Autor Tópico: Negativos de Colódio  (Lida 12656 vezes)

Elmo

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.458
Online: 16 de Fevereiro de 2009, 20:15:40
Escrevi sobre isso para o pessoal do Fotoclube BH e achei interessante compartilhar aqui.

Colódio é um composto de  Éter e Álcool em uma solução de nitrato de celulose. Foi inventado por Frederick Scott Archer, que teve a ideia de unir os sais de prata, em 1851, numa placa de vidro. O processo ficou conhecido como "Colódio Úmido".

Esse processo, acabou com o uso da albumina, pois essa necessitava de vários minutos de exposição para fixar a imagem. Porém havia o inconveniente de preparar a mistura, expor e revelar o material num curto intervalo de tempo.

O tempo médio de exposição caiu de 15 minutos em média para 30 segundos com o colódio.

Pois bem, atualmente o professor e fotógrafo David Prifti - pra não dizer que só eu gosto das velhinhas - resolveu fazer renascer o processo, e de posse de uma Câmera View, de 8 x 10", começou a brincar com o Colódio em vidro.



Dá pra sacar na foto acima do obturador da câmera tratar-se apenas da tampa da lente, que era removida e colocada no lugar novamente.



E vejam só o que deu:

















lucash_br

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 666
Resposta #1 Online: 16 de Fevereiro de 2009, 21:38:45
Que fantástico! :clap:
Gostaria de ter tempo de experimentar.... Vc já fez alguma vez? Pelo q eu entendi, o processo é o mesmo de um gf, vc foca pelo fresnel e depois coloca a chapa de vidro?


Elmo

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.458
Resposta #2 Online: 16 de Fevereiro de 2009, 22:11:54
Nunca fiz nem tenho câmera pra isso. A minha Grande Formato não suporta um "negativo de vidro". Necessitaria ser ainda uma bem velhinha. Ou então uma "Gambitech". :)


Arnaldo Tomazetti

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 138
    • http://www.fotto.com.br
Resposta #3 Online: 16 de Fevereiro de 2009, 22:24:44
Bem legal isso, é diversão certa. Já tinha lido a respeito e gostaria de experimentar um dia...
Elmo, conhece cianotipia? Interessante também.
Outro produto que estou procurando é a emulsão Work que pode ser aplicada em qualquer superfície, depois projetar (ampliar) um negativo sobre ela e revelar normalmente, como se fosse sobre papel fotográfico. A Dina importava o produto mas acho que parou.
« Última modificação: 16 de Fevereiro de 2009, 22:25:55 por Arnaldo Tomazetti »


lucash_br

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 666
Resposta #4 Online: 16 de Fevereiro de 2009, 23:09:57
Que GF vc tem? Um dia, quem sabe um dia eu entro nessa rs. Esses dias mesmo vi uma Sinar pra vender, até perguntei o preço rs...

Nunca fiz nem tenho câmera pra isso. A minha Grande Formato não suporta um "negativo de vidro". Necessitaria ser ainda uma bem velhinha. Ou então uma "Gambitech". :)


Elmo

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.458
Resposta #5 Online: 17 de Fevereiro de 2009, 00:12:48
Arnaldo, conheço não. Vou pesquisar.

Lucas, tenho uma Ômega View. Essa aqui da foto:



MateusZF

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.418
  • Sexo: Masculino
  • Você vê o mundo com a sua lente interior.
Resposta #6 Online: 17 de Fevereiro de 2009, 00:50:31
Olá Elmo, é bom ver você com a mão na massa literalmente, mas na foto do ensaio, pq o uso da luva, os produtos são perigosos?

Gostaria de saber como é o funcionamento interno destas câmeras. Qual seria a dinâmica do Fole na fotografia? Nunca estudei isso.
Obrigado
abração. :clap:
Minha máquina fotográfica e prolongamento natural do meu braço.
Foto é algo que depende de uma certa visão... De quem fotografa, de quem vê e de quem interpreta...

www.ribeiraopreto.sp.gov.br
http://www.meadiciona.com/mateuszf