Autor Tópico: Compras na B&H  (Lida 489 vezes)

ferdu

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 688
Online: 08 de Outubro de 2013, 17:14:01
Pessoal, eu vi que teve um tópico recente sobre isso que virou briga ... mas quero apenas colher experiencias de compras recentes na B&H dos frequentadores do fórum...por favor não vamos entrar no mérito se é legal, se é moral ou coisas do tipo...

apenas quero saber se as mercadorias estão chegando bem, sem desaparecimentos ou extravios. E quem está optando em pagar o imposto aqui, está tendo alguma dificuldade? Pergunto porque o valor calculado para pagamento no ato da compra é acima do valor correto do imposto devido...a b&h está jogando o valor lá em cima inviabilizando esta opção.

No caso de optar em não pagar no ato da compra, como funciona? o produto chega em casa e depois tenho que pagar ou é certo de parar na receita e ter que pagar por la? Neste caso é sempre considerado que tentei não pagar imposto e terei que pagar multa? No site da B&H esta opção chama-se "Pagar no Momento da Entrega", por isso me pergunto se é uma opção ou se sempre será considerado tentativa de importação ilegal...


valeu.


jauvane

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 1.987
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 08 de Outubro de 2013, 19:34:14
Para compras até o valor de US$500 (envio incluído), o regime de tributação simples se aplica - quando a mercadoria chega nos correios e um aviso chega na tua casa. Na própria agência dos correios tu pagas o imposto de importação (60%) e levas o pacote para casa. Para compras acima de US$500 e até US$3000, o pagamento do imposto é pago antecipadamente, antes da liberação da encomenda. Se a pessoa registrar a compra e pagar o imposto antecipadamente, que eu saiba o desembaraço é simples. A única vez que adquiri pelos correios um item acima de US$500 (uma vela para caiaque com custo de cerca de $600),  que ocorreu foi que os correios de SP (moro no Rio) me contactaram e cobraram os 60% de importação, 18% de ICMS (que cobram em SP. No Rio o ICMS não é cobrado) e mais R$100 de taxa de manuseio. Esta taxa de manuseio foi devido ao fato de que os correios fizeram o desembaraço alfandegário que eu deveria ter feito à priori. Uma vez pagas as taxas o pacote foi liberado e o mesmo foi enviado para meu endereço, chegando alguns dias depois.

Costumo me restringir ao limite de RTS de US$500. Quando comprei pela B&H a um tempo atrás, pedi envio USPS com pagamento dos impostos aqui. O pacote chegou sem problemas e os impostos foram cobrados conforme o RTS. Com frequência aproveito o limite de importação de colegas e familiares (US$500) que não trazem nada para si próprios.

Recentemente tenho notado que algumas lojas em SP vendem vários produtos com preços bastante honestos (e com nota fiscal). Minhas últimas três lentes adquiri na Angel Foto, onde o preço era pouco mais que o custo nos EUA+imposto. Quando o preço no país é menos que o dobro do valor lá fora, costumo preferir comprar localmente (foi o caso das lentes), dado o risco de dano, extravio, etc. Acima disso é que dependendo do caso trago de fora, já que os 50% de imposto (se trazido como bagagem) ou 60% (pelos correios) são pouco frente a diferença de valor.
JVc.


ferdu

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 688
Resposta #2 Online: 08 de Outubro de 2013, 19:47:51
Amigo, muito obrigado pela resposta.  Era exatamente isso que eu queria saber. ..

Eu tentei fazer uma compra no valor de 550 dólares e os valores que eu achei incompatíveis eram referentes a essa taxa de manuseio,  icms e etc..


Então não compensa mesmo comprar na bh, a não ser que seja pessoalmente. ..


Obrigado