Autor Tópico: DEFINIR PREÇOS DE FOTOGRAFIA PARA INICIANTES  (Lida 1738 vezes)

Leo_Castro

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 41
    • Aumente as suas vendas de Fotografia
Online: 17 de Janeiro de 2014, 18:08:04
Texto publicado no blog Marketing para Fotógrafos.
Hoje você vai ler sobre como definir preços de fotografia para iniciantes na fotografia profissional. [GARD align="left"]Além de entender quanto cobrar, você vai perceber a importância do Marketing para Fotógrafos nos nossos negócios. Dando continuidade a série de dúvidas, hoje esclareceremos sobre preços:

Dúvida do Leitor:
Leo,
Tenho meu emprego e minha esposa também, mas Fotografia é o que nós estamos apostando, pois não existe coisa melhor do que trabalhar com o que gostamos não é?

Minha Esposa recebeu um convite para fotografar o Aniversario do filhinho da amiga dela, no qual ela adorou, pois é apaixonada por crianças, e me perguntou quanto cobrar.

Como não tenho a mínima ideia, falei para cobrar R$300,00 por 150 fotos tratadas em DVD, por no máximo 03hrs de permanência na festa, isso sem falar se ela quiser o Fotolivro, aí tenho que colocar os custos de fora, então minha pergunta principal é essa, como chegar e quanto cobrar pelos nossos serviços, lembrando que estamos começando agora... Muito obrigado pela oportunidade!

Wilson.

Meu amigo, essa sua passagem me fez lembrar exatamente a época que começamos na fotografia há quatro anos.

A minha esposa era responsável pelo editorial de moda de uma grande empresa do ramo de beleza. Tínhamos acabado de receber o maior presente que um casal pode receber, o nosso filho.

Naquele momento muitas dúvidas rondavam a cabeça dela. Não queria voltar a trabalhar em uma empresa tradicional, com chefe, obrigações formais e regras rígidas. Ela queria empreender e trabalhar naquilo que mais gostava que é fotografia e crianças! Ela me contou a sua ideia de transformar a nossa paixão por fotografia em um negócio. Eu prestei atenção silenciosamente por 5 minutos, e ao fim da conversa perguntou o que eu achava. Se eu poderia ajudar com os meus conhecimentos de negócios e marketing

Perguntei a ela qual seria o seu público alvo? E ela me respondeu: pais e mães que procuram eternizar momentos nas vidas de seus filhos e que acima de tudo valorizam fotografia.

Em seguida perguntei qual seria o serviço oferecido e ela desdobrou em detalhes o tipo de serviço que gostaria de oferecer. E foi falando sobre tudo de fotografia que tinha raciocinado.

Tive uma ótima impressão! Ela já tinha na cabeça quase todo o modelo de como iniciar na fotografia de forma profissional.

Porém a maior dúvida dela era como definir preços. Montamos uma planilha com todos os custos envolvidos, o quanto que ela desejava ganhar inicialmente e a quantidade de sessões estava disposta a fazer mensalmente. O valor era um pouco acima do mercado.

Além disso, definimos que a nossa estratégia de preços seria a de Penetração de Mercado. Onde buscaríamos oferecer um preço um pouco abaixo dos líderes de mercado por três meses e depois ter um preço Premium, ou seja, acima do mercado.

Ela tinha uma grande dúvida, como poderia cobrar caro por algo que nunca tinha oferecido a ninguém e não sabia se o preço era justo?

Como na indústria de consumo, todo produto/serviço que é lançado, precisa ser testado ou degustado antes de ser comercializado. E foi exatamente isso que sugeri. Oferecer a cinco pessoas selecionadas (2 amigas e 3 desconhecidas) os serviços sem custo algum apenas cobramos por álbuns e impressões.

Na hora ela não entendeu e questionou como poderia trabalhar de graça? Eu pacientemente expliquei que aquilo era um investimento e o retorno seria magnífico. Pois serviriam de teste para aprender e aperfeiçoar o serviço.

Além disso, ao selecionar os clientes pudemos selecionar as pessoas que tinham as características do nosso público alvo.

Outro ponto positivo foi a como montar o portfólio de fotografia. Esses cinco ensaios permitiram montar um portfólio fabuloso que provavelmente não montaríamos em um prazo tão curto.

Mais uma vantagem foi em relação ao site de fotografia, com belíssimas imagens de clientes selecionados com o perfil do nosso target.

Por fim, fizemos uma pesquisa de preços e, na época, o preço médio dos melhores fotógrafos aos quais nos comparávamos e percebíamos ter um produto compatível ou até melhor girava em torno de R$1000 (preço hipotético). Nosso posicionamento foi 5% abaixo dessa média. E três meses depois alteramos nossa política de preços passando a ter valores de 20% a 30% acima da média e com uma agenda cheia.

Então Wilson meu amigo, eu te indico colocar no papel todos os seus custos, o valor que desejam ter de retorno e o quanto trabalharão em fotografia. Após esse cálculo você vai ter o preço mínimo que deve cobrar para ter um retorno feliz.

E ao invés de cobrar “baratinho” para poder começar na fotografia, vale mais a pena investir e fazer alguns serviços sem cobrar. Veja o resultado, se não for satisfatório estudem mais. Mas não caiam na tentação de cobrar pouco para entrar no mercado com a esperança de melhorar depois.

E você, qual é a sua opinião?


Veja mais artigos em [size=78%]Marketing para Fotógrafos.[/size]


Danilo_cs

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.060
    • DCS
Resposta #1 Online: 18 de Janeiro de 2014, 22:11:45
Olá!

Seu artigo é bem legal, eu sempre acompanho em seu blog. Eu em minha curta experiência, já fiz alguns trabalhos com o preço abaixo e recentemente fiz de graça para testar uns equipamentos novos. Penso em fazer mais um, mas ainda não tenho certeza.

Mas até agora nada fincou. Apenas um desses que cobrei um preço abaixo (que foi para uma amiga) resultou em outro, mas parou aí.

Acho que usando essa técnica ou não, continuo pensando o seguinte: Enquanto o fotógrafo não encontrar as pessoas certas no momento certo, por melhor que o profissional seja, acho difícil a coisa ir para frente.

Não pense que sou negativo, nem quero desanimar ninguém, ainda porque eu não desisti de tentar, mas essa é pelo menos minha realidade :)
Meu trabalho está aqui em http://www.dcsdesenvolvimento.com.br :)


affalcao

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 938
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 20 de Janeiro de 2014, 00:49:23
Entendo que como qualquer produto, você vai cobrar o preço de mercado. Pedi para o porteiro daqui fazer uma obra no meu apartamento( ele é pedreiro nas horas vagas). Ao perguntar o preço, ele falou que ia ver e depois falava. Ia ver o que ? Ia ver quanto se cobra por um serviço desses, ia ver o preço de mercado.

A medida que aparecem mais clientes e você melhora sua técnica, não necessariamente nessa ordem,  seu preço pode melhorar.

É isso. Não é tão complicado.

Canon T3 (1100 D) + 10-18mm + 55-250mm
Nikon D3300 + 18-55 + 35mm 1.8


Leo_Castro

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 41
    • Aumente as suas vendas de Fotografia
Resposta #3 Online: 20 de Janeiro de 2014, 13:17:10
Olá!

Seu artigo é bem legal, eu sempre acompanho em seu blog. Eu em minha curta experiência, já fiz alguns trabalhos com o preço abaixo e recentemente fiz de graça para testar uns equipamentos novos. Penso em fazer mais um, mas ainda não tenho certeza.

Mas até agora nada fincou. Apenas um desses que cobrei um preço abaixo (que foi para uma amiga) resultou em outro, mas parou aí.

Acho que usando essa técnica ou não, continuo pensando o seguinte: Enquanto o fotógrafo não encontrar as pessoas certas no momento certo, por melhor que o profissional seja, acho difícil a coisa ir para frente.

Não pense que sou negativo, nem quero desanimar ninguém, ainda porque eu não desisti de tentar, mas essa é pelo menos minha realidade :)

Oi Danilo,
Obrigado por acompanhar os artigos.
A melhor forma é trabalhar duro. Não adianta achar que um trabalho vai gerar outros novos.
A satisfação do cliente com o seu trabalho sim vai gerar o boca a boca.
Em relação a encontrar pessoas, acredito ser o contrário. Não é o fotógrafo que deve encontrar pessoas. E sim as pessoas encontrarem o fotógrafo.
Como está o Marketing do seu negócio?
Todos os dias pessoas procuram fotógrafos e não é só a fotografia o diferencial, você deve saber disso.
Temos que estar preparados para isso. São tempos e movimentos.

Você tem que estar preparado para ser encontrado.

Afinal de contas quem não é visto dificilmente é lembrado.
Pense nisso!


RafaZ

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.330
  • Sexo: Masculino
  • Devagar e quase sempre.
Resposta #4 Online: 20 de Janeiro de 2014, 13:48:43
Eu faria um pouco diferente: Primeiramente tentaria definir onde o meu serviço iria se encaixar: público-alvo, qualidade, divulgação, etc. Em seguida determinaria o valor a ser cobrado, de acordo com a estratégia (penetração de mercado ou outra). E só então iria calcular os custos e ver se a minha estrutura de custos me permite a lucratividade desejada.

Digo isto porque vemos muitas sugestões de precificação que sempre focam na questão "Quanto você quer ganhar", comparando custos fixos e variáveis e colocando uma margem para a remuneração. O problema que vejo com esta estratégia é que o mercado não trabalha com custos, mas com preços e valor. Se você monta uma estrutura com custos altos, ou seja, se precisa ganahr muit para cobrir seus custos, seu preço deverá ser alto, e os clientes podem não ver tanto valor. O custo do seu aluguel, escola dos filhos, IPVA do carro, depreciação do equipamento etc. não deve entrar no cálculo do seu preço final. Deve sim entrar na definição da viabilidade do negócio, mas o preço deve acompanhar o valor do serviço (valor este que deve ser percebido pelo cliente).

Se o cliente percebe o mesmo valor em uma foto tirada com uma câmera de entrada ou por uma topo de linha, não podemos cobrar mais para pagar a topo de linha. Mas se o fotógrafo (ou seu vendedor) consegue fazer com que o cliente veja valor em usar um equipamento mais caro, aí sim o preço pode ser maior.
Kodak Ektra 100 | Flash Magicube


Danilo_cs

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.060
    • DCS
Resposta #5 Online: 20 de Janeiro de 2014, 14:01:09
Oi Danilo,
Obrigado por acompanhar os artigos.
A melhor forma é trabalhar duro. Não adianta achar que um trabalho vai gerar outros novos.
A satisfação do cliente com o seu trabalho sim vai gerar o boca a boca.
Em relação a encontrar pessoas, acredito ser o contrário. Não é o fotógrafo que deve encontrar pessoas. E sim as pessoas encontrarem o fotógrafo.
Como está o Marketing do seu negócio?
Todos os dias pessoas procuram fotógrafos e não é só a fotografia o diferencial, você deve saber disso.
Temos que estar preparados para isso. São tempos e movimentos.

Você tem que estar preparado para ser encontrado.

Afinal de contas quem não é visto dificilmente é lembrado.
Pense nisso!

Obrigado por essas dicas,
Mas então, além do boca a boca, tenho site, procuro distribuir folhetos de casa em casa, ja usei o adsenses (programa do google) , classificados online, facebook.

Embora a minha cidade aqui esteja bem servida de fotógrafos, normalmente eles estão sempre cheios de trabalho, então penso que a procura ainda é grande....

O pessoal que eu fechei uns serviços, normalmente diz gostar muito do meu trabalho, mas ainda isso não está gerando outros novos :)
« Última modificação: 20 de Janeiro de 2014, 14:09:47 por Danilo_cs »
Meu trabalho está aqui em http://www.dcsdesenvolvimento.com.br :)


Leo_Castro

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 41
    • Aumente as suas vendas de Fotografia
Resposta #6 Online: 21 de Janeiro de 2014, 11:13:20
oi Danilo, devido ao trabalho de marketing inicial, hoje em dia temos uma demanda maior do que conseguimos atender.
para você ter uma ideia, trabalhamos todos os dias em eventos socias do dia 17/12 ao dia 30/12, só parando mesmo para o natal.

Mas sempre que preciso faço email marketing, Google Adwords e Facebook Ads e dá um bom resultado.

Gastava por mês cerca de r$100 e conseguia duma média de 5 contratos com essas mídias, um ROI(retorno sobre o investimento) de R$20 por venda.

Ser quiser mais dicas passa lá no blog!


abs


Danilo_cs

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.060
    • DCS
Resposta #7 Online: 21 de Janeiro de 2014, 11:25:08
oi Danilo, devido ao trabalho de marketing inicial, hoje em dia temos uma demanda maior do que conseguimos atender.
para você ter uma ideia, trabalhamos todos os dias em eventos socias do dia 17/12 ao dia 30/12, só parando mesmo para o natal.

Mas sempre que preciso faço email marketing, Google Adwords e Facebook Ads e dá um bom resultado.

Gastava por mês cerca de r$100 e conseguia duma média de 5 contratos com essas mídias, um ROI(retorno sobre o investimento) de R$20 por venda.

Ser quiser mais dicas passa lá no blog!

abs

Isso, desculpe, é adwords, eu falei errado.

Ah sei lá o que estou fazendo errado ou a questão é porque decidi não atender eventos e festas. Decidi apenas atender aqueles ensaios ou retratos de família e etc.

Porque além de deixar folhetos em mãos, eu deixo alguns em vários pontos comerciais, o pessoal leva tudo, mas até hoje só recebi 1 ligação desses.

Blz, eu postei esta observação la no seu site tambem  :ok:

Muito obrigado por tudo
Meu trabalho está aqui em http://www.dcsdesenvolvimento.com.br :)


Leo_Castro

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 41
    • Aumente as suas vendas de Fotografia
Resposta #8 Online: 21 de Janeiro de 2014, 11:41:29
Eu tinha subentendido que era adwords mesmo...rs

Existe uma cadeia de mercado hoje que os fotógrafos deveriam estar atentos, eu chamo de fotografia social de família, que inicia com casamento, passa pelo book gestante, fotografia de aniversários e depois ensaios de família.

são mais ou menos 6 anos de relacionamento constante com as famílias. E pelo menos uma venda por ano.

no seu caso como não faz sociais fica mais difícil concorrer com os que fazem.

a sua saída eu acredito que seria fazer uma parceria forte com uma loja de artigos infantis, gestante ou loja de roupas.

as oportunidades são inúmeras. pense nisso!


RafaZ

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.330
  • Sexo: Masculino
  • Devagar e quase sempre.
Resposta #9 Online: 21 de Janeiro de 2014, 13:09:59
Também seria interessante buscar uma parceria com fotógrafos de eventos que não trabalham com ensaios e retratos de família, buscando serviços complementares.

Eu como consumidor deste tipo de serviço posso te dizer que uma indicação vale mais que qualquer anúncio
Kodak Ektra 100 | Flash Magicube


Danilo_cs

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.060
    • DCS
Resposta #10 Online: 21 de Janeiro de 2014, 17:21:25
Eu tinha subentendido que era adwords mesmo...rs

Existe uma cadeia de mercado hoje que os fotógrafos deveriam estar atentos, eu chamo de fotografia social de família, que inicia com casamento, passa pelo book gestante, fotografia de aniversários e depois ensaios de família.

são mais ou menos 6 anos de relacionamento constante com as famílias. E pelo menos uma venda por ano.

no seu caso como não faz sociais fica mais difícil concorrer com os que fazem.

a sua saída eu acredito que seria fazer uma parceria forte com uma loja de artigos infantis, gestante ou loja de roupas.

as oportunidades são inúmeras. pense nisso!

A dica é interessante :)

Eu já tinha pensando nisso quando vi uma loja especifica pra artigos de gestante.


Também seria interessante buscar uma parceria com fotógrafos de eventos que não trabalham com ensaios e retratos de família, buscando serviços complementares.

Eu como consumidor deste tipo de serviço posso te dizer que uma indicação vale mais que qualquer anúncio

É uma boa ideia.
Meu trabalho está aqui em http://www.dcsdesenvolvimento.com.br :)


affalcao

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 938
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 21 de Janeiro de 2014, 20:50:33
Faço festa infantil e meu objetivo é que a mãe goste e indique para as mães dos outros 15 coleguinhas do filho dela, que vão indicar para as vizinhas, para as colegas de trabalho, etc...

Sei que não é tão simples, mas aos poucos , com muito trabalho e dedicação, as coisas vão caminhando, vão ficando cada vez melhor.

Como o colega acima falou, essa propaganda boca a boca, é a melhor propaganda.
Canon T3 (1100 D) + 10-18mm + 55-250mm
Nikon D3300 + 18-55 + 35mm 1.8


Danilo_cs

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.060
    • DCS
Resposta #12 Online: 21 de Janeiro de 2014, 21:26:50
Annn ran!

Mas vamos continuar na luta :)
Meu trabalho está aqui em http://www.dcsdesenvolvimento.com.br :)


druso

  • Trade Count: (3)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 55
Resposta #13 Online: 27 de Janeiro de 2014, 22:04:05
Opa Leo ,

tbm acompanho seu site, Parabens pelo trabalho e pelas dicas.