarem se recomendo a 6D, a resposta é simples: SIM.
D610 + AF-S 50 1.8 G + AF-S 28 1.8 G + YN685 + tripé fuleiro de 35 dólares
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
Instagram: @souto_thales
www.flickr.com/photos/tsouto


spiderman

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.410
Resposta #1 Online: 11 de Setembro de 2013, 23:54:12
Hmmm. Será que ela também nao se decepcionou um pouco com voce? :)
Campanha de crowdfunding pra lançamento do livro - Retratos pra Yayá

Acesse e apoie: www.catarse.me/retratosprayaya


Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 12.283
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
    • thalessouto.com
Resposta #2 Online: 11 de Setembro de 2013, 23:55:47
Hmmm. Será que ela também nao se decepcionou um pouco com voce? :)
hehehehe... por que não!?!?

Lembrando que o objetivo é saber dos outros usuários se eles tem essa mesma percepção.
D610 + AF-S 50 1.8 G + AF-S 28 1.8 G + YN685 + tripé fuleiro de 35 dólares
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
Instagram: @souto_thales
www.flickr.com/photos/tsouto


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.752
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #3 Online: 11 de Setembro de 2013, 23:57:09
Decepção 2: Recuperação dos Highlights e Shadows.
        Claro que este aspecto depende do ambiente e fotometria fotografada mas não consigo grandes resultados (entenda-se qualidade boa) na recuperação de altas e baixas luzes (principalmente altas luzes) quando comparado com a minha ex D-90.


Dos outros pontos não sei, mas esse eu achei bem estranho. Nas minhas câmeras eu consigo recuperar muita coisa, principalmente nas altas luzes. Dá pra recuperar uns 2EV numa boa. Meu parceiro de fotografia usa uma 6D, e em algumas fotos eu fui capaz de recuperar muita coisa também de baixas luzes, e isso em ISO já bem alto...


Álvaro Fraga

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 257
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 12 de Setembro de 2013, 00:34:36
Calma, calma... antes que achem que é um tópico fim do mundo ou que estou me desfazendo da 6D, podem tirar o cavalinho da chuva. Após quase 6 meses queria relatar as minhas decepções (poucas, mas existtem) com a Canon 6D.
Algumas delas até pensei e fotografei muito (fui aprimorando a minha técnica) antes de concluir.

Decepção 1: Fotometria com tendência absurda de sempre deixar subexposto.
        Até achei que meu gosto e olho técnico foram se alterando e sendo os principais responsáveis por achar que as minhas fotos ficam sub mas, realmente, a necessidade de se trabalhar com compensação de exposição +1/3 ou +2/3 já virou uma regra. Estou considerando situações de fotometrias simples e fácil.

Decepção 2: Recuperação dos Highlights e Shadows.
        Claro que este aspecto depende do ambiente e fotometria fotografada mas não consigo grandes resultados (entenda-se qualidade boa) na recuperação de altas e baixas luzes (principalmente altas luzes) quando comparado com a minha ex D-90.

Decepção 3: AF em condições além da tradicional.
        É inegável o quão excelente é o AF do ponto central configurado para ONE SHOT mas, realmente, não me encontrei com a simplicidade extrema do sistema de AF que a Canon colocou. Não consegui enxergar na câmera e no manual dela algo que habilite um sistema de Tracking Focus, 3D, etc.. (espero que tenha conseguido explicar o que quis escrever). O AI SERVO (AF-C da Nikon) funciona bem se usar o ponto central e o mesmo ficar sobre o objeto/pessoa a ser fotografada.
       Outro detalhe, existem mais 10 pontos de foco que não são rápidos e precisos (antagônico ao ponto central).
       Obs.: o que a 6D tem de legal no botão dedicado para ISO, faltou um jeito mais rápido e fácil para mudar de pontos automáticos ou manuais a serem escolhidos no grip.

É isso aí..... Quero deixar claro que não estou aqui para desanimar nenhum usuário ou futuro pretendente de Canon 6D. Só estou jogando a real da MINHA OPINIÃO (que fique bem claro que é a opinião do Thales que vos fala) para discutir com outros usuários se eles tiveram a mesma percepção.

Se me perguntarem se recomendo a 6D, a resposta é simples: SIM.

Tsouto, concordo com você com relação à subexposição. Notei isso em várias fotos.  Quanto ao AF, não tive oportunidade de usar a câmera de forma intensiva e o mesmo serve para a questão de highlights e shadows. 
Nikon D810 + Sigma 150-600mm contemporary + Nikon 50mm f/1.8
http://500px.com/AlvaroFraga


Roberto Dellano

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.322
  • Sexo: Masculino
  • RTFM
    • Roberto Dellano Fotografia
Resposta #5 Online: 12 de Setembro de 2013, 07:26:16
Decepção 2: Recuperação dos Highlights e Shadows.
        Claro que este aspecto depende do ambiente e fotometria fotografada mas não consigo grandes resultados (entenda-se qualidade boa) na recuperação de altas e baixas luzes (principalmente altas luzes) quando comparado com a minha ex D-90.

Também achei estranho isso. Ainda mais uma D90 ter mais DR que a 6D.

Nessa foto a abaixo o flash resolveu dar tilt bem na hora que o pai entrega a filha ao noivo. Quando eu puxei a latas luzes na pós fiquei surpreso.



rafael1904

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.020
Resposta #6 Online: 12 de Setembro de 2013, 08:11:45
Tsouto, se vc não tivesse mais nenhum equipamento específico para a Canon, trocaria ela pela D600 da Nikon sem algum custo a mais? Ou acha que valeria o sacrifício e partir logo para a 5dmkiii ?
« Última modificação: 12 de Setembro de 2013, 08:12:13 por rafael1904 »


rafael1904

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.020
Resposta #7 Online: 12 de Setembro de 2013, 08:20:20
Ainda não li, mas parece que procede o que vc diz:

http://www.imaging-resource.com/PRODS/canon-6d/canon-6dA5.HTM


fernandomaues

  • Trade Count: (16)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.439
  • Fernando Maués
    • Fernando Maués
Resposta #8 Online: 12 de Setembro de 2013, 09:16:45
Tsouto, se vc não tivesse mais nenhum equipamento específico para a Canon, trocaria ela pela D600 da Nikon sem algum custo a mais? Ou acha que valeria o sacrifício e partir logo para a 5dmkiii ?
Rafael, eu trabalho com uma 6D. Mas se fosse sair do zero, não tivesse lentes nem familiaridade com Canon e tivesse que escolher em 6D e 600D, iria de Nikon se fizesse social pelos dois slots e o sistema de foco; e de Canon em estúdio pela possibilidade de usar thetering via Wi-fi. Como QI creio que se equivalem.


fernandomaues

  • Trade Count: (16)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.439
  • Fernando Maués
    • Fernando Maués
Resposta #9 Online: 12 de Setembro de 2013, 09:21:55
Tsouto,
   Como dificilmente faço eventos e quase sempre fotografo em M nunca me dei conta da tendência a subexposição (vou atentar para isso); como nunca tive câmera com AF melhor e tampouco uso servo, também não me incomodo com o AF simples dela; da mesma forma que o Dellano e o Humberto, não tenho queixas das recuperações de altas luzes ou sombras.

   Minhas queixas tem a ver com a roda traseira muito tosca e a falta de um botão dedicado para WB. Além disso não acho ela essas coisas todas em ISO alto que o povo fala, sobretudo quando a luz é de certas temperaturas desfavoráveis (como essas de postes de rua ou incandescentes) ou a cena tem muito contraste. Tampouco ela me entrega uma textura de imagem tão "orgânica" (ok, não é adequado, mas não tenho uma palavra melhor para descrever a sensação que tenho) quanto a da 5D coroa.

   De qualquer forma, não tenho dúvidas que ela tem muio mais queixas de mim que eu dela... hehe ;)
« Última modificação: 12 de Setembro de 2013, 09:22:53 por fernandomaues »


edsrzo

  • Trade Count: (20)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 211
Resposta #10 Online: 12 de Setembro de 2013, 09:23:40
tbm axo a recuperação muito boa, subexpor eu vejo mais quando faço as fotos em aberto, talvez a seja a vinheta da lente algumas chegam a 2evs , o foco eu gostaria que tivesse um Joystick do tipo da 5d .fora isso esta tudo certo.


rafael1904

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.020
Resposta #11 Online: 12 de Setembro de 2013, 10:46:45
Rafael, eu trabalho com uma 6D. Mas se fosse sair do zero, não tivesse lentes nem familiaridade com Canon e tivesse que escolher em 6D e 600D, iria de Nikon se fizesse social pelos dois slots e o sistema de foco; e de Canon em estúdio pela possibilidade de usar thetering via Wi-fi. Como QI creio que se equivalem.

Penso bem parecido contigo, Fernando. O que me tem feito ir pra 6D foi justamente o thetering e o que me assusta de ir pra D600 é justamente o óleo no sensor e a não facilidade de manuseio. Pontos de foco pra mim não irá fazer diferença, pois só uso o central mesmo. O que faria diferença, seria mesmo o pop-up flash para situações emergenciais, mas nem tanto assim, uma vez que quase nem uso o pop-up.

Agora com essa questão que o tsouto levantou, eu andei pesquisando e encontrei em vários fóruns pessoas relatando desse problema. Perguntei isso pra ele, pois minha 6D ainda está em fase de "quase compra" e posso mudar de ideia. Mas, esse problema de sub exposição, não deve ser nada crítico.
« Última modificação: 12 de Setembro de 2013, 10:50:22 por rafael1904 »


dimigobbo

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.698
  • Sexo: Masculino
    • Meu Flickr
Resposta #12 Online: 12 de Setembro de 2013, 10:51:33
Cara... compensar SEMPRE, em todas as situações.

Não será que vc estaria fotometrando errado com o fotometro "zerado" (no meio).

Quando li isso a primeira vez, achei estranho pacas.

Abcs
"If your pictures aren't good enough, you're not close enough"

RTFM


Walmiré Junior

  • Trade Count: (27)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.053
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 12 de Setembro de 2013, 11:07:15
Minha opinião é que toda Canon que eu peguei até hoje tem essa baitolagem no fotometro. então não fique triste Thales, você não está sozinho
FujiFilm X-PRO2  | XF 35mm 1.4  |
Instagram : @_meninowal209 / 
'' Esquece a teleobjetiva brô, cenas boas só de perto ~ ''


fernandomaues

  • Trade Count: (16)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.439
  • Fernando Maués
    • Fernando Maués
Resposta #14 Online: 12 de Setembro de 2013, 11:08:26
Penso bem parecido contigo, Fernando. O que me tem feito ir pra 6D foi justamente o thetering e o que me assusta de ir pra D600 é justamente o óleo no sensor e a não facilidade de manuseio. Pontos de foco pra mim não irá fazer diferença, pois só uso o central mesmo. O que faria diferença, seria mesmo o pop-up flash para situações emergenciais, mas nem tanto assim, uma vez que quase nem uso o pop-up.

Agora com essa questão que o tsouto levantou, eu andei pesquisando e encontrei em vários fóruns pessoas relatando desse problema. Perguntei isso pra ele, pois minha 6D ainda está em fase de "quase compra" e posso mudar de ideia. Mas, esse problema de sub exposição, não deve ser nada crítico.
Rafael, creio que essa questão de sujeira no sensor da D600 esteja superada; manuseio, a gente se adapta. Então se forem só esses os pontos contra a Nikon, pega logo ela. Quanto a história da sub, concordo com o Dimi: fotômetro zerado é só um indicativo.