Autor Tópico: Vocês tem parceria com cinegrafistas ?  (Lida 292 vezes)

andreswm

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 283
  • Sexo: Masculino
    • Andres Oliveira - Fotografo de Casamento
Online: 13 de Janeiro de 2014, 10:48:26
Você fotógrafos de eventos, tem parceria com cinegrafistas?

Pergunto porque estou em São Paulo capital para conhecer melhor o mercado aqui, muitos orçamentos que tenho recebido vem a solicitação de 'foto e vídeo', procuram tudo no mesmo pacote.

Estou um pouco preocupado com está situação, pois não queria deixar o cliente na mão e ele procurar outro que faça 'foto e vídeo' (na verdade ele já deve ter orçado com outros dessa forma).

Como fazem neste caso?

O pessoal da capital de São Paulo tem alguns bons cinegrafistas para me indicar? Quero repassar o contado do cliente para eles mesmo fazerem o contato e orçarem o vídeo.



Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.759
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #1 Online: 13 de Janeiro de 2014, 11:01:25
andreswm, eu nunca tive parceria com profissionais de vídeo mas, da mesma forma que você, eu sempre recebia pedidos de orçamento para foto e vídeo. Daí eu explicava que não oferecia serviços de vídeo, mas tinha profissionais para indicar, passava faixa de preço, e tudo o mais. Mas percebi que, quando o cliente pede orçamento de foto e vídeo, ele está mais a fim de negociar tudo junto mesmo, e na maioria das vezes meu trabalho era recusado por não oferecer vídeo.

Daí no final do ano passado eu decidi arrumar um parceiro para filmagem, coloquei um anúncio de procura aqui e em outros fóruns. O 1° cinegrafista com quem marquei reunião já me convenceu, me identifiquei bastante com ele, com o tipo de trabalho e com a postura, tudo o mais. Foi bem mais rápido e fácil do que eu imaginava. A faixa de preço também estava dentro do que eu esperava.

Acho que montar uma parceria é o mais recomendado mesmo, quanto menos repassarmos trabalho pro cliente, melhor. Pense que pra um casamento, por exemplo, o cliente já está negociando com igreja, buffet, decoração, DJ e outras coisas, então negociar com foto e vídeo separados muitas vezes é um impeditivo para fechar trabalhos mesmo.


RafaZ

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.330
  • Sexo: Masculino
  • Devagar e quase sempre.
Resposta #2 Online: 13 de Janeiro de 2014, 13:38:37
Depoimento do outro lado:

Quando fui casar eu fiz isso mesmo que o Humberto citou, busquei uma solução completa de fotografia e filmagem. Não queria saber qual o equipamento utilizado, se ia ter 2º ou 3º fotógrafo, se o cinegrafista era parceiro ou marido da fotógrafa... o que eu queria era um álbum e um DVD bacanas.

Pensando pelo lado do profissional, acho que facilita para o fotógrafo se tiver uma boa parceria com o cinegrafista, na hora da movimentação, posicionamento no salão ou igreja e interação em geral. A minha fotógrafa usou a iluminação contínua do cinegrafista em várias fotos de objetos para um efeito mais dramático (bolo, alianças).
Também é uma possibilidade de agregar valor ao serviço: Melhor do que vender os serviços de fotografia por 1000 reais, e deixar o cliente contratar um cinegrafista por mais 1000, é oferecer o pacote completo por 2200.

Mas o principal motivo seria mesmo o marketing: oferecer ao cliente o que ele quer da forma mais descomplicada e eficiente possível.
Kodak Ektra 100 | Flash Magicube