Autor Tópico: como evitar perder as fotos  (Lida 726 vezes)

gruggio

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.145
Online: 18 de Novembro de 2013, 14:01:32
como evitar perder as fotos?

é o que eu busco com esse tópico!  :D

Bom, vou fotografar um casamento no final do ano e já percebi a enorme importância da preocupação com o Armazenamento/Backup.

Segue meus planos:
D7000
slot principal SD Sandisk extreme 32GB 80mb/s,  gravando em RAW
slot secundário - copia de seguranca SD Sandisk extreme 16GB 40mb/s  gravando em JPG)
1 macbook pro (backup após a cerimônia/festa)
HD externo (backup ao chegar em casa)
+ 2 SD Sandisk extreme 32GB 80mb/s para repor no slot principal quando encher.

Minha dúvida é a seguinte: esse esquema está bom? Cada cartão de 32 cabem 899 fotos em RAW. somando os 3 cartões de 32GB, consigo 2.697 fotos em RAW. Será que preciso comprar outro cartão??
Também tenho medo de travamento e perca de dados com os cartões de 32GB - Ouvi dizer que cartões de grande quantidade tem maior chance de travar e perder as fotos, alguem utiliza cartão de 32 pra me confirmar isso?

Outra dúvida, com a função da ranhura 2 - COPIA DE SEGURANCA, posso escolher a qualidade e tamanho da gravação do JPG para: Alta / normal /  baixa; e tamanhos S, M e L. Porém se eu colocar o JPG Alta + L, terei de comprar MAIS cartões para a copia de segurança.
Será que vale apena utilizar a copia de seguranca para gravar em JPG BAIXA SMALL? ou é muito ruim? Assim eu posso deixar apenas 1 cartão na ranhura 2 até o final do evento sem me preocupar em trocar o cartão da ranhura 2, focando apenas na troca da ranhura 1...
« Última modificação: 18 de Novembro de 2013, 14:07:21 por gruggio »


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.913
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 18 de Novembro de 2013, 14:24:04
como evitar perder as fotos?

é o que eu busco com esse tópico!  :D

Bom, vou fotografar um casamento no final do ano e já percebi a enorme importância da preocupação com o Armazenamento/Backup.

Segue meus planos:
D7000
slot principal SD Sandisk extreme 32GB 80mb/s,  gravando em RAW
slot secundário - copia de seguranca SD Sandisk extreme 16GB 40mb/s  gravando em JPG)
1 macbook pro (backup após a cerimônia/festa)
HD externo (backup ao chegar em casa)
+ 2 SD Sandisk extreme 32GB 80mb/s para repor no slot principal quando encher.

Minha dúvida é a seguinte: esse esquema está bom? Cada cartão de 32 cabem 899 fotos em RAW. somando os 3 cartões de 32GB, consigo 2.697 fotos em RAW. Será que preciso comprar outro cartão??
Também tenho medo de travamento e perca de dados com os cartões de 32GB - Ouvi dizer que cartões de grande quantidade tem maior chance de travar e perder as fotos, alguem utiliza cartão de 32 pra me confirmar isso?

Outra dúvida, com a função da ranhura 2 - COPIA DE SEGURANCA, posso escolher a qualidade e tamanho da gravação do JPG para: Alta / normal /  baixa; e tamanhos S, M e L. Porém se eu colocar o JPG Alta + L, terei de comprar MAIS cartões para a copia de segurança.
Será que vale apena utilizar a copia de seguranca para gravar em JPG BAIXA SMALL? ou é muito ruim? Assim eu posso deixar apenas 1 cartão na ranhura 2 até o final do evento sem me preocupar em trocar o cartão da ranhura 2, focando apenas na troca da ranhura 1...

Rapaz, vc tá certíssimo nas suas preocupações.
Sobre as dúvidas:
1- Os 3 cartões de 32 gb dão conta sim. Fica sussa, 2700 fotos é foto pra caramba, relaxa.
Faz muito tempo que não ouço falar de cartão zoado, mas eu acho melhor vários pequenos que um grande. Mas isso é herança boba do tempo das 36 poses do filme  :D :D :D

2-Minha camera só tem slot pra um cartão. Mas se eu fosse usar o segundo slot para backup, seria no maior JPG possível. Em vez de colocar um cartão de 16, ponha um de 32, resolve. Além disso, se for pra dar pau no cartão, vai ser um por vez... Se acontecer nos dois slots juntos pode se considerar o cara mais azarado do mundo, hehehehe

Minha rotina é bem mais básica que a sua.
Fotografo em RAW apenas, cabou o evento, descarrego em um netbook baratinho que comprei pra esse fim.
Vou embora com os cartões escondidos na roupa, pois se acontecer de me roubarem tudo, o cartãozinho tá a salvo.
Chego no estudio, descarrego no pc de trabalho. Até aí to com três cópias do arquivo.

Depois de editar as fotos, renomear, etc, gravo em um hd externo, e em blu-ray, em duas cópias. Nessa hora, apago do netbook.
Dessa forma, tenho quatro cópias do arquivo.
Só tiro o HD de casa quando fotografo algo e vou fazer backup, e os discos vão, um pra casa, e um fica no estúdio, numa pasta bem feia, que não desperta interesse de ladrão.
Se invadirem minha casa, os arquivos estarão no estudio, em dois lugares.
Se o estudio pegar fogo, tem no bluray e no hd externo em casa.
Se roubarem o estudio, levando o computador principal, ainda tem as pastas de discos, feias, pesadas, que ninguém quer...


Minha neura é só com os arquivos do evento. Diagramação de álbum, fotos tratadas, etc, nem ligo não. Só entrego um dvd com as lâminas em jpg+fotos escolhidas pros noivos, e faço uma cópia pra mim. LArgo num tubo escondido e nem mexo mais.

 :ok:


Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 11.887
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
    • http://www.instagram.com/soutonaamerica
Resposta #2 Online: 18 de Novembro de 2013, 14:29:33
A questão não é backup dos arquivos, mas sim backup de equipamento. Geralmente câmeras não falham mas se falhar o cliente não pode ficar sem fotos.
Nem que seja uma D3100.
D610 + AF-S 50 1.8 G + AF 24 2.8 D + YN685
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
www.flickr.com/photos/tsouto


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.895
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #3 Online: 18 de Novembro de 2013, 14:43:50
Acho que pode usar um cartão de 32GB no slot pra JPEG também, e daí ficam 2 de 32GB e 1 de 16GB pros RAW. É mais que suficiente.

Ao invés de trocar os cartões quando eles encherem, o mais indicado é trocar a cada momento grande do evento, independente se estiver cheio ou não o cartão. Eu uso 2 câmeras em casamentos, e tenho 2 cartões para cada uma, e mais 1 de reserva. Quando acaba a cerimônia, eu já troco de cartão nas 2 câmeras e, se possível, já faço backup dos cartões usados. Acabando o evento faço o backup dos outros 2 (ou 3) cartões.

Chegando em casa, já copio pro computador e assim fico com 3 cópias de cada arquivo. Terminando de selecionar e tratar, faço backup num HD externo, e aí mantenho apenas as cópias do HD externo e do computador. Mantenho essas 2 cópias mesmo após entregar o trabalho aos clientes.

A questão não é backup dos arquivos, mas sim backup de equipamento. Geralmente câmeras não falham mas se falhar o cliente não pode ficar sem fotos.
Nem que seja uma D3100.

Concordo plenamente! Fazer evento com apenas 1 câmera é quase tão arriscado quanto fazer evento com apenas 1 cartão! Eu sempre levo 2 câmeras, 2 flashes e 3 objetivas para os meus eventos.


Danilo_cs

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.058
    • DCS
Resposta #4 Online: 18 de Novembro de 2013, 16:46:16
eu ja tinha imaginado diversos imprevistos que podem acontecer se eu fotografasse um casamento...mas nunca tinha pensado nisso.... fotografar e ter o cartão e camera roubados após a festa.....
Meu trabalho está aqui em http://www.dcsdesenvolvimento.com.br :)


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.913
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 18 de Novembro de 2013, 17:16:51
eu ja tinha imaginado diversos imprevistos que podem acontecer se eu fotografasse um casamento...mas nunca tinha pensado nisso.... fotografar e ter o cartão e camera roubados após a festa.....
Acontece mais do que a gente pensa, amigo...

Se o vagabundo levar a camera, a gente compra outra depois... Se os cartões estiverem na bolsa, quem vai pedir pro cara?
Pensa: "Ô sr. ladrão, vc já tá com a camera, lentes, tudo, poderia deixar os cartões de memória, pra eu não perder as fotos da noiva?"

O FDP vai rir na sua cara...


gruggio

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.145
Resposta #6 Online: 18 de Novembro de 2013, 17:24:29
Rapaz, vc tá certíssimo nas suas preocupações.
Sobre as dúvidas:
1- Os 3 cartões de 32 gb dão conta sim. Fica sussa, 2700 fotos é foto pra caramba, relaxa.
Faz muito tempo que não ouço falar de cartão zoado, mas eu acho melhor vários pequenos que um grande. Mas isso é herança boba do tempo das 36 poses do filme  :D :D :D

2-Minha camera só tem slot pra um cartão. Mas se eu fosse usar o segundo slot para backup, seria no maior JPG possível....

 :ok:

Essa dúvida tava me consumindo, mais acho que relmente compensa colocar o JPG em alta!


Se roubarem o estudio, levando o computador principal, ainda tem as pastas de discos, feias, pesadas, que ninguém quer...

Minha neura é só com os arquivos do evento. Diagramação de álbum, fotos tratadas, etc, nem ligo não. Só entrego um dvd com as lâminas em jpg+fotos escolhidas pros noivos, e faço uma cópia pra mim. LArgo num tubo escondido e nem mexo mais.

 :ok:

Gostei desse esquema da pasta de discos! vou aderir isso ai! não tinha pensado em fazer backup via DVD, acho que vou fazer também. E colocar numa pasta bem judiada - ótima!   :ok:
Eu dou mais carinho pras fotos tratadas do que para o arquivo RAW! se eu perco as tratadas fico até com dor de cabeça só de lembrar as horas que fiquei tratando....  :D
Vlw as dicas !

A questão não é backup dos arquivos, mas sim backup de equipamento. Geralmente câmeras não falham mas se falhar o cliente não pode ficar sem fotos.
Nem que seja uma D3100.

Pois é, vou levar minha D3100 como segunda camera, que será também meu backup. estou pensando em fazer 80% do evento com a D7000 + TAMRON 17-50 2.8 e algumas fotos com a D3100 50 1.8G, acho que vai ser tranquilo

eu ja tinha imaginado diversos imprevistos que podem acontecer se eu fotografasse um casamento...mas nunca tinha pensado nisso.... fotografar e ter o cartão e camera roubados após a festa.....

cara, foi bom vc falar isso, vou colocar os cartões na cueca!  :hysterical: :hysterical: :hysterical:


felippe.rosa

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 651
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #7 Online: 18 de Novembro de 2013, 17:42:34
Não atuo na área, mas só uma dica que aprendi.  Não adianta ter 3 cartões, dvds hd externa etc e deixa todas no mesmo lugar. No caso de um incêndio, queima tudo do mesmo jeito. Claro que é uma catástrofe, mas acontece.  Melhor estar sempre preparado.


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.913
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 18 de Novembro de 2013, 19:49:23
Não atuo na área, mas só uma dica que aprendi.  Não adianta ter 3 cartões, dvds hd externa etc e deixa todas no mesmo lugar. No caso de um incêndio, queima tudo do mesmo jeito. Claro que é uma catástrofe, mas acontece.  Melhor estar sempre preparado.

Exato, por isso citei meu exemplo: Computador + Bluray no estudio e HD externo + bluray em casa.

Eu sou azararado, mas me previno, hehehehehe...


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.895
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #9 Online: 18 de Novembro de 2013, 19:56:37
Acho que o mais seguro hoje em dia é ter algum método de backup online, que pode ser acessado de onde você quiser. Realmente, deixar todas as cópias no mesmo local é arriscado, mas muitas vezes eu acabo deixando mesmo, por falta de opção...

Ah, uma coisa que o Mike falou que é essencial, eu também guardo os cartões comigo na hora de ir embora do evento. Ficam no bolso da camisa, ou em algum bolso da calça, enquanto que o meu HD de backup vai na mochila com o equipamento. Roubem meu carro, roubem minhas câmeras, mas não ousem roubar meus cartões, ahahah.

Pra mim o mais tenso mesmo é no caminho do local do evento até o carro, dependendo de onde consigo estacionar. Geralmente, no caminho até em casa é tranquilo, até porque os eventos costumam acabar num horário em que ladrão já está dormindo, ahahah.


Shuant

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 110
Resposta #10 Online: 19 de Novembro de 2013, 09:07:54
Acho que o mais seguro hoje em dia é ter algum método de backup online, que pode ser acessado de onde você quiser. Realmente, deixar todas as cópias no mesmo local é arriscado, mas muitas vezes eu acabo deixando mesmo, por falta de opção...

Ah, uma coisa que o Mike falou que é essencial, eu também guardo os cartões comigo na hora de ir embora do evento. Ficam no bolso da camisa, ou em algum bolso da calça, enquanto que o meu HD de backup vai na mochila com o equipamento. Roubem meu carro, roubem minhas câmeras, mas não ousem roubar meus cartões, ahahah.

Pra mim o mais tenso mesmo é no caminho do local do evento até o carro, dependendo de onde consigo estacionar. Geralmente, no caminho até em casa é tranquilo, até porque os eventos costumam acabar num horário em que ladrão já está dormindo, ahahah.

Concordo!  Hoje o sistema de "nuvem" da Apple ilustra muito bem como isso funciona. Backups on line, acesso de várias formas.. muito interessante, porém caro e ainda não tão difundido.

@topic
Bom, eu nunca fiz todos esses procedimentos, nem cópia de segurança no Slot 2 eu faço.. Nem uso cartão com mais de 8gb....

Termino o evento, não carrego cartões junto com as câmeras... Em casa, a minha "ordem normal de trabalho" é essa:

Descarrego em HD Externo/ faço cópias para HD interno do Raw/ transformo em JPEG/ apago o raw do HD interno/ gravo JPEGS em DVD (cópias pra mim e pro cliente) / Formato os cartões


Nunca deu errado...