Autor Tópico: Direitos autorais e a reportagem do Jornal Hoje (Globo)  (Lida 2906 vezes)

Lindsay

  • Trade Count: (16)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.164
  • Sexo: Masculino
Online: 04 de Janeiro de 2014, 16:28:36
A reportagem de Cristina Maia estava legal, mas aos 02:05 a jornalista fala: "vc pode tirar uma foto bem legal ou então imprimir da internet..."

Mas e os direitos autorais... será que esqueceram???


http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-hoje/v/quadro-e-um-otimo-recurso-para-deixar-a-casa-mais-bonita/3057791/
« Última modificação: 04 de Janeiro de 2014, 16:39:33 por Lindsay »
Fotografando com a memória


Kokimoto

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.091
    • Mototuristas
Resposta #1 Online: 04 de Janeiro de 2014, 17:17:06
Uma imagem de internet vai ficar um lixo se impressa do tamanho de um quadro. A não ser que a pessoa pegue em alta resolução do flickr de alguém; nem sei se isso é possível.

De qualquer forma, como não é uso comercial, a pessoa não vai se beneficiar financeiramente. Se escolher a foto de um hobbista e não de um fotógrafo profissional, é bem capaz que o hobbista fique muito contente hehehe.

Mas é verdade, foi uma baita pisada na bola da reportagem.
D600 - E-M10


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.394
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #2 Online: 04 de Janeiro de 2014, 17:18:51
é impressionante como um repórter da maior rede de comunição brasileira cometa uma gafe dessa.
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.480
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #3 Online: 04 de Janeiro de 2014, 17:31:55
Se vc nao quiser ler tudo, leia apenas a ultima linha.

-

Se nao esta usando para fins comerciais, nao ha violacao nenhuma de direitos autorais. Seja recortando de revista/jornal/livro ou imprimindo da internet, nao faz diferenca nenhuma.

Eh por isso que, se vc quer vender fotos digitais pela internet, nao eh boa ideia fazer opload em boa resolucao, pq assim no maximo que conseguiram fazer sera copias pequenas.

Essa eh uma das grandes contradicoes da industria do copyright. Se vc for pego baixando musica ou filme para apreciacao propria (uso particular) vc pode ser multado. Em paises como Alemanha as proprias industrias podem ficar averiguando o seu movimento pela internet (te espionando) o que de certa forma viola ate a liberdade das pessoas, tudo pelo "direito das produtoras em fiscalizar se seus produtos estao sendo roubados". E o governo americano junto com produtoras americanas, ja mudaram ate aleis de paises como Suecia, fazendo pressoes economicas e politicas, onde copiar e reproduzir filmes, musicas e demais materiais para uso pessoal nao era crime.

Ja fotografos, pintores e artistas digitais nao tem uma grande empresa que ganha bilhoes com seus trabalhos, e por isso copiar, reproduzir para uso pessoal nao eh tao grade, ou nao eh nem um pouco grave, comparado a baixar musica e filme onde produtoras ganham milhoes nao so com a venda, mas tambem com processos contra pirataria.

De toda forma a maioria dos artistas visuais nao ligam (fotografos, pintores, artistas digitais), primeiro pq se a imagem deles forem sendo reproduzidos pelas pessoas isso pode ajudar a promover o trabalho que ele vende ou o nome dele. E segundo, basta nao colocar nada em alta resolucao na internet, nem os melhores e singulares trabalhos, fazendo com que as pessoas so possam imprimir e reproduzir com baixa qualidade, o que pode ser encarado como amostra grats, lembrancinhas e essas coisas que damos de graca para promover nosso trabalho.

Bandas como Radiohead ja quiseram disponibilizar suas musicas para serem baixadas gratuitamente no site deles, mas a gravadora nao permitiu.


Em resumo, nao ha nada d+.
« Última modificação: 04 de Janeiro de 2014, 17:35:24 por C R O I X »


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.480
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #4 Online: 04 de Janeiro de 2014, 17:46:00
é impressionante como um repórter da maior rede de comunição brasileira cometa uma gafe dessa.
Nada com que se impressionar pq gafes sao super comuns, principalmente se tratando da Globo.

Eu lembro de quando eu estava no segundo grau e de manha tinha um tele jornal com uma comentarista economica, uma mulhar famosa e diplomada fazendo comentarios sobre economia. Eu no segundo grau ficava com crise de vergonha alheia verias vezes que ouvia os comentarios dela. E depois fiquei sabendo que ela ainda ganhou um premio como melhor comentarista sobre economia da TV concedido pela propria Globo claro...

E tem esse que eh antigo mas vale apena relembrar: https://www.youtube.com/watch?v=33OT3kcU6jY


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.394
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #5 Online: 04 de Janeiro de 2014, 17:50:55

Se nao esta usando para fins comerciais, nao ha violacao nenhuma de direitos autorais. Seja recortando de revista/jornal/livro ou imprimindo da internet, nao faz diferenca nenhuma.

Não sei onde foi que você viu isso. Pode até ser que em alguns países exista uma lei ou jurisprudência que permita isso, mas aqui no Brasil é violação de direitos sim. O problema é que não é possível a justiça acompanhar a quantidade de "delitos" e a coisa vai rolando...

Pra começar: você posta uma foto em qualidade baixa, a pessoa imprime numa qualidade furreca em papel furreca e em tamanho não compatível com o arquivo, coloca na parede e tem a "boa intenção" de dizer quem é o fotógrafo..... onde não tem violação de direito aí, ao apresentar uma coisa que não condiz com o seu trabalho??
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.480
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #6 Online: 04 de Janeiro de 2014, 18:05:09
Não sei onde foi que você viu isso. Pode até ser que em alguns países exista uma lei ou jurisprudência que permita isso, mas aqui no Brasil é violação de direitos sim. O problema é que não é possível a justiça acompanhar a quantidade de "delitos" e a coisa vai rolando...

Leis variam de lugares para lugares e as formas que sao aplicadas ou representadas/encaradas tambem. No Brasil eh crime ficar atoa na rua sem fazer nada. Vc pode esperar alguem em algum ponto ou parar para descansar alguns minutos. Mas ficar parado fazendo nada se enquadra na leis de "vadiagem" (ou algo assim. Minha memoria ja nao esta tao boa). No Brasil ninguem leva a leia a serio e todos se sentem no direito de ficarem atoa na rua. Algumas cidades na Europa se a policia te ver parado manda vc circular para fazer cumprir a lei.

Isso significa que mesmo que no Brasil seja crime, tem paises em que copiar, reproduzir e alterar trabalhos alheios para fins artisticos ou apreciacao propria nao eh crime.

Pra começar: você posta uma foto em qualidade baixa, a pessoa imprime numa qualidade furreca em papel furreca e em tamanho não compatível com o arquivo, coloca na parede e tem a "boa intenção" de dizer quem é o fotógrafo..... onde não tem violação de direito aí, ao apresentar uma coisa que não condiz com o seu trabalho??
E pq alguem faria isso? Vc ja viu alguem fazendo isso? E mesmo que faca, que mal ha nisso? Desde que a foto esteja ali na sala da pessoa sendo mostrado apenas para visitantes, tanto faz como tanto fez.

E eh burrice pq logo todos vao desconfiar/perceber que eh mentira, afinal as fotos foram tiradas da Internet onde estao os verdadeiros autores. Quem faz isso usa a credibilidade para limpar a bunda.
« Última modificação: 04 de Janeiro de 2014, 18:06:56 por C R O I X »


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.394
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #7 Online: 04 de Janeiro de 2014, 18:10:04
Isso significa que mesmo que no Brasil seja crime, tem paises em que copiar, reproduzir e alterar trabalhos alheios para fins artisticos ou apreciacao propria nao eh crime.

isso aí... as leis variam de acordo com cada país... e até onde eu sei, o Brasil tem uma das mais modernas e protetoras Leis de Direitos Autorais, mas também deve ser o país que menos faz cumprir a lei. Por isso é que a coisa é uma bagunça como é.
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.394
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #8 Online: 04 de Janeiro de 2014, 18:12:55
Só concluindo.. Tem muita gente que se sente honrada porque uma foto foi usada pra tal coisa, porque baixam e compartilham sua música por aí, porque seu vídeo tá no site sei lá qual, etc.. Mas esse tipo de coisa não paga conta, e só quem é artista sabe o quanto é difícil viver de arte, principalmente quando não é arte de massa.

Pra mim não me interessa se tem fim comercial ou não, mas EU não quero e não admito que meu trabalho seja usado sem minha autorização... Isso não quer dizer que não libero sem custo muitas e muitas vezes.
« Última modificação: 04 de Janeiro de 2014, 18:15:51 por Luciano.Queiroz »
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


affalcao

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 938
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 04 de Janeiro de 2014, 18:25:25
Canon T3 (1100 D) + 10-18mm + 55-250mm
Nikon D3300 + 18-55 + 35mm 1.8


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.480
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #10 Online: 04 de Janeiro de 2014, 19:02:10
Só concluindo.. Tem muita gente que se sente honrada porque uma foto foi usada pra tal coisa, porque baixam e compartilham sua música por aí, porque seu vídeo tá no site sei lá qual, etc.. Mas esse tipo de coisa não paga conta, e só quem é artista sabe o quanto é difícil viver de arte, principalmente quando não é arte de massa.

Pra mim não me interessa se tem fim comercial ou não, mas EU não quero e não admito que meu trabalho seja usado sem minha autorização... Isso não quer dizer que não libero sem custo muitas e muitas vezes.
Cada um encara como aquiser seu proprio trabalho.

No meu ponto de vista, eu crio arte/fotografia para me expressar e transmitir minha expressao. E para mim eh uma honra quando as pessoas se interessam e querem ter o que eu faco (apreciar minha expressao). Mesmo que de graca. Nao gosto de limitar as pessoas a terem acesso ao que eu tenho a oferecer.

Eu tenho muitos amigos e conhecidos que dizem gostarem muito do meu trabalho. Nenhum deles nunca compraram 1 uma impressao minha. Mas boa parte deles ja ganharam fotos minha que eu dou de presente. Eu ja recebi gente em casa que olhou para uma foto minha na parede e falou que iria levar para casa. Ele nao pediu, ele apenas avisou que estava levando com ele.

Nesse sentido eu acho que nao existe artista mais honesto do que artista de rua, seja atraves de grafite, musica, encenacao, etc. Principalmente quem faz grafite que nao ganha nem 1 moedinha daqueles que passam na rua e gastam muito dinheiro com material, arriscam serem presos, pagarem multa, terem a uma ficha criminal registrada em seu nome e ate mesmo a propria vida as vezes. Tudo pela sua expressao atraves da intervensao urbana sem receber nada em troca. A nao ser que com muita sorte consiga se popularizar e transformar seu nome em uma marca de roupas como Obey na California, ou ser reconhecido como Fine Artista igual Banksy em Londres, ou ate mesmo conseguir trabalhos comissionados como "Os Gemeos" em Sao Paulo. Mas a principio eles nunca poderiam prever que um dia estariam ganhando dinheiro praticando o que a lei considera crime.

No final das contas, ate aqueles que dizem nao aceitarem que ningue use seu trabalho de graca, quando aparece a oportunidade de aparecerem em uma publicacao, a primeira coisa que fazer eh assinar um contrato dando a publicacao direitos de uso exclusivo da imagem ou/e comercial da imagem sem que o fotografo/artista nao tenha nenhum retorno. Uma pratica comum e generalizada, mas se a Policy do Facebook ou Google propem o mesmo vira um escandalo, ou se alguem baixa a imagem para colocar na parede do quarto aparece o discurso de direitos autorais.

Eu sou contra a lei de direitos autorais mais recentes, moldada pela industria audio/visual visando interesses comerciais, e deixando de ser uma forma de incentivar a criacao e inovacao artistica e cultural que foi a principio.

A melhor forma de ganhar dinheiro como artista (se essa eh a principal meta) nao eh escondendo a sua arte mas fazendo o contrario e usando a lei a seu favor. Eh espalhando seu trabalho em tudo que eh lugar e ficar fiscalizando, esperando um peixe abocanhar a isca. Quando isso acontecer vc contacta a vitima e ganha dinheiro com processos. O melhor eh tentar negociar por fora e iludir a vitima que sai mais barato nao ser processado e fechar um acordo, que financeiramente sai mais caro para a vitima que geralmente eh mal informada, tem medo de processo e tem medo de ter o nome de sua empresa suja com tais problemas.

Tem muitos "artistas" que ganham dinheiro assim. Afinal de contas, eh para isso que a lei de direitos autorais recentemente foi moldada, para se fazer dinheiro, e por isso passou a ser uma industria que gera milhoes a produtoras e governos.


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.480
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #11 Online: 04 de Janeiro de 2014, 19:17:38
Pode ou não pode ?

Tá na lei.

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9610.htm
Pelo que disseram, segundo a lei Brasileira nao pode. Mas a lei brasileira so vale no Brasil.

Agora, existe a questao de que cumprir a lei nao significar necessariamente ser honesto, correto, etico culturalmente, socialmente e ate mesmo economicamente, mas somente "judicialmente".

Por exemplo, existem estudos que mostram que a pirataria tem sido a maior fonte de divulgacao de pequenos e medios artistas. Principalmente musicos, cineastas e fotografos. Em geral, a pirataria quando causa danos eh somente as grandes gravadoras que exploram musicos, e grandes estudos, que deixam de ganhar alguns milhoes por ano mas nao deixam de serem ricas e terem lucros astronomicos.

Onde eu moro fotografia de rua eh de certa forma contra a lei. Mas eu pratico mesmo assim pq eu considero foto de rua um registro cultural, historico, social alem de uma expressao pessoal em relacao a tudo isso. Dizer que eu nao posso registrar o cotidiano das ruas eh o mesmo que dizer que eu nao posso me expressar. E alei eh assim alegando proteger a imagem e individualidade das pessoas, o que para mim eh contraditorio ja que o governo controla os dados de cada cidadao, sendo obrigado a registrar seu endereco na prefeitura da cidade onde mora, sendo vigiado na internet pelo governo e empresas, e onde as pessoas praticam nudismo em parques nos dias quentes. Logo, as minhas fotos eh o menor dos problemas aqui.


-


Desde que nao esteja desrespeitando ninguem ou causando nenhum mal a alguem... O que importa a lei? Se vc gosta de uma foto na internet ou uma musica, vc vai comprar a foto do artista ou o album da banda? Na grande maioria dos casos nao. Logo, nao faz diferenca nenhuma se vc pegar de graca na internet ou nao, em ambos os casos o artista nao ganha e nao perde nada. Mas ainda assim existe a possibilidade de vc achar mais material bom do mesmo artista, se interessar mais e futuramente, ir ver exposicoes/shows, comprar a arte e divulgar a arte e o artista falando dele para seus amigos, conhecidos, etc...

Eu tenho 6 albums do Belle and Sebastian, 2 do System of Down, 6 do Radohead, 3 do ColdPlay, entre outros. E eu so comprei esses albuns pq eu tive acesso a musicas que pude baixar de graca na internet, ao conhecer o repertorio musical deles eu me interessei e comprei os albums. Quando eu deixei de ser umadolescente e parei de procurar e baixar musicas na internet, eu parei de conhecer novas bandas e de conhecer novos repertorios musicais, e consequentemente parei de comprar albums. Afinal, meu acesso e apreciacao ao trabalho dos musicos ficou mais limitado.
« Última modificação: 04 de Janeiro de 2014, 19:32:23 por C R O I X »


Lindsay

  • Trade Count: (16)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.164
  • Sexo: Masculino
Resposta #12 Online: 04 de Janeiro de 2014, 22:32:39
Só concluindo.. Tem muita gente que se sente honrada porque uma foto foi usada pra tal coisa, porque baixam e compartilham sua música por aí, porque seu vídeo tá no site sei lá qual, etc.. Mas esse tipo de coisa não paga conta, e só quem é artista sabe o quanto é difícil viver de arte, principalmente quando não é arte de massa.

Pra mim não me interessa se tem fim comercial ou não, mas EU não quero e não admito que meu trabalho seja usado sem minha autorização... Isso não quer dizer que não libero sem custo muitas e muitas vezes.
x2
Fotografando com a memória


Lindsay

  • Trade Count: (16)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.164
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 04 de Janeiro de 2014, 22:51:30
Agradecendo as opiniões que os colegas colocaram aqui, mais especificamente o Marcio que exemplificou a sua opinião pessoal e procedimento quanto às suas fotografias.


Mas para não misturar opinião com o que pode perante a lei, o fato é que se o autor/proprietário, ou qualquer outro que seja dono da propriedade da foto não autorizar o uso, não pode.


Existem alguns tipos de atribuições/licenças em todos os sites, seja fb, flickr, no site de uma empresa, ou no site de um artista ou fotografo que não se considera artista, se estiver escrito que não autoriza o uso das imagens, não pode, mas se estiver autorizando, tudo bem. Alguns exemplos de situações que permitem a utilização, baseado nas especificações da http://creativecommons.org/


EXEMPLO DE FOTOS QUE PODEM (e restrições):

Resumidamente, retirado do flickr (http://www.flickr.com/creativecommons/)

"Creative Commons é uma empresa sem fins lucrativos que oferece uma alternativa aos direitos autorais integrais."

Atribuição significa:
Você permite que outros copiem, distribuam, exibam e executem seu trabalho protegido por direitos autorais, e os trabalhos derivados feitos com base nele, mas somente se eles derem crédito a você.

Não comercial significa:
Você permite que outros copiem, distribuam, exibam e executem seu trabalho protegido por direitos autorais, e os trabalhos derivados feitos com base nele, mas somente para propósitos não comerciais.

Não a obras derivadas significa:
Você permite que outros copiem, distribuam, exibam e executem somente cópias literais do seu trabalho, e não trabalhos derivados dele.

Compartilhamento pela mesma licença significa:
Você permite que outros distribuam trabalhos derivados somente sob uma licença idêntica à licença que rege o seu trabalho



EXEMPLO DE FOTOS QUE NÃO PODEM:

Exemplo com fotografias da Getty Images, de uso proibido:

http://www.flickr.com/photos/diegogutierrez/8063134552/

Vejam que embaixo da foto esta escrito assim:

© All rights reserved. Use without permission is illegal
©Todos los derechos reservados. El uso sin permiso es ilegal
©Alle Rechte vorbehalten. Die Verwendung ohne Genehmigung ist illegal
جميع الحقوق محفوظة. استخدم من دون إذن هو غير قانوني©
©保留所有权利。未经批准的使用是非法的
©Tous droits réservés. L'utilisation sans permission est illégal
© Όλα τα δικαιώματα διατηρούνται. Χρησιμοποιήστε χωρίς άδεια είναι παράνομη
©Tutti i diritti riservati. Usare senza autorizzazione è illegale
©すべての権利を保有。許可なしに使用することは違法です
©Todos os direitos reservados. Use sem autorização é ilegal
©Toate drepturile rezervate. Folosirea fără permisiunea este ilegală
©Все права защищены. Использование без разрешения является незаконным
©Tüm hakları saklıdır. İzinsiz kullanın yasadışı

« Última modificação: 04 de Janeiro de 2014, 23:07:36 por Lindsay »
Fotografando com a memória


Lindsay

  • Trade Count: (16)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.164
  • Sexo: Masculino
Resposta #14 Online: 04 de Janeiro de 2014, 23:05:40
Penso que a repórter da Globo erra quando fala em baixar fotos da internet para imprimir de maneira genérica, não é tudo que se pode, existem exceções então não se pode generalizar...
« Última modificação: 04 de Janeiro de 2014, 23:08:18 por Lindsay »
Fotografando com a memória