Autor Tópico: Alguem assisitu "A LIGA" hoje?  (Lida 2648 vezes)

Roberto Dellano

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.119
  • Sexo: Masculino
  • RTFM
    • Roberto Dellano Fotografia
Online: 20 de Novembro de 2013, 00:29:07
O programa a liga de hoje mostrou algumas peculiaridades das baladas adolescentes que eu fiquei estupefato.

MC Catra fazendo show para um publico adolescente em uma matinê com meninas de até 12 anos, falando em "beijar a perereca".

Dançarino bombado, no estilo clube das mulheres fazendo show para essas mesmas meninas de até 12 anos, jogando liquido no corpo e se insinuando sexualmente.

Orientadora sexual falando para meninas de 11 anos que devem se masturbar por que é gostoso, ensinando a botar camisinha, usando um pênis de borracha. Meninas de 11 anos!!!


Juro, perdi a noção da palavra pedofilia.


Quem tem filha aqui acha isso normal?


Renan.Paiva

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 551
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 20 de Novembro de 2013, 03:07:58
Minha esposa esta com 9 meses a qualquer momento  chega minha primeira filha. Hoje minha maior preocupação e com certeza a educao o mundo de hoje esta perdido.

Criança tem q ter vida de criança não pensar em sexo
Nikon D7100 - 35mm DX 1.8G - 50 mm AF-S 1.8G - 55 200 VR - Tamron 17-50 2.8 VC DX II


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.853
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #2 Online: 20 de Novembro de 2013, 08:09:08
Realmente está acontecendo uma "banalização" do sexo, com uma boa dose de libertinagem.
Como todo esse "conteúdo gritado" por aí ( tv, internet e td mais ), eu tbm tenho medo de por filho no mundo..... :shock:


Diogenes

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.561
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 20 de Novembro de 2013, 10:59:04
Pois é...tá tudo virado de ponta cabeça.

E aí vem uns filhos ou filhas de umas ...utas dizer que não pode dar palmadas no seu filho porque senão ele vai ficar traumatizado.

Como diz um conhecido meu, vão todos arder no mármore do inferno.

Educação dos meus filhos é minha responsabilidade e dar ou não palmadas é minha exclusiva atribuição, se eu assim achar necessário.

Trate seu filho com amor e RESPEITO, ensine a ele desde muito, muuuuuito cedo o que significa a palavra respeito, dê-lhe uns tapas na bunda quando eles pedirem (sim, eles precisam de sua autoridade e tome o cuidado de não confundir autoridade com autoritarismo), dê a eles o conceito de família e não permita, SIMPLESMENTE não permita que eles frequentem lugares que não são apropriados para a idade.

Satisfação garantida ou seu espermatozoide de volta!
Se você acha que pode, você tem razão. Se acha que não pode, também tem razão. Você é quem sabe!


smarx

  • Trade Count: (2)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 316
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 20 de Novembro de 2013, 11:24:41
O desfecho do Diogines foi hilário, pelo menos achei  :hysterical: :hysterical:

Bom são duas situação que entraram em discussão , tenho uma enteada de 11 anos e duas sobrinhas de 11 e 8 anos.

Educação vem de berço isso não tem discussão, mas o ambiente molda o cidadão, como o Diogines disse, não faz mal nenhum saber onde seus filhos estão indo, quem são os seu amigos da rua, do colégio. Infelizmente é marcação cerrada.

E existe uma grande diferença em palmadas de correção e agressão. Os pais sabendo dessa diferença, não ira deixar a criança perturbada e ela vai saber que mereceu o corretivo.

A questão da Pedofilia, nosso pais tem valores totalmente distorcidos, sexo é uma coisa natural (pelo menos deveria ser), o adolescente vai ter duvidas, cabe aos pais ajudarem nesse momento, claro que como pais vc ira explicar que é necessário ter uma maturidade para que isso ocorra naturalmente, uma criança de 11 anos, pois acho que ainda nem entraram na adolescência, tem que esperar essa maturidade.

Infelizmente hoje temos que controlar oque eles usam na internet, oque ele veem na televisão, as musicas que eles escutam e com quem andam!! Acredito tbm que com o tempo livre bem ocupado evitamos essas situação, aula de canto, musica, artes marciais, enfim ocupando bem o tempo evitamos esse tipo de comportamento.
Canon T3i + 17-55 2.8 + 50mm 1.8 + 70-300 4-5.6 Sigma DG Macro + Flash YN-565 EX.



btortelli

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 852
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 20 de Novembro de 2013, 11:42:30
eu vejo crianças fazendo pai e mãe de gato e sapato por ai, sinceramente isso é falha na educação da criança, eu não tenho filhos ainda, mais se um dia um filho meu levantar a voz pra mim, ou querer contestar minha autoridade, como eu vejo muitos fazendo, vai passar vergonha, e perder as mordomias, nunca levei um tapa sequer do meu pai ou da minha mãe, pois desde sempre fui ensinado a respeita-los, e eu acho que é dever dos pais sim saber com quem e aonde o filho anda, pois o meio influencia muito na formação da pessoa tbm.
Canon 60d -- 10-18mm 4.5-5.6 IS -- 17-50mm 2.8 /  GoPro 3 Silver /
Rode Videomic Rycote
www.flickr.com/btortelli
www.500px.com/brunotortelli


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.853
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #6 Online: 20 de Novembro de 2013, 12:42:13
Infelizmente hoje temos que controlar oque eles usam na internet, oque ele veem na televisão, as musicas que eles escutam e com quem andam!! Acredito tbm que com o tempo livre bem ocupado evitamos essas situação, aula de canto, musica, artes marciais, enfim ocupando bem o tempo evitamos esse tipo de comportamento.

Esse é realmente um caminho, e conversar muito, sem ter medo nem vergonha, prq se vc não falar, os "amiguinhos" vão, os absurdos que aprenderam e como aprenderam por aí...


Rodrigo Eduardo

  • Trade Count: (16)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.842
  • Sexo: Masculino
  • Rodrigo
Resposta #7 Online: 22 de Novembro de 2013, 15:32:12
Bom tenho quase 30tão e ainda não tenho filhos e nem pretendo agora.

e me veio a cabeça,se as crianças de 11/12 anos está nessa balada,alguém levou ,correto? de carro no mínimo!

o problema é que os pais não tem pudor,acha bonitinho a criança de 2 aninhos dançando funk,rebolando e falando palavrão.
ai cresce um monte de gente sem pudor...não tem jeito é um efeito dominó.

esse mundo já era.


Palmeida

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.552
Resposta #8 Online: 23 de Novembro de 2013, 11:08:54
Bom tenho quase 30tão e ainda não tenho filhos e nem pretendo agora.

e me veio a cabeça,se as crianças de 11/12 anos está nessa balada,alguém levou ,correto? de carro no mínimo!

o problema é que os pais não tem pudor,acha bonitinho a criança de 2 aninhos dançando funk,rebolando e falando palavrão.
ai cresce um monte de gente sem pudor...não tem jeito é um efeito dominó.

esse mundo já era.

Bem, tenho filha e a mesma tem menos de 1 ano. Eu tinha a mesma mentalidade q vc, "o problema são  os pais", mas não é bem assim.

Existe uma guerra desigual. Enquanto você chega do trabalho, pra ganhar o pão de cada dia, e tenta educar o seu filho, você tem poucas horas com ele. No entanto, a criança é bombardeada por porcaria uma grande parte do tempo: a mídia, a escola e seus coleguinhas, o filho da vizinha que fica o dia todo nA televisão, internet.

É cada vez mais complicado criar filhos. Deve-se tentar o máximo para conseguir ganhar essa guerra, mas não é fácil.

Essa perversão é uma coisa absurda!  Um dia desses fui até chamado de homofóbico pq critiquei o kit gay. Se não me engano, a cartilha tinha orientação sexual em criança. Criança não precisa de orientação sexual!!!- não sou pedagogo ou coisa que o valha, mas tenho bom senso o bastante para saber disso.
O que eu amo: Deus, família, amigos, trabalho,fotografia, contabilidade, estudar e tecnologia!


spiderman

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.410
Resposta #9 Online: 23 de Novembro de 2013, 13:34:35
Acho que não adianta colocar tudo no mesmo pacote. Orientação sexual eh importante e se hoje as crianças estão, cada vez mais cedo, sendo introduzidas nesse universo da sexualidade, a orientação deve se dar sim cada vez mais cedo. O problema não esta na orientação mas na dinâmica da sociedade. A educação sexual apenas se adapta a essa dinâmica. Acho engraçado de ver esse moralismo todo e ao mesmo tempo não se ve problema algum em introduzir roupas de adulto, maquiagem, televisão, hormônios através dos alimentos, machismo, etc. As nossas crianças estão entrando na fase da puberdade cada vez mais cedo. Não adianta querer atacar as consequências. Deveriamos debater mais as causas disso tudo.
Campanha de crowdfunding pra lançamento do livro - Retratos pra Yayá

Acesse e apoie: www.catarse.me/retratosprayaya


ALEXFIGUEIREDO

  • Trade Count: (20)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.616
  • Sexo: Masculino
  • KeepWalking
    • Flickr
Resposta #10 Online: 23 de Novembro de 2013, 13:51:06

Trate seu filho com amor e RESPEITO, ensine a ele desde muito, muuuuuito cedo o que significa a palavra respeito, dê-lhe uns tapas na bunda quando eles pedirem (sim, eles precisam de sua autoridade e tome o cuidado de não confundir autoridade com autoritarismo), dê a eles o conceito de família e não permita, SIMPLESMENTE não permita que eles frequentem lugares que não são apropriados para a idade.


É por aí mesmo. :ok: :ok:
Nikon D800 - Nikon D7100
NikkorAF-S 24-70 2.8 / AF-S 70-200 2.8 VRII / AF-S 105 2.8G Micro / SB 910
Manuais Mamiya 150 Sekor C 1:4 / Nikkor 105 1:2.5 Pré-AI



Palmeida

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.552
Resposta #11 Online: 24 de Novembro de 2013, 05:58:08
Acho que não adianta colocar tudo no mesmo pacote. Orientação sexual eh importante e se hoje as crianças estão, cada vez mais cedo, sendo introduzidas nesse universo da sexualidade, a orientação deve se dar sim cada vez mais cedo. O problema não esta na orientação mas na dinâmica da sociedade. A educação sexual apenas se adapta a essa dinâmica. Acho engraçado de ver esse moralismo todo e ao mesmo tempo não se ve problema algum em introduzir roupas de adulto, maquiagem, televisão, hormônios através dos alimentos, machismo, etc. As nossas crianças estão entrando na fase da puberdade cada vez mais cedo. Não adianta querer atacar as consequências. Deveriamos debater mais as causas disso tudo.

Hoje tá difícil defender a moralidade sem ser taxado de "moralista".  Defender os bons costumes virou sinônimo de falso puritano.

Não se pode deixar de atacar as consequência - proteger/ensinar os seus filhos. Porque enquanto se fica só debatendo a causa, tem menina de 12 anos ficando grávida, garoto de 11 anos usando crack, criança de 10 anos viciada em coca-cola e menino de 6 anos sendo ensinado que não há nada demais em se apaixonar por outro colega do mesmo sexo.
« Última modificação: 24 de Novembro de 2013, 05:59:12 por Palmeida »
O que eu amo: Deus, família, amigos, trabalho,fotografia, contabilidade, estudar e tecnologia!


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.740
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #12 Online: 24 de Novembro de 2013, 09:44:50
Acho que não adianta colocar tudo no mesmo pacote. Orientação sexual eh importante e se hoje as crianças estão, cada vez mais cedo, sendo introduzidas nesse universo da sexualidade, a orientação deve se dar sim cada vez mais cedo. O problema não esta na orientação mas na dinâmica da sociedade. A educação sexual apenas se adapta a essa dinâmica. Acho engraçado de ver esse moralismo todo e ao mesmo tempo não se ve problema algum em introduzir roupas de adulto, maquiagem, televisão, hormônios através dos alimentos, machismo, etc. As nossas crianças estão entrando na fase da puberdade cada vez mais cedo. Não adianta querer atacar as consequências. Deveriamos debater mais as causas disso tudo.
Vc falou tudo.

Eu lembro que quando morei no nordeste eu via muitas criancas que ainda estavam aprendendo a adar usando batom, brincos pesados, mini saia e botas pesadas com salto. Crianca que ainda esta aprendendo a andar e desenvolvendo suas habilidades motoras.

Eu lembro tambem de uma tia minha que sempre falava de moralidade, etc, mas ela vivia na frente da TV e fazia as suas criancas pequenas assistirem as novelas junto com ela (tratando de questoes que criancas nao deveriam nem estar pensando sobre). Eu lembro do meus avos fazerem seus netos assistirem programas policiais, com muita gritaria, sangue e violencia. Meu vo mesmo assistia todos os domingos programas sensacionalistas de auditorio, com mulheres semi nuas exibindo o corpo e fazendo poses obcenas e os netos tinham que ficar ali com ele assistindo. Os pais de meus amigos, quando crianca, ja ficavam perguntando quantas namoradas eu tinha, se eu ja dei uns beijinhos na menina que mora ao lado, etc. Mas quando a TV esta desligada e o sexismo deixado de lado eles querem falar de moralidade, bons constumes, etc. Isso pq sao familias de classe media e teoricamente instruidas. Se esses sao os instruidos, imagina aqueles ditos nao instruidos.

Tudo isso aliado a falta de conversa sobre relacao sexual, namoro, ou a falta de intimidade com seus filhos pq as relacoes intimas e proximas foram deixados de lado e subistituido pela atencao que as pessoas ficam dando a TV (novelas, jornais, programas) e os comentarios e reacoes que veem na TV, depois eh desligar a TV e ir dormir. E sem perceber as pessoas pensam que so pq estao fazendo comentarios do que passa de ruim na TV elas estao educando os filhos. Mas nao estao, eh a TV que esta educando essas criancas mesmo com a presenca dos pais.

Por muita sorte os meus pais me criaram sem TV na sala, com muitos livros espalhados pela casa, com muitos discos, etc. Tinhamos uma sala para TV que ligavamos para assistir filmes, documentarios, seriados, etc. Mas na sala, no quarto, na cozinha nao tinhamos TV.

Eu ganhei uma TV para o meu quarto quando fiz acho que 10 ou 11 anos de idade. Ou talvez 12. Meus pais nunca controlaram o que eu asisstia na TV mas mesmo assim, por nao ter sido educado pela TV eu naturalmente e inconciente ja sabia o que era conteudo bom e ruim. Meus amigos todos assistiam Cavaleros dos Odiacos, Xuxa, Fantastico, etc. Ja eu nao. Eu assistia programas que tratavam de assuntos mais apropriados para a minha idade que passava na Cultura, Assistia clips na MTV quando ainda era um canal bom com programas do tipo "Lado B". As vezes, por curiosidade eu assistia algo mais picante, ou pq meus amigos ficavam comentando na escola, mas eu sentia que ao assistir eu estava consumindo lixo. E eu nunca fui educado a escolher o que assistir.

Meus pais tambem nunca me mandaram ler um livro, mas como eles estavam sempre lendo e como sempre tinham livros em casa, por curiosidade eu procurava ver o que tinha neles. Sem ninguem mandar eu lia sobre filosofia, politica, ciencias sociais, arte, classicos literarios, etc.

E pelo o que eu pude observar quando crianca, vc nao precisa de muito tempo com seu filho para educalo, ter bons costumes, etc. Vc so precisa ser coerente, ser presente quando esta presente mesmo que seja por apenas poucas horas ao dia, ser sincero, proximo e honesto com as criancas e consigo mesmo.

Eu tive muitos amigos que apanhavam dos pais. E justamente esses que apanhavam eram os mais capetas. A impressao que tenho eh que eles nao apanhavam pq eram capetas, mas se tornavam ainda mais capetas quanto mais apanhavam. Ficavam revoltados, anciosos, disafiadores. E eu lembro bem disso. Quando pegos e apanhavam, eles mais tarde queriam fazer mais travessuras. Ja os meus amigos que quando pegos e nao apanhavam, mas tinham uma boa conversa e castigo moral, se tornavam mais concientes e principalmente menos desafiadores.

Por isso eu vejo muita contradicao desse pessoal que reclama do quanto as criancas de hoje sao influenciadas pelas musicas, TV, etc. Lembrando que toda crianca gosta de explorar e com frequencia erra, mas eu acredito que os pais devam ajudar as criancas e destinguir o que elas exploram no lugar de proibir. Como tambem ajudar as criancas aprender com o erro, no lugar de tornar o desafio de ser pego e castigado mais grave do que o proprio erro em si.


Mr. Hyde

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 16.575
  • Sexo: Masculino
    • Faceboock
Resposta #13 Online: 24 de Novembro de 2013, 13:07:21
É o que penso sobre esse assunto:

http://imageshack.com/a/img547/1762/5aky.jpg

____________________
"Deus perdoe o Mal que habita em mim" M. Nova


Roberto Dellano

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.119
  • Sexo: Masculino
  • RTFM
    • Roberto Dellano Fotografia
Resposta #14 Online: 24 de Novembro de 2013, 15:49:04