Autor Tópico: De volta à questão do bokeh  (Lida 580 vezes)

Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Online: 23 de Agosto de 2006, 09:07:42
Transcrevo post meu em tópico do colega Robson Drummond no fórum FotografiaBrasil.

O maior interesse do tópico é porque tivemos uma longa discussão sobre bokeh aqui no passado, na qual foi atribuído à lente gerar certas características, em oposição à minha posição de atribuir a uma conjunção de distãncia de foco/distãncia de fundo/abertura/assunto desenhado.

O tópico do Robson é teste de uma lente 100mm que fez, e observando-se as fotos nota-se na maioria delas um bokeh perfeitamente cremoso, mas em uma claramente aparecem formações globulares e "desenho" de segundo plano, embora o fundo seja bem menos desenhado e contrastedo que o meu na foto que foi objeto de discussão.

O endereço para verem as fotos é:
Fotos com a 100mm f2.8 (provavelmente Canon)

Meu comentário às fotos (transcrição)
-------------------------------------------------------------

Olá, Robson.

Gostei de todas as fotos. São diretas, simples, bonitas.

Há pouco tempo atrás tive uma longa discussão sobre bokeh, e dela saí convencido que independentemente da lente ter ou não um bom bokqh, a relação entre distãncia de foco/distãncia de fundo/abertura faria aparecerem mais ou menos formações de desfoque, isto é, desfoques "desenhados". Grossíssimo modo, as mesmas condições de distância de fundo que produzem glóbulos luminosos geometricamente distinguíveis, produzirá, dependendo do que houver no fundo, "desenho" de fundo, e não o fundo em gradientes de tons que caracteriza o bokeh plenamente cremoso. Contudo, quem gosta ou está gostando, como eu, do meio-desfoque como ferramente linguística, vai sempre pescar nessas águas.

Digo isso porque em todo o debate que participei sempre ouvi dizerem que na fotografia então examinada "a Jupiter-9 85mm" tinha produzido o padrão, e isso era um problema da lente. Contudo, examinando sua foto número três, encontro situação semelhante: foco não tão perto e fundo não tão longe, e o que vejo no fundo? Exatamente as formações globulares com infinitesimal tendência de clareamento na circunferência dos glóbulos e a formação de padrões (desenhos) a partir do padrão da vegetação. Evidentemente, sendo a vegetação de fundo muito menos contrastada que na foto objeto deste debate  de que falo, o desenho do bokeh é menos pregnante.

Evidentemente, também, isso não é problema da sua lente, que nas circunstâncias, digamos... "normais" de uso do bokeh o apresentou perfeitamente cremoso. É sim um fenômeno cuja origem de aparecimento decorre da distância relativa do fundo em relação à distância de foco e ao DOF determinado pela abertura.

Assim, além das fotos em si, que estão bem legais, essa sua série me mostrou que há nessa relação um caminho de investigação, e que as linhas desta investigação são as que cito, relação de distâncias e dof.

Recentemente, por conta disso, estive fazendo experiências nas quais sem disparar ficava prestando atenção ao DOF da cena, não somente ao quanto desfocado estava, mas ao surgimento de glóbulos, padrões, etc. É um nível de gerência que antes não pensara onde não somente procuro definir a dose do desfoque como também suas características, evidentemente na moldura das possibilidades de cada situação e lente.

Perdoe-me pela digressão em seu tópico, mas é que ele me ajudou a sedimentar uma noção que já tinha mas sem exemplos alheios em que pudesse apoiá-la.

Grande abraço,
ivan


GMarigo

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 980
    • http://
Resposta #1 Online: 23 de Agosto de 2006, 11:41:07
Bom, eu sou da opinião de que a lente faz sim diferença. Claro que a relação distância foco/fundo etc é um fator decisivo, mas no entanto a construção da lente é ainda mais.

Certas lentes apresentam um lindo bokeh em certas condições e um bokeh ruim em outras. Equanto outras teriam o rendimento oposto nas mesmas condições. Lentes comparáveis tem rendimentos diferentes em certas situações semelhantes.
Acho que o bokeh é o resultado de uma interação de diversos fatores, e a construção da lente é uma delas assim como a relação distância do objeto/fundo, contraste do fundo, etc...
 
[[span style=\'color:gray\']gabrielmarigo[span style=\'color:red\']][/font][/span][/span]


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #2 Online: 23 de Agosto de 2006, 13:13:39
Marigo:

É claro que a lente faz diferença, não é o contrário o dito acima. Mas somente uma observação sobre determinadas condições que influeciam o bokeh e que não são somente da lente.