Autor Tópico: Quando eu comecei a fazer fotos de familia...  (Lida 912 vezes)

C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.843
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Online: 16 de Dezembro de 2013, 12:09:34
...ha uns 2 anos atras, eu tirei essa fotos e hoje acabei revendo no facebook e por algum motivo me bateu um sentimento estranho, talvez pq foi um dia que eu curti e uma familia que tambem curti e fotografar. E talvez tambem por ter recebido uma mensagem de agradecimento da mae hoje.

Foto basicona e tal, uma certa luz Rembrandt and muito simples. Mas o que me faz gostar mais de sessoes e resultados como esses eh a liberdade que a familia me da para fotografar do jeito que quero e planejar do jeito que desejo. No fundo isso me faz sentir que nao eh apenas um simples retrato de familia, ou simplesmente um retrato daqueles que aparecem na foto, mas tambem um retrato da minha expressao. Eu me sinto tao nessa foto quanto as pessoas que nela aperecem, mesmo eu nao aparecendo.

Muito diferente de fotos em que as pessoas ja chegam com tudo planejado e pedindo para fazer o que elas querem, e nesse caso faz com que eu sinta que seja menos um trabalho "artistico" meu e maus um trabalho tecnico, menos pessoal e menos de mim.

Alguem ja sentiu isso?



spositom

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.434
Resposta #1 Online: 16 de Dezembro de 2013, 12:15:45
Minha opinião... eu, euzinho tenho essa sendo a principal prorrogativa pra fotografar.

Guardar a emoção do momento e poder reviver a hora que desejar. Vejo fotos incríveis aqui no fórum porém  frias, nada emotiva.

Bela foto e família

Essa foto foi digitalizada?


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.843
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #2 Online: 16 de Dezembro de 2013, 12:36:40
Minha opinião... eu, euzinho tenho essa sendo a principal prorrogativa pra fotografar.

Guardar a emoção do momento e poder reviver a hora que desejar. Vejo fotos incríveis aqui no fórum porém  frias, nada emotiva.

Bela foto e família

Essa foto foi digitalizada?
Essa foto foi feita com Fuji across 100 no formato 6x4.5, e escaneado. Essa foto eh do facebook entao nao leve em conta a qualidade da imagem em si.


Esse eh outro retrato que tambem amo. Foi quando ei comecei a explorar filmes coloridos. Nesse caso eh Portra 160. a fotometria passou um pouco do limite. Eu estava acostumado com o tonal renge dos filmes p&b. Mas mesmo assim, adoro a foto.



Alguns meses depois outra familia pediu para fazer uns retratos, e eu querendo usar Portra pq eu amo as cores, tonalidades, etc desse filme. A familia queria foto digital mas eles aceitaram que eu fotografasse com filme depois de explicar que eu digitalizava as fotos se eles quizessem em CD. Mas o fato eh  que achei muito sem sal fotografar essa segunda familia. Tinha algo de estranho, menos natural deles, ou tudo muito planejado e esperado previamente por eles, me pedindo para fazer fotos assim e assado. Eu entreguei as fotos e eles tambem nao gostaram muito. E o pai da familia sugeriu a mim fotogafar com digital, pq os outros fotografos que ele ja contratou faziam varias fotos seguidas e eles escolhiam as melhores, no lugar de posar para cada fotos. Por isso acho que eles ja chegaram esperando que seria igual posar para os fotografos de antes (mal acostumados talvez).
Eu tentei explicar que a questao nao era fotografar e no final escolher a melhor, mas sim explorar as aparencias, beleza, feeling das pessoas em cada foto feita, junto com a apreciacao da qualidade e tonalidade dos tons do filme preto e branco e cores dos filmes coloridos.

Mas o cara parece nao ter entendido nada meio que nao dando bola.
« Última modificação: 16 de Dezembro de 2013, 12:48:34 por C R O I X »


spiderman

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.410
Resposta #3 Online: 25 de Dezembro de 2013, 16:26:53
Acho que o prazer em fotografar pessoas passa muito pela relação/identificação entre o fotografo e o(s) fotografado(s). Eu nao amo fotografar familias. Eu amo fotografar determinadas familias com as quais tenho algum tipo de sintonia. As outras acabam sendo tão ou mais chatas de trabalhar quanto outro trabalho qualquer que eu nao goste de fazer.
Campanha de crowdfunding pra lançamento do livro - Retratos pra Yayá

Acesse e apoie: www.catarse.me/retratosprayaya


Rodrigo Eduardo

  • Trade Count: (16)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.842
  • Sexo: Masculino
  • Rodrigo
Resposta #4 Online: 26 de Dezembro de 2013, 21:48:40
nunca fotografei família..acho clássico...
essa série do C R O I X achei muito legal.

essa 2 ta matadora.
uma linda foto mesmo. :ok:


RSalles

  • Trade Count: (14)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.266
  • Sexo: Masculino
    • Don't let the naysayers get to you. If naysayers stopped us from trying, we'd never get anywhere and humanity would still be wearing fig leaves picking berries of wild bushes.
Resposta #5 Online: 27 de Dezembro de 2013, 02:41:56
Lindas fotos, as duas, gostei mais da primeira,

Abs, e feliz ano novo,

RSalles
Bodies: Sinar F2 :: Canon EOS 5D  MarkII :: Minolta XG-1 :: Minolta XG-M :: Contax RX
Lentes: Rodenstock S Sinaron f5.6/210mm MC :: Schneider Super Angulon 8/90 :: Staeble Ultragon 135, 150, 180, 210 e 240mm f9 :: Schneider Symmar 5.6/210 :: Leica-R Summicron 2.0/50 :: Carl Zeiss Jena Sonnar 3.5/135 :: Rollei QBM 1.8/50 HFT :: Jupiter 21M 4/200 :: Pentacon 3.5/30 :: Pentacon Prakticar MC 1.8/50 :: Industar 50-2 3.5/50 :: Zeiss Planar 1.4/50 C/Y


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.843
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #6 Online: 27 de Dezembro de 2013, 05:50:46
Obrigado pelos elogios... Infelizmente somente essas duas das fotos de familias que ja fiz ficaram interessantes...
Talvez isso signifique que eu precise fotografar mais...  :fight: