Autor Tópico: Escolha de DSLR + lentes  (Lida 3144 vezes)

taunus

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 674
Online: 26 de Fevereiro de 2014, 14:48:17
Boa tarde

Neste momento estou agarrado a uma compacta Sony e uma SLR Canon EOS 500N c/ Sigma Zoom 28-105 1:3.8-5.6 UC-III e Sigma Zoom 100-300mm 1:4.5-6.7 DL.

 

Já se vê que as potencialidades são limitadas  :pout:
 
 Basicamente pretendo obter uma lente que seja um bom compromisso para uma distância focal normal. Aqui fico com a dúvida se a lente de kit 18-55 IS Canon vale a pena, ou se porventura devo investir mais um pouco para uma lente superior. Também me surgiu a dúvida se a objectiva zoom 55-135 Canon STM é mais polivalente, ou se esta polivalência compromete a qualidade. Pretendo também ver o efeito da minha teleobjectiva 100-300, embora não saiba se a falta de estabilização dá alguma coisa de jeito.

 Quanto ao corpo, estou na dúvida entre a 700D e a 60D. No entanto também fico com a sensação que deveria aproveitar o preço mais baixo da 600D, visto estar a ser descontinuada. Mas o facto é que adoro a pega da 60D... mas será que existe vantagem? Esta também é mais antiga, e o processador da 700D mais recente. Tantas dúvidas...


Elder Walker

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (8)
  • Colaborador(a)
  • *****
  • Mensagens: 3.352
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #1 Online: 26 de Fevereiro de 2014, 15:12:00
Seja bem-vindo ao forum.

Antes de mais nada, é legal ressaltar que você já está no caminho certo, pesquisando e entendendo o que realmente quer. Muitos entram aqui querendo que os outros decidam o que comprar...

Sobre as lentes, em geral quanto maior o zoom, ou seja, mais flexível o range, maior a perda na qualidade optica, tanto é que as lentes fixas costumam ser o xodó de muitos, ao passo em que as zooms premium custam uma fortuna para assegurar uma qualidade próxima a das fixas, e por fim as com range muito grande geralmente são desprezadas.

Como sugestão para zoom standard, indo de grande angular até normal, a lente do kit pode sim ser uma boa companheira, embora eu, particularmente, considere um investimento interessante numa substituta para ela. Tenho e recomendo a queridinha do forum: Tamron 17-50 f/2.8. É uma lente muito boa, praticamente imbatível pelo que custa. Um pouco acima teria a Canon 17-55 f/2.8 e a nova Sigma 18-35 f/1.8.

No campo das teleobjetivas, se estiver satisfeito com sua Sigma, mantenha-a. Se quiser uma opção boa e barata com IS, pense na EF-S 55-250 IS. Se quiser algo realmente show, prepare o bolso e pesquise uma 70-200.

Quanto ao corpo, é algo extremamente particular. Eu sou usuário de Rebel e estou totalmente satisfeito. No meu uso amador/hobbista, não sinto falta dos atributos encontrados nas linhas superiores: bateria de longa duração, display LCD na parte de cima do corpo, melhor pegada e construção, mais botões de acesso direto, etc etc. Mas, pode ser que pra você isso faça a diferença. Se a pegada lhe agrada, é um fator importantíssimo a ser levado em conta. Outro é o OVF bem melhor por ser pentaprisma. Enfim, apenas esclarecendo que a qualidade de imagem será a mesma, mudando mais nestas questões de uso.
Canon 5D + EF 17-40mm f/4 L + EF 50mm f/1.8 STM + EF 85mm f/1.8 USM + Yongnuo 565EX + YN-622C


taunus

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 674
Resposta #2 Online: 26 de Fevereiro de 2014, 15:25:29
Também já me tinham recomendado essa Tamron SP AF 17-50mm f/2,8 XR DI II.

Fala da versão sem VC ou com VC?

O VC é equivalente ao IS da Canon?

A sua explicação foi muito objectiva. Consigo ficar com uma opinião mais definida.


Elder Walker

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (8)
  • Colaborador(a)
  • *****
  • Mensagens: 3.352
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #3 Online: 26 de Fevereiro de 2014, 15:59:20
Exato. VC é o equivalente da Canon para IS. A minha recomendação é pela versão sem VC por ser mais barata, ligeiramente mais nítida (conforme testes de laboratório, na prática não se percebe muita diferença) e até porque já consegue-se fotografar com velocidades baixas em distâncias focais pequenas, seguindo aquela regrinha de shutter = 1 / DF. Em geral o estabilizador é sempre desejável, sempre vai agregar algo, mas dada a diferença de preço e a menor necessidade para DFs curtas, a versão sem VC ficou muito mais popular.
Canon 5D + EF 17-40mm f/4 L + EF 50mm f/1.8 STM + EF 85mm f/1.8 USM + Yongnuo 565EX + YN-622C


vincent

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.462
  • Sexo: Masculino
  • O Speedlite é meu pastor, nada me faltará
Resposta #4 Online: 26 de Fevereiro de 2014, 16:03:50
Quanto ao corpo, acho que a 60D devido ao fato de vc ter gostado da pegada, se as lentes que vc tiver forem pra Canon EOS, pode continuar usando elas, mas se tua câmera é de filme, ao passar pro APS-C vai ter o fator de corte que vai te dar a impressão de que a lente foca um pouquinho mais longe
Nikon D80+ Nikkor AF 28-80 f/3.3-5.6G+ AF Nikkor 50mm f/1.8D+ Canon EOS 40D+ Canon EF 50mm f/1.8 STM+ Yongnuo EF 35mm f/2+Canon EF 35-135mm F/4-5.6+ Metz Mecablitz 36 AF-5C+ Metz Mecablitz 36 AF-4C+ Yongnuo YN 460+ Godox K-180A+ Sanyo Eneloop+ Nitecore Digicharger D4
Flickr http://www.flickr.com/photos/107996864@N02/


taunus

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 674
Resposta #5 Online: 02 de Março de 2014, 14:55:47
Boa tarde

Embora estivesse focado na tamron 17-50, neste momento vou ter de adiar pois tenho outros assuntos onde gastar o dinheiro. No entanto também não queria gastar cerca de 100 euros na 18-55 de kit, para daqui a algum tempo colocar de lado. Assim sendo gostaria de esclarecer algumas dúvidas e obter o vosso conselho.

A Sigma Zoom 28-105 1:3.8-5.6 UC-III da minha analógica vai conseguir desempenhar bem as suas funções numa DSLR? Consigo obter algum comparativo desta lente com a 18-55 do kit?

Outra questão: o AF da minha Sigma está estragado, no entanto não é assim tão grave pois tenho o focus manual. No entanto queria questionar qual a função do Built-in focus motor. Vai substituir o AF da minha lente? Expliquem-me por favor.

Se a minha 28-105 desempenhar bem as suas funções, estava a pensar comprar a canon 50 f/1.8. No entanto quando comprar a tamron 17-50 será que a 50 se torna redundante?

Os meus maiores interesses são retrato e macro. Mas não entendo muito bem quais as características que uma lente deve ter para ser considerada macro. Existe alguma lente que sirva para as duas funções?

Obrigado


jauvane

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 1.987
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 02 de Março de 2014, 15:19:28
No mundo Canon cada lente tem seu motor de foco. Não existe lente AF sem motor de foco para usar eventual motor de foco do corpo como no mundo Nikon. Deste modo, se tua lente está com o AF co mproblema, ela continuará com problema seja qual for o corpo que utilizares.

A lente que tens (assumindo que ela é do padrão EF, o que deve ser) funcionará na tua nova câmera. Se ela for uma lente feirta para corpo APS-C (EF-S) ela não serve em corpos full frame, mas uma lente feita para corpo full frame serve em ambas as câmeras full Frame e APS-C.

A lente 50mm f1.8 é uma boa opção de lente clara e barata. A opção zoom não seria redundanete, já que a 50mm continua sendo mais clara (f1.8) que a zoom (f2.8).

Uma lente é dita macro se ela consegue gerar uma imagem 1:1, i.e. 1cm de objeto é gerado com 1cm sobre o sensor da cãmera. Existem várias opções de lentes macro que são também boas para retrato, desde a EF 60mm f2.8 USM Macro até a EF 100mm f2.8 USM Macro. Existe também a EF 50mm f2.5 Macro, que chega a ampliação 2:1, i.e. cada 2 cm de objeto vira 1cm no sensor (também chamado half-lifesize). Opções Canon Maco que são boas para retratos também são a EF 50mm f2.5 Compact Macro, EF-S 60mm f2.8 USM Macro, EF 100mm f2.8 USM Macro e EF 100mm f2.8L IS USM Macro. Também as equivalentes de Tamrom, Sigma e outros fabricantes. A EF 50mm f2.5 Compact macro é a mais barata delas. Note que a EF 50mm f1.8 II não é uma lente macro.

Opcionalmente a adquirir uma lente macro, podes adquirir tubos de extensão. Estes fazem com que uma lente (como a EF 50mm f1.8 II, embora eu costume mais ver usarem a versão f1.4 dela) aumentar a ampliação através do aumento da distância da lente ao plano do sensor. Um local onde costumam ter várias das opções macro a venda (segunda mão) é a AngelFoto. Neste momento eles tem duas EF-S 60mm f2.8 Macro. Volta e meia aparece alguma 50mm compact macro ou 60mm macro aqui no MF mesmo.
« Última modificação: 02 de Março de 2014, 15:20:04 por jauvane »
JVc.


taunus

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 674
Resposta #7 Online: 02 de Março de 2014, 19:21:51

A lente que tens (assumindo que ela é do padrão EF, o que deve ser) funcionará na tua nova câmera. Se ela for uma lente feirta para corpo APS-C (EF-S) ela não serve em corpos full frame, mas uma lente feita para corpo full frame serve em ambas as câmeras full Frame e APS-C.


Suponho que sim, não sei como verificar. Não existe nenhuma menção a EF na lente. A minha câmara é uma EOS 500N analógica.

Obrigado pela tua explicação sobre macros. Fiquei muito mais esclarecido.

Fiquei com uma dúvida. Os tubos de extensão retiram qualidade a uma foto? Se usarmos uma extensão numa 50mm f/1.8 qual a relação 1:xx com que esta ficará?


jauvane

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 1.987
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 02 de Março de 2014, 20:38:31
A ampliação vai depender da distãncia entre a lente e o sensor.  Se conheces como a imagem é formada em um sensor, o padrão se aproxima àquele de uma gravata borboleta, i.e. a cena (ponta esquerda da gravata) passa pela lente (meio da gravata) e a imagem é projetada (de cabeça para baixo) sobre o sensor (ponta direita da gravata. Se aumentar,os a distância entre a lente e o sensor, o espaço maior permitirá que a imagem se amplie mais. É isso o que um tubo de extensão faz. POermitindo que a projeção da imagem seja maior o resultado é uma imagem capturada "mais próximo" do que a lente original. Quanto maior a distância extra maior será a imagem projetada (como o sensor não muda de tamanho o que acontece é que uma região menor da imagem original preenche todo o sensor, daí a ampliação). Em contrapartida a quantidade de luz diminui (como a imagem aumentou, a luz agora ilumina uma região maior. Parecido com o que ocorre com um projetor. Quanto mais o distancias da área de projeção, maior a imagem aparece (e menos clara ela é). Deste modo, para compensar necessita-se aumentar o tempo de exposição (ou mexer nas outras variáveis que controlam a exposição: ISO e abertura). Em resumo é isso. É muito bo mconhecer como as coisas funcionam internamente, pois além de permitir que se entenda a física da coisa, entende-se também as limitações envolvidas.

A idéia de inverter lentes tem relação com o que foi indicado acima. Uma lente pega uma imagem grande e gera ela pequena dentro da cãmera. Quando a invertemos o funcionamento também se inverte, i.e. ela pega uma área pequena e gera uma imagem grande do outro lado. Como o sensor não muda de tamanho o resultado é ampliação da imagem. É por este motivo que lentes grande angulares funcionam melhor para ampliação macro quando invertidas.

Um livro neste contexto que recomendo formetemente é o seguinte:
http://www.amazon.com/Science-Curious-Photographer-Introduction-Photography/dp/1568815816

Com respeito a macro indico ainda o seguinte livro (em português):
http://www.macrofotografia.com.br/livraria/index.shtml

Em resumo: A ampliação vai depender de quanto aumentares e da lente usada. Podes fazer uma simulação em:
http://www.macrofotografia.com.br/artigos/tubodeextensao.shtml

Sobre a lente eu não conheço bem o suficiente lentes Sigma mais antigas, entretanto, se ela foi feita para cãmeras EOS, deve funcionar nas cãmeras EOs de hoje tb.

Não tenho certeza se o parágrafo sobre a "gravata borboleta" está claro o suficiente :(  Deu para entender o que quiz explicar?
JVc.


taunus

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 674
Resposta #9 Online: 03 de Março de 2014, 18:03:44
A ampliação vai depender da distãncia entre a lente e o sensor.  Se conheces como a imagem é formada em um sensor, o padrão se aproxima àquele de uma gravata borboleta, i.e. a cena (ponta esquerda da gravata) passa pela lente (meio da gravata) e a imagem é projetada (de cabeça para baixo) sobre o sensor (ponta direita da gravata. Se aumentar,os a distância entre a lente e o sensor, o espaço maior permitirá que a imagem se amplie mais. É isso o que um tubo de extensão faz. POermitindo que a projeção da imagem seja maior o resultado é uma imagem capturada "mais próximo" do que a lente original. Quanto maior a distância extra maior será a imagem projetada (como o sensor não muda de tamanho o que acontece é que uma região menor da imagem original preenche todo o sensor, daí a ampliação). Em contrapartida a quantidade de luz diminui (como a imagem aumentou, a luz agora ilumina uma região maior. Parecido com o que ocorre com um projetor. Quanto mais o distancias da área de projeção, maior a imagem aparece (e menos clara ela é). Deste modo, para compensar necessita-se aumentar o tempo de exposição (ou mexer nas outras variáveis que controlam a exposição: ISO e abertura). Em resumo é isso. É muito bo mconhecer como as coisas funcionam internamente, pois além de permitir que se entenda a física da coisa, entende-se também as limitações envolvidas.

A idéia de inverter lentes tem relação com o que foi indicado acima. Uma lente pega uma imagem grande e gera ela pequena dentro da cãmera. Quando a invertemos o funcionamento também se inverte, i.e. ela pega uma área pequena e gera uma imagem grande do outro lado. Como o sensor não muda de tamanho o resultado é ampliação da imagem. É por este motivo que lentes grande angulares funcionam melhor para ampliação macro quando invertidas.

Um livro neste contexto que recomendo formetemente é o seguinte:
http://www.amazon.com/Science-Curious-Photographer-Introduction-Photography/dp/1568815816

Com respeito a macro indico ainda o seguinte livro (em português):
http://www.macrofotografia.com.br/livraria/index.shtml

Em resumo: A ampliação vai depender de quanto aumentares e da lente usada. Podes fazer uma simulação em:
http://www.macrofotografia.com.br/artigos/tubodeextensao.shtml

Sobre a lente eu não conheço bem o suficiente lentes Sigma mais antigas, entretanto, se ela foi feita para cãmeras EOS, deve funcionar nas cãmeras EOs de hoje tb.

Não tenho certeza se o parágrafo sobre a "gravata borboleta" está claro o suficiente :(  Deu para entender o que quiz explicar?

Deu perfeitamente para enter. Obrigado pela explicação.


taunus

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 674
Resposta #10 Online: 07 de Março de 2014, 06:46:03
Fiquei com outra dúvida relativo às lentes macro. É mais uma dúvida sobre a mecânica das ditas lentes.

Vamos supor uma macro 1:2. Quer isto dizer que a lente tem uma ampliação de 0,5X, correcto? Vamos considerar que esta é uma lente zoom, por exemplo a http://www.digiwowo.com/tamron-af-70-300mm-f-4-5-6-di-ld-macro.html

Em que distância focal a lente aplica a ampliação de 0,5X? Em toda a amplitude do zoom? Não me parece que isto faça sentido, pois assim existiria uma distorção para tirada de fotografias não macro.

Não sei se me fiz entender.

Obrigado


taunus

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 674
Resposta #11 Online: 16 de Março de 2014, 18:17:08
Boas

Acho que já escolhi o corpo, falta escolher a alma!!!

Estou a pender para a D7000. A minha dúvida agora está em que combinação escolher:

D7000 + Nikkor 18-55 - 2.371 reais

D7000 + Nikkor 18-105 - 2.534 reais

D7000 + Tammy 17-50 - 2.833 reais

Qual será a mais inteligente?


vincent

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.462
  • Sexo: Masculino
  • O Speedlite é meu pastor, nada me faltará
Resposta #12 Online: 16 de Março de 2014, 20:48:00
Boas

Acho que já escolhi o corpo, falta escolher a alma!!!

Estou a pender para a D7000. A minha dúvida agora está em que combinação escolher:

D7000 + Nikkor 18-55 - 2.371 reais

D7000 + Nikkor 18-105 - 2.534 reais

D7000 + Tammy 17-50 - 2.833 reais

Qual será a mais inteligente?

D7000 + 18-105, lente do kit é uma lente inicial, pra ser explorada e assim vc entender o que necessita, se é uma lente normal, grande angular ou tele, além de ser uma lente bem versátil, por oferecer mais zoom, acho que a 18-105.
Nikon D80+ Nikkor AF 28-80 f/3.3-5.6G+ AF Nikkor 50mm f/1.8D+ Canon EOS 40D+ Canon EF 50mm f/1.8 STM+ Yongnuo EF 35mm f/2+Canon EF 35-135mm F/4-5.6+ Metz Mecablitz 36 AF-5C+ Metz Mecablitz 36 AF-4C+ Yongnuo YN 460+ Godox K-180A+ Sanyo Eneloop+ Nitecore Digicharger D4
Flickr http://www.flickr.com/photos/107996864@N02/


jauvane

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 1.987
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 16 de Março de 2014, 21:26:20
Vamos supor uma macro 1:2. Quer isto dizer que a lente tem uma ampliação de 0,5X, correcto? Vamos considerar que esta é uma lente zoom, por exemplo a http://www.digiwowo.com/tamron-af-70-300mm-f-4-5-6-di-ld-macro.html

Em que distância focal a lente aplica a ampliação de 0,5X? Em toda a amplitude do zoom?

Nenhuma lente zoom atualmente em produção é macro de verdade (não acredite no que vem impresso na lente). Não acredito que a que mencionaste chegue a 1:2, normalmente eles fucam bem abaixo disso.
JVc.


taunus

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 674
Resposta #14 Online: 17 de Março de 2014, 09:15:19
D7000 + 18-105, lente do kit é uma lente inicial, pra ser explorada e assim vc entender o que necessita, se é uma lente normal, grande angular ou tele, além de ser uma lente bem versátil, por oferecer mais zoom, acho que a 18-105.

Provavelmente se escolhesse a Tamron um dia mais tarde teria de optar por uma prime, por ex. de 85mm, mas essas são bastante caras. No entanto não sei como se comportará a 18-105 em ambientes interiores sem flash. Muitas das minhas fotos serão interiores, e tenho receio de não ficar satisfeito com a 18-105.

Fico com muitas dúvidas entre a luminosidade da 17-50 e a polivalência da 18-105  :ponder:
« Última modificação: 17 de Março de 2014, 09:17:00 por taunus »